Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 15 de Junho de 2019, as 23:56:33


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  [1] 2 3 ... 15   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Bilé Nervoso - Fonte para prés valvulados  (Lida 46482 vezes)
Eduardo
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 3.691


Paricipe da World Community Grid!


WWW
« : 11 de Março de 2012, as 10:16:06 »

Oi Pessoal

O Plautz e eu estamos lançando o projeto do Bilé Nervoso. É um conversor CC-CC para alimentar prés valvulados a partir de um transformador simples de 9V ou 12V. Alternativamente o circuito pode operar com pilhas ou baterias, conforme a foto!



As tensões de saída do projeto como divulgado são de 160V na alta e 6,2V na baixa. Alterando-se os valores dos resistores R5 e R6 e o zener Z1, pode-se conseguir qualquer valor de tensão. Com um zener de 12V, R5 de 1M e R6 de 56K, a saída fica em 250V. Na baixa tensão a saída é igual a tensão do zener.

O circuito foi testado com várias cargas diferentes e se mostrou bastante adequado para alimentar duas válvulas 12AX7 ou outras de mesmo consumo. Vejam o PDF aqui!

Bilé Nervoso

Abraços

Eduardo
« Última modificação: 20 de Maio de 2012, as 16:00:51 por Plautz » Registrado

Obsoleto é filho do Custo, não da Melhoria.
Chris
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.821


Shut Up 'n Play Yer Guitar!


« Responder #1 : 11 de Março de 2012, as 11:09:18 »

Excelente  Legal! Palmas Bravo
Registrado

Shut Up 'n Play Yer Guitar!
Alex Frias
DIY Freak
******
Offline Offline

Mensagens: 7.646


Flanelinhas, cuidado!!!


« Responder #2 : 11 de Março de 2012, as 11:13:17 »

Parabéns a vocês pela empreitada e pelo resultado!!! Bravo
Registrado

"TicoTicoCá, TicoTicoLá..."
Pagão e feliz!!
Epron
Visitante
« Responder #3 : 11 de Março de 2012, as 11:57:28 »

Nossa! Gostei muito!
Voces se superaram! Era exatamente isso que eu tava precisando. hehe
O circuito ta muito bem feito!

Parabéns a equipe!

Abçs!
Registrado
Patines
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.504



« Responder #4 : 11 de Março de 2012, as 11:59:39 »

Quando for montar algum valvulado vou direto neste arquivo.  Muito obrigado por mais uma criação.

Abraços, T+
Registrado
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.710



« Responder #5 : 11 de Março de 2012, as 12:01:14 »

Ficou muito legal o trabalho, Eduardo e Plautz! Vindo de vocês tenho certeza de que deve funcionar à perfeição.

Mas tem uma dúvida que sempre me vem à cabeça quando eu vejo estas alternativas de alimentação para valvulados:

Qual a real vantagem?

Não é o espaço, porque o circuito é maior do que seria ocupado pelo "segundo transformador invertido" (ao menos em área).

Imagino que não vá ser o custo,  porque a maioria vai acabar comprando as lâmpadas sugeridas para canibalizar as peças, e isso vai custar o mesmo que o "segundo transformador invertido".

Confiabilidade poderia ser um motivo, mas convenhamos, muitos já montaram o esquema de dois transformadores com resultados adequados.

Não quero que vocês pensem que eu estou jogando "areia na farofa". Eu me acostumei a fazer estas perguntas chatas porque, na empresa onde eu trabalho, uma parte do meu tempo é dedicada a conter o excesso de otimismo dos meus colegas (ou seja, eu sou aquele "pessimista profissional irritante mas necessário" que enxerga e ajuda a evitar potenciais problemas...).
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
FRED
Freqüente
**
Offline Offline

Mensagens: 434


« Responder #6 : 11 de Março de 2012, as 12:14:57 »

 Acredito eu que, modificações no circuito e substituições dos transistores podem possibilitar a utilização em powers valvulados, e acredito também que esse seja o próximo passo dos idealizadores do projeto. Além do mais, o circuito é mais versátil do que o esquema com dois transformadores, visto que a tensão de saída pode ser modificada. Existe a possibilidade de se controlar essa tensão de saída, através de um potenciômetro, e substituição do zener (talvez algumas chaves)? Seria (na verdade, já é) um excelente instrumento de bancada.
Registrado
Adiel
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.154


Resistance is futile, if <1R


WWW
« Responder #7 : 11 de Março de 2012, as 12:22:32 »

Parabéns pelo projeto!!   Legal! Legal! Legal!
Registrado

Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.710



« Responder #8 : 11 de Março de 2012, as 12:23:55 »

Como instrumento de bancada não há dúvidas de que este circuito é muito melhor que dois transformadores! Estava pensando em aplicações "end user" (ou seria "end handmaker"?)...
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
plautz
Visitante
« Responder #9 : 11 de Março de 2012, as 12:51:57 »

Realmente não dá pra entender.

Houve um monte de questionamentos no outro tópico, e volta e meia tem gente que pergunta se é possível a alimentação de pequenos valvulados a partir de fontes simples.

Quase cinco meses de trabalho e testes para chegar a esse resultado e tem gente que não vê vantagem?

Vamos lá:

1) A mais notória: peso. Imaginando um pedal como o HotBox ou o ValveCaster, só de colocar dois transformadores nele já o transforma em um baita tijolo. Com esse circuito, alterando-se a tensão, é possível alimentar esses pedais a partir da fonte comum de 9V que todo mundo tem na pedaleira;

2) Vejamos o Baby Wonder. O transformador de força custa R$ 55,00. Se houver necessidade de comprar a lâmpada, as duas não sairão por mais de R$ 12,00. As peças restantes devem sair mais ou menos por ai. Com cerca de R$ 25,00 monta-se o circuito e economiza-se R$ 30,00. (O circuito foi testado com o Baby Wonder, mas não é recomendado ainda, pois o indutor sofre pela alta corrente. Estamos tentando achar uma maneira de contornar facilmente isso).

3) Eficiência. O circuito apresentado tem eficiência maior do que os transformadores invertidos (Eduardo, me corrija se estiver errado, pois aqui tenho dúvidas).

A utilização em powers valvulados é desaconselhada. Testei o circuito com um amplificador composto por uma 12AX7 e duas ECL82 e saiu fumaça do indutor da parte dos filamentos. Esqueçam essa idéia, por enquanto, de alimentar power valvulados com ele.

Eu tinha pensado também em colocar um trimpot para ajustar a tensão, mas ao consultar o Eduardo sobre isso, ele me respondeu o seguinte:

Citar
Sua sugestão de colocar um trimpot é viável até certo ponto. Diminuir R5 faz cair a eficiência do circuito, pois aumenta a corrente drenada para o zener. O ideal é manter o mínimo possível de corrente no zener. O trimpot deveria ser colocado em série com R6, mas se der zica nele, a tensão vai para as alturas e pode estourar capacitores para todo lado.

Ou seja, por segurança, é melhor não colocar trimpot nem potenciômetro.

O circuito foi desenhado para alimentar circuitos com uma ou duas válvulas com baixo consumo. Por exemplo, eu irei montar o pré com 6BQ7 que o Kem postou, e adivinhem como vou alimentá-lo?

Abraços.
Registrado
Marcus Vinícius
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 912



WWW
« Responder #10 : 11 de Março de 2012, as 13:33:50 »

Poderia usar o Bilé Nervoso para alimentar aquele meu projeto de pré que te mostrei por MP mestre?

Alias parabéns por mais uma vitória, vale acrescentar que muito provavelmente, por muitas vezes
vocês devem ter deixado de lado a cerveja, o trabalho e outros compromissos, mas ver o resultado
é gratificante!

Abraço e Obrigado!
Registrado

HandMaker Colaborador em treinamento! Me desculpe se não te ajudei ou pareço redundante!
viagem_mental
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.590



« Responder #11 : 11 de Março de 2012, as 13:43:26 »

Sensacional!  Bravo

Se os mestres acharem que vale a pena, irei adaptar e divulgar no site três prés para usar com esse Filé... quero dizer esse Bilé Nervoso: Fender Twin, Vintage Voyage Preamp e o Hotbox.

Abraços!
Registrado

Guitar Craft
plautz
Visitante
« Responder #12 : 11 de Março de 2012, as 13:59:49 »

Poderia usar o Bilé Nervoso para alimentar aquele meu projeto de pré que te mostrei por MP mestre?

Alias parabéns por mais uma vitória, vale acrescentar que muito provavelmente, por muitas vezes
vocês devem ter deixado de lado a cerveja, o trabalho e outros compromissos, mas ver o resultado
é gratificante!

Abraço e Obrigado!

Dá sim, mas você tem que tirar as retificações que tem nele pois não serão mais necessárias.

Mas alimente o pré com o Bilé!
Registrado
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.710



« Responder #13 : 11 de Março de 2012, as 14:12:23 »

Calma, Plautz, não precisa ficar bravo!

Eu não critiquei o projeto (ao contrário, elogiei, está lá na primeira frase do meu post), e sei o trabalho que deu para fazê-lo tão detalhado.

Eu nunca tinha tentado entender a vantagem neste tipo de circuito porque nunca havia me interessado por nenhum. Até o momento, em que vocês publicaram algo factível e bem explicado. E, no meu caso, é justamente quando vejo algo que me parece bacana que minha "mente paranóica" começa a suscitar perguntas que às vezes irritam os autores. Acredite, se eu tivesse achado o negócio ruim, não teria cutucado...
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
plautz
Visitante
« Responder #14 : 11 de Março de 2012, as 14:17:01 »

Liga não, eu sou assim mesmo.

E se você não tivesse falado muito provavelmente eu não teria elencado aquelas vantagens lá. Então obrigado!  Legal!

Abração.
Registrado
Páginas:  [1] 2 3 ... 15   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.24 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal