Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 13 de Dezembro de 2018, as 13:46:31


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  1 ... 5 6 [7]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: A madeira não influencia no timbre (visão técnica)  (Lida 9062 vezes)
EddieTavares
Visitante
« Responder #90 : 27 de Dezembro de 2017, as 16:01:12 »

Não só as pontes, outras peças do hardware afetam o timbre, por exemplo as Telecasters top load e through body tem uma diferença enorme de timbre, dizem até que o material dos ferrules faz diferença... Deve fazer, se é perceptível, acredito que não.

Anos atras as tarraxas de uma das minhas guitarras começou a fazer um barulho, um zumbido, não era captado mas incomodava um pouco. Resolvi trocar por tarraxas blindadas, a guitarra tem floyd com trava, a intensão era só resolver o problema do zumbido, mas depois de instaladas o timbre ganhou mais graves e ressonância, houve um acréscimo de sustain, tudo muito perceptível e muito bem vindo.

Pesquisando um pouco descobri que o acréscimo de peso ao headstock altera a frequência de ressonância do braço, o novo jogo de tarraxas é pelo menos 150 gramas mais pesado que o antigo, provavelmente em alguns casos diminuir o peso do braço seja mais adequado.
Registrado
tufoeffect
Freqüente
**
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 330


...Like the sign of the southern cross....


« Responder #91 : 27 de Dezembro de 2017, as 16:16:34 »

Gostaria de pensar em como o som de uma guitarra é produzido e captado para conseguir imaginar (estou fazendo um exercício de imaginação versus conhecimento de física, especialmente da parte de ondulatória; ondas mecânicas e propagação) como os materiais envolvidos na criação e ressonância sonora podem ou não interferir neste som:

 - O som de uma guitarra nasce na vibração da corda, este é um ponto que acho que todos concordamos.

 - O material da corda; o tipo de material e sua densidade, arranjo granular se tratando de metal, arranjo tridimensional dos átomos (pra quem já estudou materiais) influência diretamente. A guitarra tem cordas de aço e níckel, uma liga puramente metálica, logo o som tende a ser bem metálico. Até aí nenhuma novidade.

 - Antes de pensar na captação; o efeito de indução magnética que transforma movimento mecânico vibratório/oscilatório de uma corda de metal em sinal elétrico oscilatório (corrente alternada) vamos pensar na ressonância da corda nos outros materiais que compõem o instrumento.

 - A ponte do instrumento é de metal, porém de um metal diferente do da corda, sendo assim há uma diferente reação desse material à vibração porque sua densidade é diferente e o som vai se propagar diferentemente em materiais diferentes, isso também não tem nenhuma novidade.
 - O corpo do instrumento é de madeira, e as vezes de madeiras diferentes, com constituições diferentes, arranjos das fibras diferentes. A medeira é considerada um polímero e, diferente do metal tem um arranjo atômico em cadeias longas de carbono ( a vida é feita de carbono), o metal tem o arranjo tridimensional (corpo centrado ou face centrada) e as vezes hexagonal. Logo a mesma onda mecânica que foi produzida na corda estará sendo conduzida ( ou ressonando) em um material diferente e certamente terá alguns aspectos sutis de suas envoltórias e harmônicas alterados, diminuídos ou aumentados. A frequência principal se mantêm a mesma, mas suas componentes harmônicas podem ser aumentadas, atenuadas ou amplificadas.

- Um ponto importante a se verificar é que o captador fica cara a cara com a corda, então é bem fácil de se imaginar que o som mais original da corda, sem muita interferência do restante dos materiais do corpo, seja captado, levando assim a concluirmos que a madeira não influencia no timbre, mas a onda ressona no todo e talvez não nos seja perceptível ao ouvido por ser uma interferência muito sutil e tendo a considerar que a madeira influência (umas mais outras menos) no timbre e isso seja muito sutil.

O experimento teria de conseguir medir uma gama mais ampla dos aspectos das ondas sonoras, os harmônicos e suas componentes, e assim é que se conseguiria perceber como a madeira influencia.

Eu realmente nunca consegui perceber diferença de ouvido, mas sei que o timbre de uma guitarra depende de quem toca, das cordas, da madeira, dos captadores, do pré amplificador, do power, dos falantes e da caixa de som onde estão instalados os falantes, talvez não podemos perceber diferenças quando somente um componente é modificado (no caso a madeira), mas uma variação entre todos estes componentes causará uma mudança perceptível, a madeira precisa estar inserida no conjunto, sozinha a mudança que ela pode causar seja muito sutil e imperceptível.
Registrado

...money for nothing!!!
Páginas:  1 ... 5 6 [7]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.09 segundos com 22 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal