Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 31 de Março de 2020, as 03:49:51


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas: [1]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Transformador de saída para amplificador de contrabaixo  (Lida 343 vezes)
JB.Santos
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 44



« : 15 de Fevereiro de 2020, as 21:40:20 »

Olá a todos.

Qual a resposta de frequência que um transformador de saída de amplificador de contrabaixo valvulado tem que ter ?
A partir de 40 Hz, 60 Hz ?... 

Andei vendo alguns esquemas da Ampeg, Marshall e outros e não encontrei nada falando a respeito.
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.737



« Responder #1 : 16 de Fevereiro de 2020, as 00:22:35 »

Quanto mais baixa a frequência mais pesado e mais caro será o transformador. Qual a potência de saída que você deseja ?
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
JB.Santos
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 44



« Responder #2 : 16 de Fevereiro de 2020, as 12:28:54 »

Olá Bossman
   
  Eu ainda estou estudando bastante o assunto mas, a princípio, seria 100 watts com com duas 6550.
  Quanto ao tamanho e preço maior, já sabia.
  Veja o Bassman, que foi concebido originalmente para contrabaixo (conforme informações encontradas na internet), não encontrei nenhuma informação a respeito deste tema e todos os outros amplificadores que encontrei, só traz informação da impedância.
   Também não sei se o ideal seria a mesma resposta de frequência do falante/caixa ou seguir o mesmo raciocínio dos amplificadores de audio HiFi.
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.737



« Responder #3 : 16 de Fevereiro de 2020, as 13:10:39 »

 Veja o Bassman, que foi concebido originalmente para contrabaixo (conforme informações encontradas na internet), não encontrei nenhuma informação a respeito deste tema e todos os outros amplificadores que encontrei, só traz informação da impedância.

Desenvolvido pro baixo mas, nem tanto... Difícil imaginar um baixista querer um amplificador com caixa de traseira aberta e falantes que só respondem a partir dos 90Hz

-----
Eu consideraria um transformador de saída para 40 Hz porém pra 100 W de saída tem que ver como fica o peso. Veja os AMPEG valvulados ! Pesadíssimos !
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.545


« Responder #4 : 16 de Fevereiro de 2020, as 20:59:18 »

A corda B de um baixo de 5 cordas tem frequência por volta dos 31Hz. Eu diria que, para um amplificador o mais eficiente possível, você precisa de um transformador para cerca de 25Hz. Mesmo que você não use baixo de 5 cordas no momento, nunca se sabe. Simulando rapidamente o transformador na calculadora do site py2bbs, vai dar um transformador com núcleo 4,8cm x 3,5cm, com 3,35kg de chapa e 1,15kg de cobre, totalizando 4,5kg. Achei que ficaria mais pesado, mas lembre-se que ainda há todo o restante das coisas (chassi, gabinete, transformador de saída).
Registrado
JB.Santos
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 44



« Responder #5 : 16 de Fevereiro de 2020, as 22:50:59 »

A corda B de um baixo de 5 cordas tem frequência por volta dos 31Hz. Eu diria que, para um amplificador o mais eficiente possível, você precisa de um transformador para cerca de 25Hz. Mesmo que você não use baixo de 5 cordas no momento, nunca se sabe. Simulando rapidamente o transformador na calculadora do site py2bbs, vai dar um transformador com núcleo 4,8cm x 3,5cm, com 3,35kg de chapa e 1,15kg de cobre, totalizando 4,5kg. Achei que ficaria mais pesado, mas lembre-se que ainda há todo o restante das coisas (chassi, gabinete, transformador de saída).


Valeu a informação. Legal!

   - A caixa e o falante não precisa ser levado em consideração na hora de calcular o transformador de saída ?

https://www.eminence.com/speakers/speaker-detail/?model=Legend_CB15
Registrado
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.545


« Responder #6 : 17 de Fevereiro de 2020, as 08:21:09 »

Não. O Que você precisa é de um falante que reproduza as frequências desejadas, aguente a potência e tenha boa sensibilidade. A caixa é calculada de acordo com o falante.

Observe que a faixa de frequência desse falante é de 47Hz a 3kHz. A corda E solta tem frequência de 41Hz, abaixo da faixa do falante. Isso significa que a resposta do falante não é boa para frequências mais baixas. Se você usa um 5 cordas e/ou afinações mais baixas, melhor pensar em outro falante.
Registrado
Gfassuncao
Freqüente
**
Offline Offline

Mensagens: 416


« Responder #7 : 19 de Fevereiro de 2020, as 14:02:27 »

Comprei uns falantes da Eminence para montar uma caixa 4X10. Olhando as especificações técnicas eles recomendam usar um crossover em 40hz, com o risco de queimar os mesmos. Então eu comecei a olhar as resposta de alguns falantes, e cheguei a conclusão que só os de 18 polegadas respondem abaixo dos 40hz, a maioria, independente do tamanho, não respondem as frequências mais baixas. Então se você usar um transformador de 40hz, não vai precisar de usar o crossover.
Registrado
Paulorpcf
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 125


« Responder #8 : 19 de Fevereiro de 2020, as 20:19:48 »

Freqüência tão baixa acho que só harmônicos no baixo.
Registrado
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.545


« Responder #9 : 20 de Fevereiro de 2020, as 08:27:08 »

Freqüência tão baixa acho que só harmônicos no baixo.
Não, os harmônicos possuem frequência mais alta que a frequência fundamental. A frequência dos harmônicos é dada por fn = n * f1, onde f1 é a frequência fundamental e n é o número do harmônico e é sempre um número inteiro e maior que 1.

A corda E solta, em afinação padrão, possui frequência fundamental aproximada de 41Hz, enquanto a corda B solta de um baixo de 5/6 cordas possui frequência fundamental de aproximadamente 31Hz em afinação padrão. Em notas mais graves o segundo harmônico é mais predominante que a frequência fundamental, ou seja, ao tocar um sizão solto a sensação é que se escuta uma nota com 62Hz. Por isso a maioria dos falantes tem resposta acima das frequências fundamentais. Entretanto, é comum ver baixistas usando uma caixa 4x10 e uma 1x15 ou 1x18 adicional, para reproduzir as frequências fundamentais, ou ao menos tentar. Embora o segundo harmônico seja predominante, as frequências fundamentais fazem diferença.
« Última modificação: 20 de Fevereiro de 2020, as 08:35:50 por marcao_cfh » Registrado
Páginas: [1]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.159 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal