Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 23 de Abril de 2014, as 21:02:30


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


collapse

* Usuário
 
 
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro.

* Tá ligado?
  • Dot Visitantes: 38
  • Dot Escondidos: 0
  • Dot Membros: 12
  • Dot Usuários Online:

Mini Fuzz do Bertola
Autor: Barci

     Este tutorial complementa o projeto Fuzz do Bertola. Para começar, vamos ao tutorial do mini Fuzz, que considero ideal para a entrada no mundo dos pedais HandMade. Ele possui pouquíssimos componentes, a placa de circuito impresso é traçada à mão, utilizando uma caneta especial e os componentes são bastante espaçados, facilitando a soldagem. O som, apesar dos poucos componentes, é muito legal, mostrando ser um projeto bastante equilibrado.

     Para começar, você precisa realmente ler o documento do Bertola.

    Para isso, clique com o botão direito neste link e clique então em "salvar destino como". Escolha o diretório onde irá gravar o arquivo e então acesse apartir do seu HD.

     Para faciltar ainda mais as coisas, vou colocar a lista dos componentes:

     

  • 1 potenciômetro logaritimico 100K
  • 1 conector stereo (entrada)
  • 1 conector mono (saída)
  • 1,5 m de fio (azul, verde e amarelo)
  • 1 chave DPDT
  • Caixinha
  • 1 conector de bateria 9v
  • 1 conector de fonte tipo BOSS
  • Botão para o potenciometro

     O Maurício Bertola atualmente está fazendo mini fuzz com dois capacitores de 0,22uF. Ainda não testei mas podemos confiar que fica com um som melhor. Por isso troque o C1 por 0,22 uF.

     Uma dica é colocar os componentes em cima da própria folha impressa do projeto. Assim você pode verificar se todos os componentes estão corretos, além de poder ficar conferindo o esquema durante a montagem.


     Para fazer a plaquinha, leia o tutorial Confecção de Placas de CI à mão, é bem divertido e recomendo. Se não quiser, peça para algum amigo fazer a plaquinha para você.

     Com a plaquinha pronta vamos começar a soldar os componentes. Se você não souber soldar, temos algumas dicas no artigo aprendendo a soldar. Você precisará, no minimo, destas ferramentas para a montagem:

  • Ferro de solda de 25w ou maior
  • Alicate de corte pequeno para eletrônica
  • Solda (estanho) para eletrônica

     Vamos começar?

     Eu utilizo um suporte para segurar a plaquinha, mas você pode improvisar alguma coisa caso não queira investir em um, que custa cerca de R$ 15,00, ou quando for comprar o seu kit de confecção de placas de CI prefira o kit completo, que vem com alicate de corte, sulgador de solda e suporte de placa.

     Com a placa devidamente escrita com o nome dos componentes, vamos começar colocando e soldando o resistor R1.


     Para facilitar a soldagem, e o componente não ficar caindo, coloco um pedaço de fita crepe segurando o componente na placa.


     Agora é hora de soldar.


     Se você tiver um multímetro poderá conferir a qualidade da solda, medindo a resistencia (ohms) da trilha com a perninha do componente.


     Depois de verificar a solda basta cortar o pedaço de perninha que fica sobrando utilizando o alicate de corte, ficando desta forma.




     Deixei umas perninhas mais compridas com o intuito de facilitar uma eventual troca de componentes para quando quiser fazer alguns testes. A placa no lado da trilha, pronta e com solda fica assim.


     Do lado dos componentes.


     Como é seu primeiro pedal, vamos analisar os componentes indivualmente. Os resistores podem ser colocados em qualquer posição, eles funcionarão do mesmo jeito. Os capacitores tem a marcação do negativo (olhem na foto) ambos para baixo; eles são conectados no terra do circuito (virem a placa e confiram). O diodo tem posição certa e se invertê-los o pedal não funciona! O lado certo é com o tracinho preto para cima. O transistor precisa ser colocado com o lado reto à direita.

     Agora é hora de preparar os potenciômetros para a soldagem. Eu coloco um pouco de solda neles e nos fios antes de soldar pois facilita muito na soldagem. Na hora que vou soldar um no outro (fio no componente), quando já tem estanho nos dois, simplesmente derreto a solda de ambos mantendo-os encostados e pronto, fica perfeito!




     Com os três fios soldados fica assim.


     Ligando os fios na placa:


     É importante reparar que os fios foram colocados no lado dos componentes e soldados no lado das trilhas. A posição é importante senão ele fica ao contrário. Já temos nosso circuito pronto e agora só faltam as ligações dos conectores e chave DPDT (o que é isso?).

     Neste momento utilize o tutorial como conectar pedais com DPDT sem LED para saber como ligar o seu pedal. Nada de milennium 2 (www.geofex.com). Por enquanto nosso fuzz não tem LED mesmo.

     Com tudo ligado certo é hora de colocar numa caixinha: você pode arrumar uma caixa já com todos os furos, usar uma Patola de Plástico ou outras dicas que postaram no fórum.

     Como não podia faltar tenho o som gravado do pedal utilizando uma guitarra strato clone, utilizando o captador do meio num amplificador Staner Kute 20, com falante de 12" microfonado com um Shure SM57 ao centro e um playback no fundo. Agradecimentos ao nosso amigo JoeVai que tocou nesse sample.

Até a próxima!

Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.18 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.093 segundos com 29 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal