Handmades

Fórum Geral => Pedais e efeitos => Tópico iniciado por: raasch_g em 23 de Janeiro de 2019, as 09:23:52



Título: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: raasch_g em 23 de Janeiro de 2019, as 09:23:52
Buenas pessoal.

Comecei a construir o clássico mini fuzz no Bertola. Montei ele numa placa com trilhas estilo protoboard (ficou beeem mais compacto). Fiz a ligação direta sem chave DPDT usando a protoboard. Porém o circuito não tem efeito nenhum no sinal da guitarra. O potenciometro atua como um volume e só. Já chequei as polaridades e ligações externas em princípio está tudo ok.

O único diferencial que notei pros demais mini fuzz que vi na internet é que o R2 que usei é de 1W ao invés de 1/4W.

Segue o esquema que fiz pra ele:

https://imgur.com/a/JG2d9of (https://imgur.com/a/JG2d9of)

Aqui a plaquinha soldada

https://imgur.com/a/LwgqUOD (https://imgur.com/a/LwgqUOD)

Parte debaixo:

https://imgur.com/a/eXZxzd0 (https://imgur.com/a/eXZxzd0)

Aqui o link para o documento do Bertola com os esquemas e tudo mais:

http://www.handmades.com.br/conteudo/projetos/pedais/minifuzz/Fuzze_s12-07-05.pdf (http://www.handmades.com.br/conteudo/projetos/pedais/minifuzz/Fuzze_s12-07-05.pdf)

OBS: O C2 foi ligado na protoboard, por isso não aparece nas imagens da plaquinha.


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: Matec em 23 de Janeiro de 2019, as 10:36:41
Só pode ser algum erro na montagem, ou mal contato de algum componente. Eu verificaria se o emissor de Q1 está realmente aterrado.

 :)


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: raasch_g em 23 de Janeiro de 2019, as 10:57:53
Só pode ser algum erro na montagem, ou mal contato de algum componente. Eu verificaria se o emissor de Q1 está realmente aterrado.

 :)

A questão do R2 ser de 1W e do R1 ser 1/4W não interfere em nada? E só pra confirmar, a ligação que fiz na plaquinha está de acordo com a do documento do Bertola?


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: Matec em 23 de Janeiro de 2019, as 12:08:30
A dissipação não interfere em nada neste circuito. Realmente olhando para a foto do lado cobreado da placa parece que a trilha do terra está rompida mais ou menos no meio. Conserte isso e teste de novo.

 8)


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: raasch_g em 23 de Janeiro de 2019, as 12:44:18
Montei tudo na protoboard e continua na mesma. Espero que dê pra sacar as ligações.

O jack com a fita é o out.


https://imgur.com/a/TJdVWyh (https://imgur.com/a/TJdVWyh)


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: wainer said em 23 de Janeiro de 2019, as 13:16:52
Boa tarde; Já testou esse diodo?


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: raasch_g em 23 de Janeiro de 2019, as 13:21:34
Boa tarde; Já testou esse diodo?

Não, porém como comprei em grande quantidade, usei um na plaquinha e outro na protoboard. O que estou usando agora está marcando 682 no teste de continuidade com o multímetro.

-----
Parece que to ligando um jack diretamente no outro com o potenciometro no meio deles. Os componentes não estão fazendo diferença nenhuma.


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: Matec em 23 de Janeiro de 2019, as 13:55:32

Parece que to ligando um jack diretamente no outro com o potenciometro no meio deles. Os componentes não estão fazendo diferença nenhuma.
.

Isso é prova que o circuito não está aterrado.

Recomece a montagem e siga os passos lentamente.

É impossível não fazer esse circuito funcionar.   )>| )>|


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: raasch_g em 23 de Janeiro de 2019, as 14:05:23

Parece que to ligando um jack diretamente no outro com o potenciometro no meio deles. Os componentes não estão fazendo diferença nenhuma.
.

Isso é prova que o circuito não está aterrado.

Recomece a montagem e siga os passos lentamente.

É impossível não fazer esse circuito funcionar.   )>| )>|

O aterramento do circuito seria juntar o terra de todos os componentes, certo? No meu caso, separar uma trilha da protoboard pra ligar o gnd do circuito, o negativo dos jacks e o negativo da fonte. É isto? Por que se , for, creio que já está feito. Da pra ver na foto da protoboard. Tem alguma espécie de teste que eu possa fazer?


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: marcao_cfh em 23 de Janeiro de 2019, as 14:20:18
Esse circuito é bem básico mesmo, porém divertido. Foi o primeiro que montei, em 2002 (seguindo o projeto original do Hemmo), e montei um novamente em dezembro, para ajudar um amigo que queria se aventurar em montar pedais.

Essas placas "diferentes" me confundem a cabeça, por isso não verifiquei sua montagem. Sugiro adquirir placas com furos mas sem trilhas, são mais fáceis de usar. Ou, para circuitos mais simples como esse, até montar em um pedaço de cartão de visita é válido, e bem mais fácil de seguir a montagem do que essa placa.


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: Matec em 23 de Janeiro de 2019, as 14:35:17
O aterramento do circuito seria juntar o terra de todos os componentes, certo? No meu caso, separar uma trilha da protoboard pra ligar o gnd do circuito, o negativo dos jacks e o negativo da fonte. É isto? Por que se , for, creio que já está feito. Da pra ver na foto da protoboard. Tem alguma espécie de teste que eu possa fazer?

Seria isso mesmo. Um teste simples é com o Multímetro, na escala de resistência mais baixa (200ohms). O teste é ver se todos esses "terras" apresentam Zero ohms (ou algo próximo). Também Verificar com o Multímetro na escala de 20 volts se quando energizado, o minifuzz apresenta tensões nos terminais coletor e base do transístor, (com a ponta preta do multímetro no terra).

 :-\


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: Alfredo Padrao em 23 de Janeiro de 2019, as 19:16:02
Qual o transistor que está usando, é o BC517?  Se não for não vai funcionar como deveria.

Boa sorte,
Alfredo


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: marcao_cfh em 24 de Janeiro de 2019, as 07:24:49
Qual o transistor que está usando, é o BC517?  Se não for não vai funcionar como deveria.
Esse circuito não necessita de um transistor específico não. Qualquer NPN funciona. Já fiz com BC108, BC547, BC548, BC549, 2N2222, 2N3904, 2N4401, 2N5088, 2N5089... Sim, fiz ele tantas vezes assim :D. E, colocando dois em série (o que o Hemmo lançou como Buzz Box), fica muito interessante. Usando germânio em um dos diodos (não lembro qual), ele dá um efeito tipo oitavador.


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: xformer em 24 de Janeiro de 2019, as 07:42:06
Esse circuito não necessita de um transistor específico não. Qualquer NPN funciona. Já fiz com BC108, BC547, BC548, BC549, 2N2222, 2N3904, 2N4401, 2N5088, 2N5089...

Verdade, ontem a noite, só de brincadeira, montei rapidamente o Mini Fuzz na protoboard  com o BC517 e depois troquei pelo BC546.  O efeito sobre uma senóide visto no osciloscópio é igual para ambos transistores.

É difícil não conseguir fazer funcionar um circuito tão simples e com tão poucos componentes.  Talvez o transistor BC517 do nosso amigo esteja ruim.


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: raasch_g em 24 de Janeiro de 2019, as 07:58:20
Esse circuito não necessita de um transistor específico não. Qualquer NPN funciona. Já fiz com BC108, BC547, BC548, BC549, 2N2222, 2N3904, 2N4401, 2N5088, 2N5089...

Verdade, ontem a noite, só de brincadeira, montei rapidamente o Mini Fuzz na protoboard  com o BC517 e depois troquei pelo BC546.  O efeito sobre uma senóide visto no osciloscópio é igual para ambos transistores.

É difícil não conseguir fazer funcionar um circuito tão simples e com tão poucos componentes.  Talvez o transistor BC517 do nosso amigo esteja ruim.


Tu teria como mandar uma foto da forma que tu montou ele na proto? Pra eu comparar com a minha. Hoje a noite vou medir o transistor também (comprei 10 e já testei com mais de um).

PS: Sou beeem leigo no esquema.


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: Alfredo Padrao em 24 de Janeiro de 2019, as 09:37:36
Falei sobre o BC517 pelo fato de ser um darlinton, e como a montagem mostrada está com um só transistor.  Dificilmente vai conseguir o mesmo ganho com um transistor NPN comum.  Veja que as outras opções são com 2 transistores para conseguir a configuração darlinton.

Esse circuito não necessita de um transistor específico não. Qualquer NPN funciona. Já fiz com BC108, BC547, BC548, BC549, 2N2222, 2N3904, 2N4401, 2N5088, 2N5089...

Verdade, ontem a noite, só de brincadeira, montei rapidamente o Mini Fuzz na protoboard  com o BC517 e depois troquei pelo BC546.  O efeito sobre uma senóide visto no osciloscópio é igual para ambos transistores.

É difícil não conseguir fazer funcionar um circuito tão simples e com tão poucos componentes.  Talvez o transistor BC517 do nosso amigo esteja ruim.

Igual???

Boa sorte,
Alfredo


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: xformer em 24 de Janeiro de 2019, as 11:34:34
(https://i.ibb.co/dmrnjTL/20190124-141848.jpg)
Componentes e protoboard usados. O capacitor maior é o de 220nF x 400V e o menor é de 470nF x 50V.  Os dois transistores BC517 e BC546 (ganho de 279). No lugar do potenciômetro de 100k uso um resistor de 100k.

(https://i.ibb.co/0JCgbYG/20190124-143541.jpg)
Montagem vista de cima.

(https://i.ibb.co/Lz2qq0c/20190124-143618.jpg)
Montagem com valores e em perspectiva.

(https://i.ibb.co/dk5H9kj/BC517.jpg)
Montagem com o BC517.

(https://i.ibb.co/7tvBb7S/BC546.jpg)
Montagem com o BC546.


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: Alfredo Padrao em 24 de Janeiro de 2019, as 14:58:34
Desculpa ser chato e ficar parecendo um velho ranzinza, mas não têm como o hfe do BC517 ser 279, a menos que ele seja falso.  É só dar uma olhada no dasheet de qualquer fabricante e constatar o que estou falando.

E neste caso (BC517 falso) estaria explicado o fato do circuito está se comportando como um amplificador limpo.

Por curiosidade, peguei um BC517 dos que tenho na gaveta para verificar o ganho.  Como a bateria do multímetro estava baixa, quando coloquei para medir ele foi subindo gradativamente, e quando passou de 1500 deu sobre-escala.

Boa sorte,
Alfredo


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: xformer em 24 de Janeiro de 2019, as 15:05:20
Eu não disse que o ganho do BC517 era 279. Esse ganho é só do BC546.
O ganho do BC517 pela datasheet é mais do que 30000 e o meu multímetro não mede (fora de range), por isso eu não coloquei o ganho dele.

====================

Fiz um circuitinho agora pra saber o beta do BC517.  Injetei uma corrente de base de 1uA e consegui 42mA de corrente de coletor.  Isso dá um beta de 42000.


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: marcao_cfh em 24 de Janeiro de 2019, as 18:42:04
Falei sobre o BC517 pelo fato de ser um darlinton, e como a montagem mostrada está com um só transistor.  Dificilmente vai conseguir o mesmo ganho com um transistor NPN comum.  Veja que as outras opções são com 2 transistores para conseguir a configuração darlinton.

Mas ele funciona com um transistor NPN comum! E distorce bem! Não vai soar nada próximo do limpo por ter um transistor de hfe baixo. Aqui tem uns samples dele:
http://home-wrecker.com/salvo.html#bazzfuss (http://home-wrecker.com/salvo.html#bazzfuss) (não é o Bazz Fuss v3, mas sim o primeiro)

Antes que alguém comente que se tratam de circuitos diferentes, eu vou comentar o que sempre comentei sobre esse circuito: ele se chama Bazz Fuss, desenvolvido por um cara "das antigas" no mundo dos pedais conhecido como Hemmo (está relatado no documento do Mini Fuzz). Isso foi lá na época da internet discada, a página original dele era hospedada no Algelfire (os mais velhos vão lembrar). Aqui o circuito original:
(https://i.postimg.cc/NLs0Gzgs/Hemmo-s-Bazz-Fuss.gif) (https://postimg.cc/NLs0Gzgs)
Note o transistor: 2N3904. Funciona com qualquer NPN. Eu mesmo testei diversos deles. O meu primeiro pedal eu segui exatamente esse circuito. Exatamente mesmo, pois nem saber código de cores de resistores eu sabia, quanto mais substituir o transistor por outro.

Já vi comentários "ah mas não é o mesmo circuito, o Bertola modificou para usar um darlington e soou melhor". Não! O próprio Hemmo sugeriu um darlington na primeira revisão do circuito:
(https://i.postimg.cc/87QQc7hR/Hemmo-s-Bazz-Fuss-1.gif) (https://postimg.cc/87QQc7hR)

Também já vi "ah mas os capacitores tiveram valores alterados para soar melhor". Ééé...
http://home-wrecker.com/bazz.html (http://home-wrecker.com/bazz.html)
Note que a primeira imagem data de 2002. No rodapé, a data de 2004 indica a última edição desse artigo. Eu acompanhei enquanto estava em desenvolvimento, pois meu primeiro circuito eu montei em 2002.

A realidade é essa: é um circuito simples, amplamente testado com tudo o que vocês possam imaginar, e ele funciona com praticamente qualquer componentes que a pessoa tenha em mãos. Ele foi feito para ser assim, quem conhece o trabalho publicado pelo Hemmo sabe que ele tinha a proposta de ser "lo-fi", barulhento e usando o que estiver disponível. Tem como soar melhor? Sim, tem. Mas se a pessoa tiver dois capacitores quaisquer, um diodo qualquer, um NPN qualquer e um resistor com valor entre 10K e 100K, o circuito vai funcionar e vai distorcer. Não testei outros resistores além de 10K e 100K, mas as notas do segundo esquema dizem que ele funciona com 3V, então funcionará com resistores maiores que 100K em 9V.

Sobre a montagem do colega ter som limpo, a "culpa" provavelmente é do velho erro na montagem feita pelo colega, e que todos nós ocasionalmente cometemos. Siga as excelentes fotos postadas pelo xformer e comente o resultado.

Ps1: não estou desmerecendo o Bertola. Foi um ótimo trabalho o dele em popularizar esse circuito no Brasil. Mas acredito que os devidos créditos devem ser dados ao autor do circuito.

Ps2: fora do tópico, mas... xformer, lindo osciloscópio! Quero um! :D


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: raasch_g em 24 de Janeiro de 2019, as 18:50:07


Funcionou! Troquei o transistor, e montei dessa forma q você me passou! Muito obrigado! Agora é passar pra plaquinha e soldar!


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: Matec em 24 de Janeiro de 2019, as 19:39:19
Parabéns.

 :tup


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: xformer em 25 de Janeiro de 2019, as 06:37:41
Ps2: fora do tópico, mas... xformer, lindo osciloscópio! Quero um! :D

Eu usei o GBDSO (Gameboy Digital Sampling Oscilloscope) porque era um jeito de tirar a foto com o circuito e a forma de sinal tudo junto.  O GBDSO é uma plaquinha de osciloscópio em forma de cartucho do videogame que foi comercializada no ano de 2000 pela revista Elektor. Eles vendiam a plaquinha montada, ou só a plaquinha limpa e a EPROM com o firmware. Mas pra montar é muito componente SMD minúsculo, então comprei já montada (não sei se ainda comercializam).  Ele tem dois canais e tem amostragem de 1 milhão de amostras por segundo, o que permite ver sinais de até uns 100kHz.  Pra áudio é suficiente e ainda tem recurso de FFT.  A plaquinha serve no Gameboy Clássico, Gameboy Color e no Gameboy Advance.


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: marcao_cfh em 25 de Janeiro de 2019, as 09:09:26
Parece estar esgotado mesmo :'(


Título: Re: Mini Fuzz Bertola - Som limpo em ligação direta
Enviado por: hgamal em 25 de Janeiro de 2019, as 12:52:26
Eu usei o GBDSO (Gameboy Digital Storage Oscilloscope) porque era um jeito de tirar a foto com o circuito e a forma de sinal tudo junto.  O GBDSO é uma plaquinha de osciloscópio em forma de cartucho do videogame que foi comercializada no ano de 2000 pela revista Elektor. Eles vendiam a plaquinha montada, ou só a plaquinha limpa e a EPROM com o firmware. Mas pra montar é muito componente SMD minúsculo, então comprei já montada (não sei se ainda comercializam).  Ele tem dois canais e tem amostragem de 1 milhão de amostras por segundo, o que permite ver sinais de até uns 100kHz.  Pra áudio é suficiente e ainda tem recurso de FFT.  A plaquinha serve no Gameboy Clássico, Gameboy Color e no Gameboy Advance.

Isso foi meu osciloscópio por anos, guardo com o maior carinho. Tive que fazer um acordo com a dona do Game Boy, mas consegui!


SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal