Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 16 de Setembro de 2019, as 11:38:10


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


collapse

* Usuário
 
 
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro.

* Tá ligado?
  • Dot Visitantes: 30
  • Dot Escondidos: 0
  • Dot Membros: 2
  • Dot Usuários Online:

Dicas de Segurança para trabalhar em Valvulados
Autor: Antonio A. A. Maioli
Segurança em primeiro lugar!

          Você quer construir seus próprios ampficadores, mas você já ouviu várias histórias terríveis sobre coisas dentro do amplificador que podem dar um choque mortal (mesmo quando desligado). Pois é... é tudo verdade. Entretanto, com um pouco de bom senso, você pode tirar de letra os perigos de trabalhar com alta voltagem.

  • NUNCA trabalhe em um amplificador enquanto estiver conversando com alguém, seja pessoalmente ou por telefone. Nada de TV ligada na sua frente. NUNCA TRABALHE DISTRAÍDO.
  • Instale um disjuntor pequeno para proteger a tomada que alimenta seu ferro de soldar e a tomada em que você liga os equipamentos em teste (entre 5 e 10 A).
  • Quando estiver trabalhando em um amplificador energizado, ponha uma das mãos no bolso, ou use uma luva na mão esquerda (ou direita, se você for canhoto). É a corrente através do coração, que transita pelos braços, que pode matar você (essa dica eu ouvi de um velhinho em Porto Alegre. O cara tem só 65 anos de experiência em eletrônica de válvulas...). Use uma ponta de prova “jacarezinho” no multímetro, para prender no chassis, assim você pode fazer suas medidas com uma mão só.
  • Use um tapete grosso, de borracha se possível, sob sua cadeira e pés. Não ofereça caminho fácil para a corrente elétrica... assim, mesmo que você toque no “vivo” com sua “mão de trabalho”, ou não dará choque ou o mesmo será menos perigoso.
  • Não deixe sua água (ou cerveja) na bancada. Se der sede, vá beber na cozinha. Líquido e eletricidade não combinam.
  • Ao completar a montagem de um amplificador novo, ou de qualquer circuito de alta tensão:
    • Pare tudo, limpe sua bancada, guarde componentes, etc. Tranqueiras em cima da mesa aumentam as chances de acidente. Deixe somente o multímetro e sua chave de testes.
    • De preferência, faça um intervalo para relaxar antes de testar. Assista TV, faça um lanche, etc. ... Horas seguidas de trabalho prejudicam sua concentração e tornam mais fáceis as desatenções que causam acidentes.
    • Você não vai precisar do seu ferro de soldar nessa fase. Desligue-o e tire de perto.
    • Faça todas as medidas necessárias, anote e compare voltagens com as previstas no esquema do projeto, observe se as válvulas, caps e trafos não esquentam e se os resistores não “fumam”.
    • Quando tiver testado tudo ...
  • SEMPRE retire o cabo de força do amplificador da tomada antes de substituir peças. Não dependa da chave liga-desliga.
  • Para ligar lentamente um amplificador depois de modificações ou quando você for ligar pela primeira vez um recém construído: È importante monitorar a corrente e desligar tudo se a mesma subir com força em baixas voltagens. Como dica McGiver, faça uma Lâmpada Serial, com um par de “jacarezinhos” para ligar em série com o circuito a testar. Se o amplificador tiver algum curto (chamaremos apenas de curto, mas é o mesmo que curto-circuito), a Lâmpada vai acender, em vez de queimar o fusível ou incendiar seu transformador novinho.
  • OS CAPACITORES PODEM ARMAZENAR CARGAS LETAIS. Assegure-se de descarregá-los antes de trabalhar com o amplificador. Isso pode ser feito com um esquema McGyver – um resistor ligado a um par de “jacarezinhos”, devidamente coberto com um “espaguete” termo-retrátil, pra ficar tudo bem isoladinho. O resistor pode ficar entre 10k e 100k x 5W. Na verdade, você vai usar o resistor grande menos por causa de dissipação de energia, mas porque ele é mais resistente e difícil de quebrar (maior durabilidade da gambiarra). Quanto maior for o valor do resistor, mais tempo leva para descarregar, mas também menos faísca vai dar. Se você usar um valor grande, assegure-se de deixá-lo tempo suficiente para a descarga completa. Se tiver dívidas, meça a voltagem com o multímetro para ter certeza que está próximo de zero. Veja que muitos amplificadores possuem já incorporado no projeto resistores “sangradores” para descarregar os caps. Isso funciona, mas é melhor não confiar!
  • Assegure-se de desligar o amplificador antes de descarregar os capacitores, ou você vai ter uma surpresa desagradável.
  • Assegure-se de remover seu descarregador “McGyver” antes de religar o amplificador, ou você vai ter outra surpresa desagradável.
  • Não troque válvulas com o amplificador energizado. Se o bulbo quebrar, não só você vai se cortar mas vai tomar um baita choque.
  • USE SEMPRE FUSÍVEIS. Não deixe seu transformador caro e difícil de conseguir pegar fogo por causa da falta de um fusível de R$ 0,50. Então, use um com o nível de corrente apropriado! Isso significa fusíveis dimensionados para não mais do que 150% da corrente “puxada” pelo circuito em plena potência.
  • Use óculos de segurança enquanto estiver trabalhando. Se você nunca viu o que acontece quando você liga um eletrolítico grande ao contrário, ou excede sua voltagem máxima de trabalho, você é candidato a uma bela cicatriz. Dica: o resultado é um estouro! fumaça e meleca quente pra todos os lados (meu irmão costumava chamar isso de “peido eletrônico), bem como o caneco do cap voando como uma bala para direção incerta. Se isso pegar no seu rosto, não só você vai ficar com aquela cara de Patolino com o bico explodido, mas pode sofrer sérios danos nos olhos.
  • Nunca trabalhe com alta voltagem perto de crianças. Se puxam sua manga, ou fazem alguma besteira para chamar sua atenção, ou pior, metem os dedos onde não deveriam, está feito o acidente.

Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.382 segundos com 29 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal