Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 21 de Julho de 2024, as 01:08:43


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  [1] 2   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Diário da restauração de um Gianinni T3.  (Lida 11141 vezes)
mkslwsk
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 145

Obrigado
-Dado: 23
-Recebido: 44


« : 23 de Fevereiro de 2022, as 14:12:02 »

Boa tarde pessoal,

Recentemente adquiri um T3 "que liga mas não sai som direito" pelo valor de R$ 500.
A ideia inicial era aproveitar o chassi e eventualmente os transformadores para montar um outro projeto.

Porém assim que chegou, dado a condição em que se encontra e a quantidade de documentação aqui no fórum sobre este modelo (obrigado Matec mais uma vez) decidi ir para o caminho do restauro pois ao final certamente terei um amplificador excelente!

O amplificador aparentemente preserva grande parte dos componentes originais que obviamente terão de ser trocados, em especial os capacitores.

A ideia deste tópico é servir como um diário dessa restauração, que é a minha primeira. (Já fiz muito reparo e algumas construções do zero, mas restauro é a primeira vez).
Abaixo tem um link onde já coloquei algumas fotos da parte interna e conforme começar a desmontar tudo vou tirando mais fotos e escrevendo por aqui também Smiley

https://photos.app.goo.gl/AgsS844HGjPSp5Mf6


Fico a disposição para qualquer perguntas ou sugestões.
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.268

Obrigado
-Dado: 71
-Recebido: 2020


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #1 : 23 de Fevereiro de 2022, as 14:40:37 »

Você postou na seção/subfórum errada.
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
mkslwsk
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 145

Obrigado
-Dado: 23
-Recebido: 44


« Responder #2 : 23 de Fevereiro de 2022, as 15:40:53 »

Você postou na seção/subfórum errada.
Tem razão.
Se algum moderador puder mover para a seção correta eu agradeço.
Registrado
Matec
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.926

Obrigado
-Dado: 181
-Recebido: 836



« Responder #3 : 23 de Fevereiro de 2022, as 15:44:27 »

Transferido para o sub-fórum Lata Velha...
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.285

Obrigado
-Dado: 1906
-Recebido: 456



« Responder #4 : 23 de Fevereiro de 2022, as 16:44:00 »

Que macarronada bonita !  Cheesy

E alguém já andou mexendo nesse amplificador anteriormente...
Registrado

Ding-Ling things, low-cost = low protection! Nothing is foolproof
Matheus Halme
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 70

Obrigado
-Dado: 6
-Recebido: 18



« Responder #5 : 23 de Fevereiro de 2022, as 16:52:51 »

Que macarronada bonita !  Cheesy

E alguém já andou mexendo nesse amplificador anteriormente...

Aquele eletrolítico da Epcos tem a cara do Matec.... Ele é mojo hater  Cheesy Só fiquei na dúvida porque não vi nenhum transistor no meio....  Anjo

Brincadeiras a parte, que empreitada! Sucesso aí.
Registrado
mkslwsk
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 145

Obrigado
-Dado: 23
-Recebido: 44


« Responder #6 : 23 de Fevereiro de 2022, as 18:33:55 »

Que macarronada bonita !  Cheesy

E alguém já andou mexendo nesse amplificador anteriormente...

Sobre a macarronada, vou desmontar sem nem tentar ligar para evitar qualquer possibilidade de danos aos transformadores.
Vou tentar testá-los em separado e caso não seja possível atestar o correto funcionamento ou se identificar algum defeito vou enviar para que sejam recondicionados ou até mesmo vou colocar algum novo com as mesmas características.

E sobre alguém já ter mexido, acredito que até mais de uma vez pois os eletrolíticos "modernos" são de marca diferente e o padrão de instalação também. Nunca vi por exemplo alguém soldar o terminal negativo do capacitor ao chassi para dar sustentação mecânica ao mesmo  Shocked

Mas eu confesso que não pedi fotos da parte interna do amplificador antes de fechar o negócio, então foi uma surpresa até boa ver que não está tão ruim quanto poderia
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.285

Obrigado
-Dado: 1906
-Recebido: 456



« Responder #7 : 23 de Fevereiro de 2022, as 18:40:59 »

Sobre a macarronada, vou desmontar sem nem tentar ligar para evitar qualquer possibilidade de danos aos transformadores.
Vou tentar testá-los em separado e caso não seja possível atestar o correto funcionamento ou se identificar algum defeito vou enviar para que sejam recondicionados ou até mesmo vou colocar algum novo com as mesmas características.

Fez muito bem em não ligar por conta da questão transformador de força fabricado para 110V versus tensão atual em 127V. Supondo que você vá usar ligado em 127V, é lógico...
Registrado

Ding-Ling things, low-cost = low protection! Nothing is foolproof
Matheus Halme
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 70

Obrigado
-Dado: 6
-Recebido: 18



« Responder #8 : 23 de Fevereiro de 2022, as 20:21:41 »

Sobre a macarronada, vou desmontar sem nem tentar ligar para evitar qualquer possibilidade de danos aos transformadores.
Vou tentar testá-los em separado e caso não seja possível atestar o correto funcionamento ou se identificar algum defeito vou enviar para que sejam recondicionados ou até mesmo vou colocar algum novo com as mesmas características.

Com minha pouca e recente experiência com os valvulados, sem questionar a sua, obviamente, encaro esse pensamento de aproveitar os transformadores antigos como contraintuitivo!
Deixe me explicar, primeiro ponto é o que o boss abordou logo acima, provavelmente foram dimensionados para trabalhar em 110v. Segundo ponto, faz um tempo que assisti no canal do Silvio Pinheiro no YouTube uma live com o Roberto Leme da TRL transformadores, que sem querer puxar a sardinha para seu negócio, elucidou junto do Silvio o que acontece nos transformadores antigos: a degradação dos isolantes ao longo do tempo, falaram sobre o reaproveitamento de chapas envernizadas, sobre os diferentes níveis tecnológicos e de qualidade na produção dos componentes utilizados, a questão de maior impacto monetário (a hora do técnico que produz o transformador), faixa de resposta de áudio, entre tantas outras…. Eu particularmente sou um exímio reaproveitador do que posso nesse mundo handmaker, mas depois dessas vivências que absorvi dessas e outras referências no assunto, constatei que não é tão simples e óbvio reaproveitar esses itens que certamente têm grande peso financeiro e influência no resultado do seu trabalho. Certamente é muito bom poder fazer valer seu investimento e encontrar essas peças em bom estado, mas deixo aqui minha sincera reflexão sobre o assunto. No mercado nacional e mesmo aqui no fórum temos profissionais que produzem transformadores com qualidade muito acima do que era financeira e tecnicamente possível na época desses amplificadores clássicos, acho muito válido levar isso em conta! Vamos valorizar esses profissionais e girar a roda da economia! E se tiver oportunidade, assista a live lá no canal do Silvio.  Legal!
« Última modificação: 23 de Fevereiro de 2022, as 20:51:13 por Matheus Halme » Registrado
mkslwsk
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 145

Obrigado
-Dado: 23
-Recebido: 44


« Responder #9 : 24 de Fevereiro de 2022, as 10:49:13 »

Fez muito bem em não ligar por conta da questão transformador de força fabricado para 110V versus tensão atual em 127V. Supondo que você vá usar ligado em 127V, é lógico...
Na verdade minha preocupação maior é com o risco de algum curto já que visualmente constatei alguns fios esmaltados "puxados" de dentro do transformador sem qualquer proteção e não inspecionei o circuito da fonte para saber se não há curtos por ali também.
Vou fazer os testes dos transformadores com um Variac e uma lâmpada em série, assim consigo controlar a tensão e me resguardar de qualquer curto no transformador.

a degradação dos isolantes ao longo do tempo

No mercado nacional e mesmo aqui no fórum temos profissionais que produzem transformadores com qualidade muito acima do que era financeira e tecnicamente possível na época desses amplificadores clássicos
Suas observações batem com as minhas Smiley
Provavelmente estes transformadores ainda que estejam usáveis devem estar próximos do fim da vida devido ao desgaste causado pelo tempo e pelo estado de conservação.
E sobre os fabricantes nacionais, apoio totalmente. Ainda não tive a oportunidade de utilizar os transformadores TRL, mas já utilizei os de saída Smithers em 2 projetos e força/saída/choke Schatz em vários projetos novos e substituições.
Registrado
darkislanio
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 773

Obrigado
-Dado: 225
-Recebido: 156


Electronic Mess


« Responder #10 : 24 de Fevereiro de 2022, as 11:16:47 »

Provavelmente estes transformadores ainda que estejam usáveis devem estar próximos do fim da vida devido ao desgaste causado pelo tempo e pelo estado de conservação.
E sobre os fabricantes nacionais, apoio totalmente. Ainda não tive a oportunidade de utilizar os transformadores TRL, mas já utilizei os de saída Smithers em 2 projetos e força/saída/choke Schatz em vários projetos novos e substituições.
Eu diria que hoje temos à disposição transformadores melhores que os nacionais disponíveis na época. Claro, isso não vale para qualquer fabricante.
Registrado

"I'm always around, cause this is a lonesome town. But then again, all towns are lonesome."
mkslwsk
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 145

Obrigado
-Dado: 23
-Recebido: 44


« Responder #11 : 24 de Fevereiro de 2022, as 11:35:38 »

Acabei de adicionar umas fotos a mais do transformador de força e do choke.

O choke tem um aspecto de um capacitor eletrolítico quando "vaza". Vou medi-lo ainda para ver se a indutância está próxima do valor que deveria ser. Parece ser o original e possui todas as marcações do fabricante, mas talvez já não esteja bom pois além de velho tem uma marca de que ficou comprimido contra um parafuso e pode estar danificado ali.

O transformador de força está com as chapas bastante enferrujadas e parece que já foi "aberto" para serem refeitas as emendas dos fios. Ele também não possui as canecas originais ou qualquer marcação do fabricante. Na verdade está com cara de que foi rebobinado (o papel do isolante parece novo) ou foi trocado por completo por um "equivalente".
Registrado
Matheus Halme
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 70

Obrigado
-Dado: 6
-Recebido: 18



« Responder #12 : 24 de Fevereiro de 2022, as 11:45:05 »

Ainda não tive a oportunidade de utilizar os transformadores TRL, mas já utilizei os de saída Smithers em 2 projetos e força/saída/choke Schatz em vários projetos novos e substituições.

Vale a pena orçar com esses e outros fabricantes respeitados, com uma pesquisa rápida você encontra inclusive kit já desenvolvido para substituição desse projeto! Depois das últimas fotos, essa opção é ainda mais acertada  Palmas

Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.285

Obrigado
-Dado: 1906
-Recebido: 456



« Responder #13 : 24 de Fevereiro de 2022, as 13:17:31 »

Não vale a pena continuar com os transformadores originais. A aquisição de novos é mandatória
Registrado

Ding-Ling things, low-cost = low protection! Nothing is foolproof
A.Sim
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.233

Obrigado
-Dado: 82
-Recebido: 359



WWW
« Responder #14 : 24 de Fevereiro de 2022, as 13:58:53 »

Eu diria que hoje temos à disposição transformadores melhores que os nacionais disponíveis na época. Claro, isso não vale para qualquer fabricante.

Maior verdade. O material melhorou muito em 50 anos. Hoje temos fios esmaltados com isolamento que suporta vários kV até romper a isolação ( sem eles muito transformador nacional não iria durar uma semana... ), isolantes de qualidade muito superior ao papel que era usado antigamente e lâminas completamente planas com estamparia "perfeita". As maiores deficiências ficam sendo as ferragens, ainda muito toscas, e os carretéis que têm umas dimensões meio fora de bitola para as lâminas às quais eles se destinam.
« Última modificação: 24 de Fevereiro de 2022, as 14:22:04 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)

- pelo retorno do tópico "Chinelagem" !
Páginas:  [1] 2   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.053 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal