Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 21 de Julho de 2024, as 01:09:11


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  1 ... 9 10 [11] 12   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Restauro de um Tremendão SL - O que fazer?  (Lida 59640 vezes)
emanuelneto
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 675

Obrigado
-Dado: 264
-Recebido: 82



« Responder #150 : 28 de Março de 2021, as 09:15:52 »

Citar
Essa diferença de valor poderia ser o multímetro descalibrado?
É pouco provável porque o seu multímetro Aneng é true RMS e é novo.

O fato é que eu possuo um multímetro Aneng Q1 true RMS e ele só marca a tensão da rede como 127V.
Será que eu estou fazendo algo de errado? e pergunto isso porque logo quando o comprei eu medi a tensão da rede e ele marcou na faixa de 110/113 VAC.

https://imgur.com/DNJTMSN

O meu mede tensão errada quando está com pilhas fracas, mas pelos valores creio que talvez sua rede tenha sido modificada de 110V para 127V
Registrado
Pedro Augusto
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 195

Obrigado
-Dado: 49
-Recebido: 20



« Responder #151 : 29 de Março de 2021, as 22:18:08 »

O meu mede tensão errada quando está com pilhas fracas, mas pelos valores creio que talvez sua rede tenha sido modificada de 110V para 127V
Comprei pilhas novas para usá-lo.

Tem de lembrar que muito provavelmente, o transformador de força foi feito para ligar o primário em 110 V (tensão de antigamente na tomada). Apesar de que o Pedro esteja com tomada em 113 V, a tensão do secundário está realmente um pouco acima e mesmo que com as cargas dos filamentos, ela caia uns 10% (7.27 - 0,72 = 6.55 V), ainda assim vai ficar acima dos 6.3 Vac.  Isso é temeroso caso o usuário retire algumas válvulas (ou mesmo que algumas tenham seus filamentos queimados e abertos) vai prejudicar as válvulas remanescentes, forçando os filamentos.  Eu acho que não se deve usar esse transformador nos dias de hoje, já que alguma hora ele pode ser ligado numa tomada de 127 V, e a tensão ficar maior ainda.

O Alexandre não tem as especificações para fazer um transformador para substituir esse que está bom, mas está ruim.

Ele me disse:
Citar
Eu não tenho as especificações do transformador; para fazer um novo, eu precisaria das dimensões do núcleo e das tensões a vazio dos enrolamentos secundários. O transformador deve estar completamente desligado do circuito para essa medição. A tensão primária também precisa ser medida e informada e não precisa ser 110 V exatos. Por fim, eu preciso das resistências dos enrolamentos medida descontando-se a resistência das ponteiras ( isso é imprtante para o enorlamento de filamento).

Eu não teria como regular essa tensão dos filamentos para não prejudicar as válvulas? Ou o problema é maior que isso?

O dono do amplificador perguntou se seria vantagem mandar reenrolar o transformador, mas sem as especificações não tem nem como pedir pra fazer corretamente.
« Última modificação: 29 de Março de 2021, as 22:28:32 por Pedro Augusto » Registrado
Ramsay
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 970

Obrigado
-Dado: 1
-Recebido: 127



« Responder #152 : 29 de Março de 2021, as 23:49:05 »

Citar
Logo que tu usou ele pela primeira vez, ele marcou 110/113V na tua rede elétrica e algum tempo depois, 127V? Será que não trocaram o transformador e já ajustaram para o padrão (que já faz algum tempo que mudou para 127V)?

Citar
O meu mede tensão errada quando está com pilhas fracas, mas pelos valores creio que talvez sua rede tenha sido modificada de 110V para 127V

Eles podem até ter trocado o transformador para 127V.
Mas, o que me intriga é que o multímetro amarelinho que não é true rms também está marcando 127V.
E então eu pegunto: cadê a tal "medida de voltagem true rms" do Aneng Q1 True Rms?
Já esmiucei cuidadosamente o Manual e não achei nada que esclarecesse a questão.
https://imgur.com/ICnI0jN
« Última modificação: 30 de Março de 2021, as 00:02:11 por Ramsay » Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.268

Obrigado
-Dado: 71
-Recebido: 2020


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #153 : 30 de Março de 2021, as 01:05:13 »

Mas, o que me intriga é que o multímetro amarelinho que não é true rms também está marcando 127V.
E então eu pegunto: cadê a tal "medida de voltagem true rms" do Aneng Q1 True Rms?

O multímetro barato DT830b apesar de não ser true rms,  também mede tensão em volts rms (ou eficazes).  Se a forma de onda da rede estiver purinha (sem distorção ou ruído), ele deve medir (se estiver bem calibrado) o mesmo valor que um voltímetro true rms.

A diferença ocorre se a tensão da rede estiver distorcida ou tiver outra forma de onda que não a senoidal (por exemplo onda quadrada, senoide aproximada de no-breaks, triangular, com ângulo de condução atrasado nos dimmers, etc).

Spoiler (clique para mostrar ou esconder)

Pelo esquema se pode ver que a tensão alternada a ser medida é apenas retificada em meia onda e passa por uma rede de resistores para diminuir a tensão, filtrada pelo capacitor C1 e e depois segue para o ICL7106 para ser medida.  Esse é um conversor de tensão AC para DC muito simples e não consegue distinguir muito bem se o sinal tem uma forma de onda ou outra e se há distorção.

Se fizer citação desta mensagem, retire a imagem de dentro da citação.


 

-----
O Alexandre não tem as especificações para fazer um transformador para substituir esse que está bom, mas está ruim.
.....
O dono do amplificador perguntou se seria vantagem mandar reenrolar o transformador, mas sem as especificações não tem nem como pedir pra fazer corretamente.

Mas se você passar as medições das dimensões do transformador e das tensões que ele pediu, ele vai poder estimar as especificações de potência e as tensões nominais necessárias.

Eu não entendi o que você está fazendo com um amplificador de outra pessoa e o que ela pediu para você fazer.
« Última modificação: 30 de Março de 2021, as 01:16:31 por xformer » Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
bossman
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.285

Obrigado
-Dado: 1906
-Recebido: 456



« Responder #154 : 30 de Março de 2021, as 03:51:39 »

Eu não entendi o que você está fazendo com um amplificador de outra pessoa e o que ela pediu para você fazer.

Eu também não, estão meio confusas as coisas nesse tópico e fico até com receio de comentar algo as vezes
Registrado

Ding-Ling things, low-cost = low protection! Nothing is foolproof
Pedro Augusto
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 195

Obrigado
-Dado: 49
-Recebido: 20



« Responder #155 : 30 de Março de 2021, as 04:07:18 »

Mas se você passar as medições das dimensões do transformador e das tensões que ele pediu, ele vai poder estimar as especificações de potência e as tensões nominais necessárias.

Eu não entendi o que você está fazendo com um amplificador de outra pessoa e o que ela pediu para você fazer.

Vou passar as medições assim que possível.

Eu tenho um amigo de longa data que é dono de um estúdio de gravação. No estúdio de gravação ele tinha esse amplificador.
Em um dia que fui ao estúdio jogar conversa dentro, falei que estava interessado em estudar eletrônica.
Ele então disse que tinha um Tremendão (tem dois, na verdade) sem funcionar e que deixaria eu estudar eletrônica a partir dele, se eu quisesse.
Quando eu disse a ele que achei esse fórum e que o pessoal disse aqui para restaurar, ele assumiu a conta dos componentes que precisam ser trocados.
Cá estou eu, tentando fazer esse bicho voltar a cantar e sendo patrocinado pelo dono.
O melhor é que eu terei acesso a esse amplificador sempre que quiser depois de pronto.
 Legal!



Eu, vez ou outra, sempre estou "inventando" alguma coisa, quero dizer, aprendendo algum ofício.
Nesse mesmo estúdio, à época que eu estava aprendendo marcenaria, eu fiz o móvel para colocar as mesas de som e os periféricos.
Depois vou procurar uma foto com ela "cheia". Achei!
Spoiler (clique para mostrar ou esconder)



Fiz esse vídeo para enviar ao A. Sim e ele ter os parâmetros para fazer um transformador novo, que estou tentando convencer o dono a comprá-lo, mas ele está querendo ver se (e por quanto) alguém desenrola o transformador para chegar às tensões ideais. Pelo menos ele disse que iria pedir indicação a Neilton, da Altovolts.
« Última modificação: 09 de Abril de 2021, as 01:17:55 por Pedro Augusto » Registrado
Pedro Augusto
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 195

Obrigado
-Dado: 49
-Recebido: 20



« Responder #156 : 10 de Abril de 2021, as 15:57:50 »

Qual o tanque de reverb indicado para esse amplificador?

Achei os seguintes na Altana:

- 4BB3C1B da MOD é do tipo longo, com 16,75 polegadas de comprimento, e conta com duas molas paralelas contra-enroladas. O contra-enrolamento consiste em se bobinar metade da mola em uma direção e a outra metade no sentido oposto. Com impedância de entrada de 150 Ohms e de saída de 2250 Ohms, entrada isolada e saída aterrada, o reverberador de molas 4BB3C1B da MOD apresenta decaimento longo (2,75s a 4,0s).

- 4FB3D1B da MOD é do tipo longo, com 16,75 polegadas de comprimento, e conta com duas molas paralelas contra-enroladas. O contra-enrolamento consiste em se bobinar metade da mola em uma direção e a outra metade no sentido oposto. Com impedância de entrada de 1475 Ohms e de saída de 2250 Ohms, entrada e saída isoladas, o reverberador de molas 4FB3D1B da MOD apresenta decaimento longo (2,75s a 4,0s).

- 8BB2C1B da MOD é do tipo curto, com 9,25 polegadas de comprimento, e conta com três molas paralelas contra-enroladas. O contra-enrolamento consiste em se bobinar metade da mola em uma direção e a outra metade no sentido oposto. Com impedância de entrada de 190 Ohms e de saída de 2575 Ohms, entrada isolada e saída aterrada, o reverberador de molas 8BB2C1B da MOD apresenta decaimento médio (1,75s a 3,0s).

- 4AB3C1B da Accutronics é do tipo longo, com 16,75 polegadas de comprimento, e conta com duas molas paralelas contra-enroladas. O contra-enrolamento consiste em se bobinar metade da mola em uma direção e a outra metade no sentido oposto. Com impedância de entrada de 8 Ohms e de saída de 2250 Ohms, entrada isolada e saída aterrada, o reverberador de molas 4AB3C1B da Accutronics apresenta decaimento longo (2,75s a 4,0s).
Registrado
Matec
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.926

Obrigado
-Dado: 181
-Recebido: 836



« Responder #157 : 10 de Abril de 2021, as 17:11:49 »

Citar
- 4AB3C1B da Accutronics é do tipo longo, com 16,75 polegadas de comprimento, e conta com duas molas paralelas contra-enroladas. O contra-enrolamento consiste em se bobinar metade da mola em uma direção e a outra metade no sentido oposto. Com impedância de entrada de 8 Ohms e de saída de 2250 Ohms, entrada isolada e saída aterrada, o reverberador de molas 4AB3C1B da Accutronics apresenta decaimento longo (2,75s a 4,0s).

Esse!

 Smiley
Registrado
Pedro Augusto
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 195

Obrigado
-Dado: 49
-Recebido: 20



« Responder #158 : 15 de Abril de 2021, as 16:01:53 »

Citar
- 4AB3C1B da Accutronics é do tipo longo, com 16,75 polegadas de comprimento, e conta com duas molas paralelas contra-enroladas. O contra-enrolamento consiste em se bobinar metade da mola em uma direção e a outra metade no sentido oposto. Com impedância de entrada de 8 Ohms e de saída de 2250 Ohms, entrada isolada e saída aterrada, o reverberador de molas 4AB3C1B da Accutronics apresenta decaimento longo (2,75s a 4,0s).

Esse!

 Smiley

Tinha que ser o mais caro...  Cheesy

Estive pensando sobre a questão de o transformador estar com tensão maior que 6.3V nos filamentos, o que prejudicaria as válvulas se usado sem alteração.
O problema da tensão elevada seria apenas em relação aos filamentos ou há mais algum ponto problemático ao usar o transformador original?
Pergunto isso pois, se for o caso, acho que uma opção viável seria ter um pequeno transformador para os filamentos, onde o primário seria alimentado pelos 7.3V do transformador original. Não sei se isso implicaria em algum outro problema.

O dono está querendo reenrolar o transformador, mas acho que, se é pra continuar com o transformador original e que está funcionando, melhor seria não mexer nele se existe a possibilidade de tomar outra medida.
Ele até me enviou o contato da pessoa que faz esse serviço de reenrolar aqui na cidade, mas ainda não liguei para saber o valor.

O que acham?
Registrado
Matec
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.926

Obrigado
-Dado: 181
-Recebido: 836



« Responder #159 : 15 de Abril de 2021, as 17:05:30 »

Mande enrolar com a tensão de entrada mais adequada. 120v , ou 127v. Dependendo de qual tensão tem na sua região. Isso vai resolver todos os problemas.
 Smiley
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.268

Obrigado
-Dado: 71
-Recebido: 2020


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #160 : 15 de Abril de 2021, as 17:26:22 »

Mandar reenrolar o transformador original é fora de questão em razão do trabalho e do custo (é o dobro do serviço: desmontar, desenrolar, rebobinar) só para aproveitar o núcleo, e tampa, talvez o carretel. Lembrando que o enrolamento primário geralmente é o mais interno.
Sai mais barato:
Opção 1: mandar fazer um novo transformador de força, já com o primário adequado para a sua rede elétrica.

Opção 2: mandar fazer um transformador só para os filamentos (mas com primário na rede e não nos 7 V do transformador original) e deixa o enrolamento de 7 V desligado.  

Opção 3: se não se importar com o peso e houver espaço dentro, usar um autotransformador de 127 V para 110 V e ligar o original nele. É capaz de achar esse autotransformador já pronto em lojas.  Seria o mais barato na minha opinião.
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
Pedro Augusto
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 195

Obrigado
-Dado: 49
-Recebido: 20



« Responder #161 : 15 de Abril de 2021, as 17:54:08 »

Mande enrolar com a tensão de entrada mais adequada. 120v , ou 127v. Dependendo de qual tensão tem na sua região. Isso vai resolver todos os problemas.
 Smiley

Mandar reenrolar o transformador original é fora de questão em razão do trabalho e do custo (é o dobro do serviço: desmontar, desenrolar, rebobinar) só para aproveitar o núcleo, e tampa, talvez o carretel. Lembrando que o enrolamento primário geralmente é o mais interno.
Sai mais barato:
Opção 1: mandar fazer um novo transformador de força, já com o primário adequado para a sua rede elétrica.

Opção 2: mandar fazer um transformador só para os filamentos (mas com primário na rede e não nos 7 V do transformador original) e deixa o enrolamento de 7 V desligado. 

Opção 3: se não se importar com o peso e houver espaço dentro, usar um autotransformador de 127 V para 110 V e ligar o original nele. É capaz de achar esse autotransformador já pronto em lojas.  Seria o mais barato na minha opinião.

Irei verificar os valores cobrados para cada alternativa.
Se o amplificador fosse ficar comigo, compraria o transformador novo com o Alexandre.

Só testei esse transformador em tensão de 112V. Teria alguma chance de ligar em 220V e os filamentos ficarem com a tensão adequada? Acho que não, mas é melhor tirar a dúvida.
Como eu deveria fazer a ligação para o correto funcionamento em 220V?
Na foto abaixo, na parte de baixo, os fios do primário são os vermelho, azul (a foto está bem escura, mas o fio é azul), preto e marrom. Faço a união dos azul e marrom e ligo os vermelho e preto na rede 220V?

Spoiler (clique para mostrar ou esconder)
Registrado
A.Sim
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.233

Obrigado
-Dado: 82
-Recebido: 359



WWW
« Responder #162 : 15 de Abril de 2021, as 17:58:05 »

Coisa que a gente aprende convivendo com os pedreiros: um erro não conserta outro.

A solução está pronta, aqui; é só colocar o carretel na máquina. Mas por conta de economizar meia dúzia de pilas, o dono vai fazer gambiarra.

Eu não me importo de deixar de vender o transformador; o que eu acho detestável é a gambiarra.
Registrado

Transformadores Schatz
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)

- pelo retorno do tópico "Chinelagem" !
Matec
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.926

Obrigado
-Dado: 181
-Recebido: 836



« Responder #163 : 15 de Abril de 2021, as 18:55:52 »

Coisa que a gente aprende convivendo com os pedreiros: um erro não conserta outro.

A solução está pronta, aqui; é só colocar o carretel na máquina. Mas por conta de economizar meia dúzia de pilas, o dono vai fazer gambiarra.

Eu não me importo de deixar de vender o transformador; o que eu acho detestável é a gambiarra.

Perfeito! Grin
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.268

Obrigado
-Dado: 71
-Recebido: 2020


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #164 : 16 de Abril de 2021, as 00:47:09 »

Só testei esse transformador em tensão de 112V. Teria alguma chance de ligar em 220V e os filamentos ficarem com a tensão adequada? Acho que não, mas é melhor tirar a dúvida.
Como eu deveria fazer a ligação para o correto funcionamento em 220V?
Na foto abaixo, na parte de baixo, os fios do primário são os vermelho, azul (a foto está bem escura, mas o fio é azul), preto e marrom. Faço a união dos azul e marrom e ligo os vermelho e preto na rede 220V?

Você precisa descobrir se o primário é de um enrolamento só (ou seja os fios vermelho, azul, preto e marrom estão todos interligados entre si) ou se tem dois enrolamentos (o fio vermelho e o azul formam um enrolamento, e o fio preto e marrom formam outro enrolamento). Se tiver resistência infinita entre os fios preto e azul ou vermelho, então são dois enrolamentos separados de 110 V e nesse caso, para ligar em 220 V eles devem ser ligado em série, e para ligar em 110 V eles devem ser ligados em paralelo.  Se for um enrolamento só, então os fios são apenas tomadas intermediárias e podem ser de 110 V, 115 V (ou 120 V) e o último de 220 V.
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
Páginas:  1 ... 9 10 [11] 12   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.054 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal