Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 16 de Abril de 2021, as 05:05:29


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  1 [2] 3 4 ... 12   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Restauro de um Tremendão SL - O que fazer?  (Lida 5470 vezes)
silvioalvim
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 88

Obrigado
-Dado: 38
-Recebido: 5


Aprendendo a jogar


« Responder #15 : 05 de Fevereiro de 2021, as 00:06:42 »

De cara ,no primeiro aí que é o do reverb (AG4004, provavelmente) o primário (vermelho e azul) deve estar ferrado, já que deveria dar acima de 1k. O meu do T3 aqui dá 1,8k. Você acha substituto no Mercado Livre na faixa de 100,00
« Última modificação: 05 de Fevereiro de 2021, as 00:36:31 por silvioalvim » Registrado
Matec
Administrator
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.712

Obrigado
-Dado: 152
-Recebido: 687



« Responder #16 : 05 de Fevereiro de 2021, as 01:28:00 »

Hoje verifiquei a resistência dos fios dos transformadores.

Pretendo fazer o teste de tensão amanhã.
Tem como saber quais são os fios que devo ligar na tomada 110V?


Muito cuidado nessa Hora!

Utilize uma lâmpada em série! 40W ou menos para esse teste! LÂMPADA INCANDESCENTE!

No penúltimo transformador, ligue o par que tem 4ohms no 120v. Mas cuidado! O par que tem 18,6 ohms apresentará 350vAC o que é um choque tremendo!!

No último transformador, você vai ligar de 18,6ohms (mais um?) no 120v . A tensão no secundário será baixa.

Em qualquer um dos casos, se a lâmpada acender forte é porque o transformador está danificado!

 Huh?
Registrado
emanuelneto
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 512

Obrigado
-Dado: 244
-Recebido: 62



« Responder #17 : 05 de Fevereiro de 2021, as 07:26:18 »

Eu costumo fazer um pouco diferente por ser um transformador de força com primário de 4 fios. Em 127V ligo o primário em paralelo e em 220V faço ligação série (exatamente a mesma ligação proposta das chaves 110/220 para 4 fios) e faço as medições dos secundários, porém ligar apenas uma das bobinas do primário trará o mesmo resultado para quem faz testes sem carga ligado na lâmpada série.

No transformador de saída eu ligo os dois fios primários que vão para a placa das válvulas na rede (sempre usando lâmpada série), meço os secundários e utilizo a fórmula:
Zp/Zs = Vp²/Vs² ===> Zp = Vp²/Vs² * Zs

Zp=impedância do primário
Zs=impedância do secundário
Vp=tensão do primário
Vs=tensão do secundário

Exemplo:
Vp=127V
Vs=5,82V

Zp = RE² * Zs
Zp = (127/5,82)² * 8 <== usando 8 Ohms de impedância
Zs = 3808 Ohms <== impedância para uma carga de 8 Ohms
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.978

Obrigado
-Dado: 1674
-Recebido: 362



« Responder #18 : 05 de Fevereiro de 2021, as 10:04:00 »

Também prefiro ligar o primário e trabalhar com tensões mais baixas no secundário no caso do transformador de saída e vice versa no transformador de força
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
Pedro Augusto
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 134

Obrigado
-Dado: 31
-Recebido: 8



« Responder #19 : 05 de Fevereiro de 2021, as 11:34:17 »

De cara ,no primeiro aí que é o do reverb (AG4004, provavelmente) o primário (vermelho e azul) deve estar ferrado, já que deveria dar acima de 1k. O meu do T3 aqui dá 1,8k. Você acha substituto no Mercado Livre na faixa de 100,00
Comprar um substituto novo é melhor que mandar ajeitar?

Hoje verifiquei a resistência dos fios dos transformadores.

Pretendo fazer o teste de tensão amanhã.
Tem como saber quais são os fios que devo ligar na tomada 110V?

Muito cuidado nessa Hora!

Utilize uma lâmpada em série! 40W ou menos para esse teste! LÂMPADA INCANDESCENTE!

No penúltimo transformador, ligue o par que tem 4ohms no 120v. Mas cuidado! O par que tem 18,6 ohms apresentará 350vAC o que é um choque tremendo!!

No último transformador, você vai ligar de 18,6ohms (mais um?) no 120v . A tensão no secundário será baixa.

Em qualquer um dos casos, se a lâmpada acender forte é porque o transformador está danificado!

 Huh?

Eu achei uma lâmpada amarela incandescente de 15w, mas ela é pra rede 220 V. No estúdio do proprietário do amplificador há tomadas com saída 110V e 220V. Coloco ela em série pra testar com 110V mesmo?

Matec, eu acabei colocando uma segunda foto do mesmo transformador, só que mostrando apenas um lado (a ideia era mostrar com mais detalhe o estado dele e saber de onde saem os fios), por isso aparece MAIS UM 18,6 ohms.
Veja que essa foto tem os mesmos valores do secundário da foto seguinte:
Spoiler (clique para mostrar ou esconder)

Desculpe se acabei fazendo confusão.
Mas, só pra confirmar, pois eu tenho um medo danado de levar choque quero fazer os teste da forma mais segura que eu puder. E fiquei aliviado quando vi o aviso para tomar muito cuidado, pois em alguns lugares mandam testar as coisas de um jeito como se não houvesse amanhã.
Mas acredito que, tomando as precauções necessárias e tirando as dúvidas com vocês antes de fazer algo que eu não tenho segurança de como fazer, vai dar tudo certo.

Nesse caso, ficou faltando saber como testar o último transformador (foto abaixo). Ele tem três fios de cada lado. Em um dos lados (fios azul claro, amarelo e preto) marcou 0.4 ohms em qualquer combinação. No lado oposto, Azul x azul/amarelo 33.3 ohms, Vermelho x azul/amarelo 17.6 ohms e Azul x vermelho 16 ohms.
Spoiler (clique para mostrar ou esconder)

Eu costumo fazer um pouco diferente por ser um transformador de força com primário de 4 fios. Em 127V ligo o primário em paralelo e em 220V faço ligação série (exatamente a mesma ligação proposta das chaves 110/220 para 4 fios) e faço as medições dos secundários, porém ligar apenas uma das bobinas do primário trará o mesmo resultado para quem faz testes sem carga ligado na lâmpada série.

Emanuel, desculpe, mas não sei se entendi. Você faz a ligação também dos fios dos 220V, mesmo sem ligar nessa rede?
O esquema seria esse?
Spoiler (clique para mostrar ou esconder)

Quero deixar essa mensagem de agradecimento aos que estão ajudando nesse projeto, pois nem todos se propõem a ajudar quando aparece alguém que ainda está iniciando nessa área. O fórum está sendo uma grande escola pra mim, estou lendo e aprendendo bastante por aqui. Não quero perguntar nada sem ter pesquisado antes, pois sei que apenas perguntar como liga um componente não vai me fazer aprender, mas também não pretendo ligar algo que não tenho certeza se está certo e correr um risco desnecessário. Estou vendo que em eletrônica, mesmo depois de estudar sobre algum componente, a gente precisa colocar a mão na massa e fazer funcionar para ganhar confiança de fazer isso outras vezes sozinho, mas essa confiança parece que só vem depois que a gente vê funcionando ao vivo. Eu assisti ao vídeo que foi recomendado pelo Silvioalvim, parece bem tranquilo fazer o teste daquela forma mas, quando fiquei de frente com os transformadores pra testar, o que parecia bem tranquilo ficou difícil.
Não quero me alongar tanto nessa mensagem, mas costumo agradecer aos que me fazem me sentir grato por aprender algo (deve ter a ver com o fato de eu ser professor).

Obrigado, pessoal!
« Última modificação: 10 de Fevereiro de 2021, as 09:43:02 por Pedro Augusto » Registrado
Matec
Administrator
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.712

Obrigado
-Dado: 152
-Recebido: 687



« Responder #20 : 05 de Fevereiro de 2021, as 12:30:56 »

Citar
Nesse caso, ficou faltando saber como testar o último transformador (foto abaixo). Ele tem três fios de cada lado. Em um dos lados (fios azul claro, amarelo e preto) marcou 0.4 ohms em qualquer combinação. No lado oposto, Azul x azul/amarelo 33.3 ohms, Vermelho x azul/amarelo 17.6 ohms e Azul x vermelho 16 ohms.

Você vai utilizar esse conjunto com 33,3ohms na rede de 120v

Então ignore isso:

Citar
No último transformador, você vai ligar de 18,6ohms (mais um?) no 120v

A medição de relação de impedâncias é mais específica para transformadores de saída.
No caso aqui estamos Só verificando se os transformadores estão íntegros.

Cuidado ao manipular os fios que saem do transformador, se o isolamento estragar, você terá que trocar esses fios, O QUE NÃO É FÁCIL!

 Smiley
Registrado
emanuelneto
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 512

Obrigado
-Dado: 244
-Recebido: 62



« Responder #21 : 05 de Fevereiro de 2021, as 15:28:29 »

Emanuel, desculpe, mas não sei se entendi. Você faz a ligação também dos fios dos 220V, mesmo sem ligar nessa rede?
O esquema seria esse?

Na verdade eu quis dizer "se" sua rede for 127V e for fazer testes com carga, usar ligação paralelo, mas se sua rede for 220V, usar ligação série.
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.803

Obrigado
-Dado: 53
-Recebido: 1793


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #22 : 05 de Fevereiro de 2021, as 21:07:29 »

Mas, só pra confirmar, pois eu tenho um medo danado de levar choque quero fazer os teste da forma mais segura que eu puder. E fiquei aliviado quando vi o aviso para tomar muito cuidado, pois em alguns lugares mandam testar as coisas de um jeito como se não houvesse amanhã.
Mas acredito que, tomando as precauções necessárias e tirando as dúvidas com vocês antes de fazer algo que eu não tenho segurança de como fazer, vai dar tudo certo.

Ao ver esse monte de fios soltos e seu medo de causar algum acidente ou curto-circuito, aqui vai minha dica para testar e medir os enrolamentos dos transformadores.  Compre uma barra de conectores Sindal (existem de vários tamanhos e para bitolas diversas de fios) em qualquer loja de material elétrico. E são baratos.
Prenda os fios no conector e assim você evita que a parte descascada dos fios encostem uns nos outros e em você. E você pode realizar as medições colocando as pontas de prova por cima do parafusos também, sem precisar tocar com os dedos em nada além da parte isolado do cabo de prova.









Se fizer citação desta mensagem, retire as imagens de dentro da citação.
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
silvioalvim
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 88

Obrigado
-Dado: 38
-Recebido: 5


Aprendendo a jogar


« Responder #23 : 05 de Fevereiro de 2021, as 23:39:48 »

Citar
Comprar um substituto novo é melhor que mandar ajeitar?

Para mim, certamente foi. Moro no interior e na minha cidade não se acha ninguém para fazer esse tipo de serviço. Se você tiver fácil acesso a prestadores desse tipo de serviço, pode ser interessante. Mas a dona prudência mandou eu falar para você ficar quietinho em casa, tem um vírus louco lá fora...


Citar
Quero deixar essa mensagem de agradecimento aos que estão ajudando nesse projeto, pois nem todos se propõem a ajudar quando aparece alguém que ainda está iniciando nessa área. O fórum está sendo uma grande escola pra mim, estou lendo e aprendendo bastante por aqui. Não quero perguntar nada sem ter pesquisado antes, pois sei que apenas perguntar como liga um componente não vai me fazer aprender, mas também não pretendo ligar algo que não tenho certeza se está certo e correr um risco desnecessário. Estou vendo que em eletrônica, mesmo depois de estudar sobre algum componente, a gente precisa colocar a mão na massa e fazer funcionar para ganhar confiança de fazer isso outras vezes sozinho, mas essa confiança parece que só vem depois que a gente vê funcionando ao vivo. Eu assisti ao vídeo que foi recomendado pelo Silvioalvim, parece bem tranquilo fazer o teste daquela forma mas, quando fiquei de frente com os transformadores pra testar, o que parecia bem tranquilo ficou difícil.
Não quero me alongar tanto nessa mensagem, mas costumo agradecer aos que me fazem me sentir grato por aprender algo (deve ter a ver com o fato de eu ser professor).
Obrigado, pessoal!
Estamos juntos nessa, também vou fazendo as coisas bem devagar, aprendendo o tempo todo. Ah, também sou professor  Shocked

-----
Citar
Utilize uma lâmpada em série! 40W ou menos para esse teste! LÂMPADA INCANDESCENTE!

Essa potência baixa (40W) se deve ao fato do transformador estar sem carga?
Outra coisa: tenho usado uma de 100W para testes com o amplificador ligado. Normalmente o indicado seria uma de maior potência, tenho que pensar isso ainda. Quando ligo, ela acende forte e após 2 segundos baixa a luminosidade para, chutando, uns 30% de seu funcionamento pleno. Isso ocorre também com o meu Tremendão SL que está funcionando. Considerando que o Tremendão dá uns 80W, na média, pelo que andei lendo, está correto esse comportamento, certo?
Quais as vantagens de se utilizar uma lâmpada de maior potência para um teste do amplificador?
« Última modificação: 06 de Fevereiro de 2021, as 10:38:41 por silvioalvim » Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.803

Obrigado
-Dado: 53
-Recebido: 1793


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #24 : 06 de Fevereiro de 2021, as 12:18:28 »

Quais as vantagens de se utilizar uma lâmpada de maior potência para um teste do amplificador?

Uma lâmpada de maior potência tem menor resistência no filamento, de forma que a corrente máxima que ela deixa passar será maior (a lâmpada limita a corrente no circuito) o que pode causar dano ao aparelho testado se alguma parte do circuito dele não resistir a uma corrente maior. Uma lâmpada de menor potência portanto é mais vantajosa para se verificar se há algum problema de curto-circuito no amplificador, pois ela acenderá com uma corrente menor e com menos chance de causar mais dano ao aparelho sob teste.

A lâmpada em série só serve pra isso, ver se há algum curto-circuito. Acendeu a lâmpada e se mantem acesa, há o curto e você tem de descobrir onde é o problema, sem ligar o amplificador na tomada.
Acendeu e apagou rapidamente ou ficou fraquinho o brilho do filamento, não há curto e nesse caso faça os testes e medições seguintes SEM a lâmpada em série, ligando o amplificador diretamente na tomada.  Se ligar com a lâmpada em série e fizer medições, elas estarão erradas pois a tensão de alimentação para o amplificador não será a da rede e além disso a tensão que sobra para o transformador de força do amplificador vai flutuar conforme o consumo do amplificador.
« Última modificação: 06 de Fevereiro de 2021, as 12:34:04 por xformer » Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
Pedro Augusto
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 134

Obrigado
-Dado: 31
-Recebido: 8



« Responder #25 : 06 de Fevereiro de 2021, as 13:53:26 »



Baseado nesse datasheet da 12ax7, coloquei a numeração dos pinos da válvula V1 no datasheet do SL.
Spoiler (clique para mostrar ou esconder)

Note que no esquema o pino 3, que é do 2º catodo, vai pro terra, passando por um RC. O outro catodo da válvula fica no pino 8, que também vai para o terra passando por um RC, porém tem ligação com o catodo da V2.
Mas na ligação do amplificador o pino 3 de V1 liga direto ao pino 3 de V2, sem passar por nada. Só tem o fio verde.
Spoiler (clique para mostrar ou esconder)

Nessa restauração que o Matec fez, a ligação entre os pinos 3 de V1 e V2 também é direta, pelo fio vermelho.
Spoiler (clique para mostrar ou esconder)

Procurando uma resposta para isso acabei achando um outro esquema do SL, editado pelo Matec:
Spoiler (clique para mostrar ou esconder)

O primeiro esquema que eu tinha achado aqui no fórum não serve?
« Última modificação: 10 de Fevereiro de 2021, as 09:46:00 por Pedro Augusto » Registrado
Matec
Administrator
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.712

Obrigado
-Dado: 152
-Recebido: 687



« Responder #26 : 06 de Fevereiro de 2021, as 14:28:33 »

Serve sim, veja a numeração dos triodos lá, V1A, V1B ; V2A, V2B.

O que pode gerar confusão é que a Seção A de uma 12ax7 é ligada os pinos 6, 7 e 8, e você colocou pinos 1, 2 e 3 no seu esquema....

Tongue
« Última modificação: 06 de Fevereiro de 2021, as 14:59:57 por Matec » Registrado
Pedro Augusto
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 134

Obrigado
-Dado: 31
-Recebido: 8



« Responder #27 : 06 de Fevereiro de 2021, as 16:30:24 »

Entendi, Matec.
Minha questão é que o p3 da V1 liga-se ao p3 da V2 no amplificador sem nada, e no esquema tem um RC entre as duas válvulas.
Registrado
Matec
Administrator
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.712

Obrigado
-Dado: 152
-Recebido: 687



« Responder #28 : 06 de Fevereiro de 2021, as 22:59:26 »

Entendi, Matec.
Minha questão é que o p3 da V1 liga-se ao p3 da V2 no amplificador sem nada, e no esquema tem um RC entre as duas válvulas.

 Onde você colocou P3 deveria ser P8 E onde você colocou P8 é p3. Creio que a confusão foi sua.
Com certeza os cátodos são ligados um ao outro e ambos são ligados ao terra através do resistor de cátodo de 820R e o capacitor Bypass. Nada errado nisso.

 Smiley
« Última modificação: 06 de Fevereiro de 2021, as 23:02:00 por Matec » Registrado
Pedro Augusto
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 134

Obrigado
-Dado: 31
-Recebido: 8



« Responder #29 : 06 de Fevereiro de 2021, as 23:26:59 »

Onde você colocou P3 deveria ser P8 E onde você colocou P8 é p3. Creio que a confusão foi sua.
Com certeza os cátodos são ligados um ao outro e ambos são ligados ao terra através do resistor de cátodo de 820R e o capacitor Bypass. Nada errado nisso.

 Smiley
Acho que entendi.
No caso, o fio preto que sai do p3 da V2 vai ser ligado ao terra através do resistor e do capacitor.


E, se eu entendi bem, esse fio preto poderia sair tanto do p3 da V1 quanto da V2.
Registrado
Páginas:  1 [2] 3 4 ... 12   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.064 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal