Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 15 de Dezembro de 2019, as 01:59:52


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  1 [2] 3 4 ... 29   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Fonte de alimentação.  (Lida 101353 vezes)
tjeffects
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 202


O silêncio é um amigo que nunca trai.


« Responder #15 : 11 de Março de 2012, as 22:10:57 »

Muito bom material muito util mesmo  Legal!
mas em relaçao ao transformador que esta no pdf que é de 500mA
pode ser um valor acima por exemplo 2A, 3A talvez porque
eu to querendo uma fonte boa para colocar no meu futuro case e to em duvida
quanto a esta e a do tonepad com regulador lm317
Qual seria melhor? Embarrassed
Registrado

Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta. Albert Einstein
fvinicius
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 58



« Responder #16 : 11 de Março de 2012, as 22:15:49 »

Muito bom material muito util mesmo  Legal!
mas em relaçao ao transformador que esta no pdf que é de 500mA
pode ser um valor acima por exemplo 2A, 3A talvez porque
eu to querendo uma fonte boa para colocar no meu futuro case e to em duvida
quanto a esta e a do tonepad com regulador lm317
Qual seria melhor? Embarrassed
Depende do regulador que for usar.
Aqueles 78xx de plástico se não me engano aceitam até 1.0 A.
Já os que tem o dissipador de metal nele acredito que possa ultrapassar os 1000 mA de corrente.
No datasheet deles deve ter alguma informação a respeito.
Edit:
O LM317 parece que aceita 1.5 A.
http://www.national.com/mpf/LM/LM317.html#Overview
« Última modificação: 11 de Março de 2012, as 22:19:05 por fvinicius » Registrado
Lamer
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.628


« Responder #17 : 12 de Março de 2012, as 15:05:03 »

Série 78xx e 79xx aceita apenas 1A acima deste valor ele queima, para corrente acima de 500mA, é necessário usar o dissipador pois ele necessitará dissipar energia (calor).

Para aplicações com 78xx, envolvendo correntes maiores que 1A deve-se usar a configuração do vídeo!

http://www.youtube.com/watch?v=KMYCV7YEur0

Abraço e divirta-se!
Registrado
GrAmorin
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 3.355



WWW
« Responder #18 : 12 de Março de 2012, as 19:44:51 »

Inicialmente agradeço os comentarios de todos. 

...eu ja tinha visto esse tipo de fonte em circuitos daqueles radios antigos
tipo 3 em 1 bem interessante...
Como eu disse, é uma fonte comum, nada de misterio ou mirabolante, apenas uma configuração comum, mas nao tão comum de se ver nas fontes convencionais.
Geralmente, aparelhos mais antigos, aparelhos grandes, ou de marcas boas, usam esses esquema.

Como dito pelo A.Sim, muitos circuitos funcionam muito bem sem os capacitores... como por exemplo um circuito que acione rele, lampadas, leds, e muitos outros.
Mas em outros tipos farão grande diferença.
Sabe como as cosas são, principalmente hoje em dia... talvez passaram a eliminar esses capacitores por questão de reduçao de custo de produção...  por isso passou a não ser comum ver este tipo de configuração nas fontes.

Pena que já iniciei a montagem da minha fonte recentemente.
Não tem problema algum ja ter iniciado a montagem da sua fonte.
Como disse, o segredo esta nos capacitores em paralelo aos diodos.
Basta coloca-los.

A proposito, não precisa montar a fonte toda que postei.
Caso ja tenha uma fonte, apenas adicione os capacitores como esta nos esquemas eletricos.
Por isso fiz esquemas para transformadores de 2 fios e transformadores de 3 fios, para que adaptem nas suas fontes.

...Adorei teu material. Vai ajudar muita gente.
Eduardo, seus materias são sempre excelentes e extraordinarios tambem.
Meu proposito foi em compartilhar o mesmo prazer que tenho ao ligar meus equipamentos e nao ouvir ruidos.
Coisa que creio que ninguem goste.

Alguns circuitos funcionam muito bem sem os capacitores e outros não. Telefones sem-fio necessitam, senão, a ligação tem zumbido de fundo. Já as secretárias eletrônicas, não...

Quem sabe, alguém esclarece o mistério...
Legal voce ter explanado isso.
Como dito um pouco acima, circuitos simples como acionadores de reles, leds, etc... nao fara diferença.
Em audio teremos os ruidos... mas serao mais perceptiveis em circuitos maiores (mais potentes) ou que tenham alto ganho, como pedais de drivers...

Em transmissores... nem quero comentar.
Para quem ja montou aqueles transmissores de FM ou AM, ou PX e similares, sabe a diferença em usar bateria e usar fonte.

Por isso telefones sem fios precisam ter esses capacitores nas fontes.
Obviamente não deixando esquecer que um telefone sem fio é um transmissor...

Quem mexe com transmissores, radio amador (PX) sabe explicar bem o porque...
Tem uma certa relaçao com riplle, isolamento, conversão de AC-DC, desacoplamento...

Se eu fosse explicar um pouco disso, não saberia como fazer em poucas palavras, então fica melhor sendo alguem com mais experiencia nisso.

...mas em relaçao ao transformador que esta no pdf que é de 500mA
pode ser um valor acima por exemplo 2A, 3A talvez porque
eu to querendo uma fonte boa para colocar no meu futuro case e to em duvida
quanto a esta e a do tonepad com regulador lm317
Qual seria melhor? Embarrassed

O Valor de 500mA foi apenas uma sugestão. Pode usar a corrente que quiser.
Mas não se esqueça de usar componentes compativeis, como por exemplo os diodos.

Se for para usar só para pedais, dependendo quantos, não recomendo fontes com correntes tão alta.
Até tenho certos motivos para recomendar isso.

Sobre qual fonte ser melhor, isso vai de acordo com a nescessidade.
Esta que postei usa o minimo possivel de componentes, mas com efetiva redução-eliminação dos indesejados ruidos.

Registrado

tjeffects
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 202


O silêncio é um amigo que nunca trai.


« Responder #19 : 12 de Março de 2012, as 22:18:59 »

Sim amorin é pra usar so em pedais mesmo mas é porque pra colocar no case prescisa ser uma fonte
so por causa do espaço entao a fonte tinha que aquentar uns 7 ou oito pedais simultaneos
com um transformador de 1A sem alterar os componentes acho que da pra suportar isso nao da? Legal!
valeu galera!
Registrado

Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta. Albert Einstein
GrAmorin
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 3.355



WWW
« Responder #20 : 13 de Março de 2012, as 11:59:52 »

... com um transformador de 1A sem alterar os componentes acho que da pra suportar isso nao da?
E de sobra...
A grande maioria dos pedais consomem em media menos de 20mA (analogicos) e geralmente ate 100mA nos digitais.
Mas quase sempre os digitais consomem na faixa de 60mA a 80mA, um ou outro consumira mais que isso.
Nos analogicos o maior responsavel pelo consumo é o led.
No meu set, costumo usar em media 8 pedais, mas as vezes o set tem 12 pedais, eu uso uma fonte de 500mA, e não tenho nenhum problema.

Observe que a PS8 é para ate 8 pedais, e a corrente dela é 500mA.
Ja vi bastantes lugares, ate em site gringo, e algumas pessoas bem conhecida e renomadas la fora, recomendar 100mA para cada pedal.
Sinceramente não sei e não vejo a logica disso, ja que o pedal consome bem menos.
Alias, caso esses façam manutenção ou modificaçoes, ate entendo a logica deles sim... $$$

Porque digo isso?
Vou relatar 2 casos como referencia, um não tem relação com pedais ou musica, mas ainda esta em eletronica, o outro é diretamente em relaçao a pedais.

Um amigo meu viajou e quando voltou esqueceu a fonte de seu Super Nintendo (video game em alta na epoca), como ele não vivia sem ele, me pediu para adaptar outra fonte, na verdade, pediu para soldar um par de fio. Como era muito amigo, e ele só não fez isso porque nao tinha a chave para abrir, fiz o que pediu.
Ele usou uma fonte de PX (radio amador) de 5 ou 8A.
Como a alimentaçao ia direto a um regulador, nao haveria problema em relaçao a voltagem de 12V (2 a mais que a original).
Ele usou um certo tempo assim, ate pegar a fonte original de novo.
Quando pegou a fonte original, o video game ja nao funcionava com ela.
Ele achou que era problema na fonte, ja que o video game funcionava perfeitamente com a fonte do PX.
Testei a fonte em um video game disponivel, a fonte funcionou normal.
Invertemos a fonte para testar, e com a outra fonte tambem não funcionava.

2° caso.
Por algum tempo usei uma fonte de 1A para 1 pedal digital (delay), que nativamente consumia 65mA, e depois passei a usar em mais outros 2 pedais (outro deles era digital tambem).
Depois de um certo tempo, os pedais digitais passaram a ter um consumo maior, o de 65mA passou a consumir mais de 80mA.

Um terceiro caso, que é ate multiplos...
Varios pedais que ja peguei para fazer manutenção, os digitais, que os donos usam uma fonte de 1A em media, todos tem consumo maior que o consumo nativo, ou consumo especificado no manual.

Em analogicos não apresenta este sintoma, mas em digitais, a longo prazo, passa a ter este sintoma. E digo mais, é irreversivel, a unica forma de reparar isso é trocando os CIs.

Então deixo a recomendação, não use uma fonte muito "violenta" para os pedais.
Calcule o consumo maximo de ambos pedais, e use uma fonte com esta faixa de corrente.
Observando que o consumo especificado, é consumo maximo em media, e nem todos pedais constuma estarem acionados ao mesmo tempo.
Registrado

tjeffects
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 202


O silêncio é um amigo que nunca trai.


« Responder #21 : 13 de Março de 2012, as 20:25:33 »

GrAmorin mais uma vez valeu pelas dicas vou colocar um transformador em torno de 600mA qualquer coisa depois troco
o transformador e resolvo o problema.
ainda vou decidir qual das fontes vou fazer.
Registrado

Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta. Albert Einstein
Tiarlei Crist
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.745

Acidente ñ acontece p acaso obra d destino ou azar


« Responder #22 : 13 de Março de 2012, as 21:39:35 »

Bem intrigante isso heim GrAmorin?
Registrado
felix
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2.819



« Responder #23 : 13 de Março de 2012, as 22:10:35 »

Na verdade uma vez estava lendo sobre como certos sistemas se comportavam com "abundância" de correntes, se o sistema digital for mal projetado ele pode ter uma abertura cada vez maior.

Algo nos "chaveamentos" iniciais, ao ligarmos os componentes digitais, quando a tensão entra no sistema existem diversos mini curtos entre cargas antigas e as atuais nas CIs, transistores e capacitores, sendo que esses mini curtos, com correntes mais "abundantes" por parte da fonte de energia, podem ser maiores, logo os componentes sensíveis vão ficando com cicatrizes.

Se estivermos falando de sistemas que costumam a acumular energia parasitaria como computadores e pedais digitais, o problema pode ser maior.

Por exemplo em uma fonte de 9v 200ma uma resistência de 100 ohms demora uns 50 segundos para aquecer, em minha fonte de 2A em 5 segundos ela ferve.

Nunca entendi muito bem, mas continuo seguindo a regra de fontes com 1.5x o consumo máximo do sistema, tanto para pedais quanto para computadores.

 
Registrado

Peças e componentes para montagem de pedais:
http://www.handmades.com.br/forum/index.php?topic=3251.0
Patines
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.500



« Responder #24 : 13 de Março de 2012, as 22:11:06 »

Bem intrigante isso heim GrAmorin?

Talvez exista explicação nesta revista!!
http://www.handmades.com.br/forum/index.php?topic=3263.msg70910#msg70910

T+
Registrado
RenatoBrandão
Visitante
« Responder #25 : 14 de Março de 2012, as 19:34:37 »

Bom,
« Última modificação: 16 de Julho de 2016, as 22:26:26 por RenatoBrandão » Registrado
GrAmorin
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 3.355



WWW
« Responder #26 : 14 de Março de 2012, as 21:52:58 »

... ao ligarmos os componentes digitais, quando a tensão entra no sistema existem diversos mini curtos entre cargas antigas e as atuais nas CIs, transistores e capacitores, sendo que esses mini curtos, com correntes mais "abundantes" por parte da fonte de energia, podem ser maiores, logo os componentes sensíveis vão ficando com cicatrizes....

É por ai mesmo...

Sabemos que um sistema digital é baseado em 0 e 1 (resumidamente).
Na pratica, para termos isso, acontece varios (leia-se milhares ou milhões) "curto-circuitos" em fraçoes de segundos.

O que acontece se excedermos a corrente de um transistor?
Queima, não é?
Na verdade ele vai entrar em curto.
É mais ou menos o que acontece com os circuitos digitais.
Se forem alimentados com uma corrente muito alta, aos poucos ele começa a ir entrando em curto.
Por isso passa a consumir mais corrente, e não tem reveresão.

Por este motivo os circuitos digitais, mais especificamente pedais, rotineiramente queimam certos CIs (do setor digital).
Coisa que não acontece nos sistema que ja tem fonte imbutida, como por exemplo racks, e pedaleiras com fonte interna.
Essas fontes fornecem a corrente nescessaria, sem excessos.

Digo isso, baseado em experiencia de varios anos fazendo manutenção nestes tipos de aparelhos.
O que comprova este relato, é que nestes anos todos, nunca sequer vi um rack, ou pedaleira que use fonte interna, queimar algum CI do setor digital.
Do outro lado, ja tive muita pena de ver muitos pedais, varios ate raros, com os CIs principais queimados, alguns apresentavam ate fissuras, trincados, e ate pedaços faltando.

Talvez exista explicação nesta revista!!
Vendendo o peixe!  Cheesy
Mas sabe que chei legal estas revistas.
Não tinha visto o topico antes.
Confesso que me interessei  Roll Eyes

Bom, é a primeira vez que escrevo por aqui...
Seja bem vindo 

Sobre suas duvidas:
Citar
...existe voltagem na parte externa do transformador quando ligado? pois vou montar dentro de uma caixa de metal e queria saber se posso aparafusa-lo a caixa ou se tenho que isola-lo.
O GND na saída do circuito da fonte tenho que conecta-lo a caixa de metal? Undecided
Nao sei se voce refere ter tensão na carcaça.
Em condições normais não.
Pode parafusa-lo na caixa de metal tranquilamente.
Ate é recomendavel ligar o GND na caixa metalica.

Citar
No projeto deste topico na versão com dois reguladores, a saída + da primeira parte do circuito é conectada simultaneamente a entrada dos dois reguladores?
Sim.
Registrado

RenatoBrandão
Visitante
« Responder #27 : 15 de Março de 2012, as 02:52:23 »

Bom
« Última modificação: 16 de Julho de 2016, as 22:36:09 por RenatoBrandão » Registrado
IDN
Visitante
« Responder #28 : 15 de Março de 2012, as 07:05:38 »


Mas nesta madrugada, estudando um pouco mais este componente o transformador me surgiu uma outra duvida, como fazemos para saber a tensão de saída de um transformador com dois fios no secundário?
Suponho que para fazer esse teste temos que usar o mutimetro na escala de corrente alternada, mas pensei que poderia quebrar meu mutimetro porque os dois fios do secundário são +, e as medições de corrente alternada que eu fiz até então foram na tomada onde temos um + e um - Undecided

Fico agradecido se alguem puder me ajudar!

Para medir corrente alternada não se preocupe com polaridade do multimetro, pois como o nome diz, a corrente esta alternando de polaridade todo o tempo, pela frequencia você sabe quanto, por exemplo, 60 Hz significa que ela alterna de polaridade 60 vezes em 1 segundo.

e para corrente continua, a inversão de polaridade vai apenas fazer o multimetro digital mostrar um sinal "-" na frente do valor, isso indica que a polaridade é invertida em relação a posição das pontas de prova.

espero que esclareca sua duvida, abraço
Registrado
Patines
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.500



« Responder #29 : 15 de Março de 2012, as 10:01:00 »

Confesso que me interessei  Roll Eyes

Citar
...existe voltagem na parte externa do transformador quando ligado? pois vou montar dentro de uma caixa de metal e queria saber se posso aparafusa-lo a caixa ou se tenho que isola-lo.
O GND na saída do circuito da fonte tenho que conecta-lo a caixa de metal? Undecided
Nao sei se voce refere ter tensão na carcaça.
Em condições normais não.
Pode parafusa-lo na caixa de metal tranquilamente.
Ate é recomendavel ligar o GND na caixa metalica.


A  carcaça metálica de equipamentos que utilizam energia elétrica deve estar ligada no aterramento de proteção (NBR 5410) da rede elétrica.. ou deveria ser isso sempre, segundo as normas brasileiras.  Isso porque, no caso de acidente com uma fase encostando na carcaça, imediatamente os dispositivos de proteção atuariam levando à procura do defeito e evitando que o usuário leve um choque mortal ao tocar no aparelho.  Será que alguém nesse fórum já levou um choque no computador??  Se sim, é porque não existe terra de proteção na sua instalação.

É bom ter em mente  que ligando o GND(negativo da fonte)  à carcaça estamos ligando o negativo da fonte ao aterramento geral da rede elétrica...  se tudo estivesse correto.   Seguindo estas normas, sempre que ligamos o GND de dois aparelhos que tem o negativo aterrado e ligado à carcaça, estaremos gerando um loop de terra.  Por exemplo ligando o computador a uma pedaleira com a fonte com GND aterrado.  A solução para isso seria isolação galvanica entre o sinal de áudio ao computador.

Muitas  vezes a equipotencialização, proteção e eliminação de ruídos não são muito bem compatíveis.  Por isso não existe formula de bolo.

Abraços, T+
Registrado
Páginas:  1 [2] 3 4 ... 29   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.222 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal