Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 18 de Dezembro de 2018, as 08:57:59


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  1 2 [3]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Iniciando na Teoria de Estágios de Amplificadores Valvulados.  (Lida 3122 vezes)
Matec
Administrator
Handmaker
*****
Offline Offline

Mensagens: 1.966



« Responder #30 : 12 de Novembro de 2018, as 00:25:13 »

Os filtros RC tem um corte de aproximadamente 3dB por oitava. Esse valor equivale a dizer que um sinal estará com amplitude de aproximadamente a metade da oitava acima. Em resumo, isso significa que um circuito com corte em 40Hz, na verdade já começou a ser sentido próximo dos 80Hz. Isso também que dizer que uma frequência de 20 hz também estará presente, porém com uma amplitude 3dB menor que a de 40Hz.

No projeto de equipamentos de som para instrumentos, o que vai importar no final, será a qualidade dos harmônicos que chegam aos nossos ouvidos.



Para exemplificar... Se eu tiver um Rk de 820 Ohms e escolhendo um Ck de 4,7uF pela fórmula 1/6,28*4,7u*820= 41Hz aproximadamente. Logo os sinais abaixo de 41Hz serão cortados?

Quando se trata do resistor de cátodo e do capacitor Bypass, aí a coisa muda um pouco de figura. Essa parte do circuito não elimina de forma alguma as frequências que chegam na Grade de Controle. Esse arranjo de filtro vai influenciar apenas no ganho de amplitude, dependendo da frequência. Mesmo assim esse circuito será um "allpass".

 Smiley
« Última modificação: 12 de Novembro de 2018, as 01:27:20 por Matec » Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 4.971


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #31 : 12 de Novembro de 2018, as 08:30:37 »

Pode adotar o critério de fazer a reatância (Xc) do capacitor de bypass (Ck) ser 10 vezes menor do que o valor do resistor de catodo (Rk) na frequência mínima do estágio. Isso faz com que os sinais alternados vejam um "curto-circuito" para o terra no catodo, mantendo o ganho no valor normal.

Assim, se Xc = 0,1 x Rk    e   Xc = 1/(2 x pi x Fmin x Ck)  combinando as duas expressões:

0,1Rk = 1/(2 x pi x Fmin x Ck)

Ck = 1/(2 x pi x Fmin x 0,1Rk)

No seu caso:
Ck = 1/(2 x pi x 41 x 0,1 x 820) = 47,3uF

Esse mesmo critério pode ser adotado nos estágios de amplificador com transistor em emissor comum (base entrada e coletor saída), com o capacitor de emissor em paralelo com o resistor de emissor-terra.
« Última modificação: 12 de Novembro de 2018, as 08:33:21 por xformer » Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
tcholopi
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 73



« Responder #32 : 12 de Novembro de 2018, as 10:15:22 »

Isso quer dizer que com um Rk de 820 e Ck de 47uF todo sinal acima de 40Hz estaria próximo do ganho máximo do circuito?
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 4.971


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #33 : 12 de Novembro de 2018, as 10:39:19 »

Isso quer dizer que com um Rk de 820 e Ck de 47uF todo sinal acima de 40Hz estaria próximo do ganho máximo do circuito?

Isso mesmo.
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
tcholopi
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 73



« Responder #34 : 20 de Novembro de 2018, as 15:14:20 »

Estava lendo que capacitores com valores menores são preferíveis para Ck e Cs, assim como atenuar frequências baixas e utilizar o resistor de grid-stopper a fim de suprimir o evento de blocking distortion. Até onde o valor dos capacitores citados influencia no circuito? Geralmente se vê valores baixos para essas capacitâncias numa 12AX7. Pelo que entendi, quando há variações na tensão do anodo de uma válvula, o estágio seguinte fica em cut-off devido ao tempo de carga e descarga do capacitor de acoplamento AC (Cs), porque ele demora mais para descarregar do que para carregar. Em frequências baixas o problema piora, pois o capacitor vai ter mais tempo para se carregar. Se a questão aqui é o tempo de carga e descarga dos capacitores, não seria melhor capacitâncias maiores em determinada frequência para diminuir a reatância capacitiva, aumentar a corrente e diminuir o tempo de carga?   
Registrado
Páginas:  1 2 [3]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.11 segundos com 22 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal