Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 24 de Agosto de 2019, as 23:38:12


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


collapse

* Usuário
 
 
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro.

* Tá ligado?
  • Dot Visitantes: 24
  • Dot Escondidos: 0
  • Dot Membros: 0

There aren't any users online.

ProCo RAT
Autor: Barci

     O Rat, da ProCo Sound, é um pedal de distorção muito versátil utilizado do rock ao fusion, passando pelo pop e outros estilos. A sua principal caracteristica é um distorcão controlável mas bastante cheia, diferentemente de um distorção padrão ou um overdrive comum.

     Minha idéia de montar esse projeto veio após procurar o setup do John Scofield, guitarrista de jazz com som muito característico e com distorção utilizada mesmo em acordes com 6ª, 9ª, 13ª, etc., que normalmente ficam embaralhados, com uma distorção comum, ou sem peso, com um overdrive. O botão de volume limpa o som mesmo com o volme no máximo. Você pode usar a dinâmica para fazer um som menos distorcido, isto é, quanto mais forte sua "pegada" mais distorcido ficará o som. Esta versão do RAT foi criada em 1976 e vendida até 1987 e, como a nossa montagem, não tem led (distorção precisa de led?)

     Ele tinha essa aparência na época. Muito simples e com o gabinete bem forte.


     A ProCo Sound ainda produz a reedição do pedal original além de alguns modelos mais modernos, sendo todos pedais de alta qualidade.

     Para montar nosso RAT utilizei o projeto do site Tonepad. Imprima o circuito e a placa para ajudá-lo durante a montagem. Um dos métodos que utilizamos é com papel de etiqueta sem etiquetas, mas você pode utilizar o blue peel do Tonepad, ou o papel couche descrito no Fórum. Para facilitar a montagem deste pedal com tantos componentes aqui está uma tabela de componentes necessários:


     Você precisará também de:

  • 1 Jack J10 stéreo
  • 1 Jack J10 mono
  • 3 potenciômetros de 100K-B (linear)
  • 1 soquete para CI de 8 terminais
  • 1 Chave DPTD
  • 1 Conector para Bateria
  • 1 Conector para Fonte
  • fio colorido


     Nesta foto o transistor está errado. O BF245A, nesta posição, NÃO FUNCIONA. O original (que não achei) é o 2N5458.


     Outro problema que tive é que este CI que aparece na foto NÃO é o correto. Dá para ler claramente que não é um LM308 e sim um LM380. Com esse CI o pedal não emite som nehum. Para testar tinha um CI que substitui com preço bem mais baixo (10% do preco do LM308) o L741, mas já li que a característica do timbre desse pedal é justamente o LM308. Testandos os dois e realmente é muito diferente.

     Mais uma modificação que encontrei na internet é a substituição dos diodos de silício 1N914 pelos de germânio 1N60. O som fica menos ardido, mais grave, interessante, mas perde um pouco da característica original do RAT.

     Fotos da montagem:


     Nas soldas dos potenciômetros e em outras conexões usei espaguete termo retrátil (aquela capa térmica que quando esquenta diminui de tamanho e se molda na solda), como podem ver na figura abaixo.


     Diferentemente do Tube Screamer usei uma caixa patola 112/8, um pouco menor que o projeto ABY do site, que usa a 118/2. Não usei a caixa de aluminio verde que, além de cara (R$ 40,00), não está mais a venda. Para construir nossa "gaiola de Faraday" forrei toda a caixa com a fita da 3M de alumínio.

     Antes de forrá-la fiz os buracos. Primeiro medindo com uma régua e depois com as próprias arruelas dos componentes cobri com um lápis o buraco. Depois com um ferro de solda faço o buraco inicial para facilitar o buraco maior.



Colocando a fita


Montando a caixa


Caixa pronta

     Até a próxima!





Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.065 segundos com 29 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal