Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 06 de Dezembro de 2019, as 22:28:52


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  1 ... 34 35 [36] 37 38 39   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Como enrolar transformadores  (Lida 136518 vezes)
kem
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Mensagens: 4.694



« Responder #525 : 11 de Dezembro de 2018, as 00:21:22 »

Ponte com certeza é mais eficiente.
Registrado

I don't want to die young...
I want to diode!
Questão
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 72



« Responder #526 : 11 de Dezembro de 2018, as 06:29:50 »

Ponte com certeza é mais eficiente.

Não creio. Você terá um diodo a mais pra dissipar energia. Se usar fios bem dimensionados o com tap será mais eficiente, embora mais dispendioso.
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.704



« Responder #527 : 11 de Dezembro de 2018, as 07:38:33 »

Enrolar transformadores com fio 35 AWG de forma artesanal é pedir pra passar raiva  Batendo Cabeça
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.490


« Responder #528 : 11 de Dezembro de 2018, as 07:42:36 »

Segundo a tabela postada pelo xformer, a ponte tem uma perda maior de energia (corrente). Mas, para quem for enrolar os próprios transformadores, é melhor mesmo. Como fiz os cálculos na pressa, não lembro dos números exatos, mas deu uma diferença de cerca de 2700 voltas de fio 35 (para retificação por onda completa com dois diodos) contra cerca de 1400 voltas de fio 33 (para retificação com ponte e com a corrente corrigida para compensar as perdas). Além da diferença grande no número de voltas, o fio mais fino é muito mais difícil de achar - por aqui, qualquer fio já é dificílimo de achar - e, consequentemente, mais caro também.

-----
Enrolar transformadores com fio 35 AWG de forma artesanal é pedir pra passar raiva  Batendo Cabeça
O fio mais fino que peguei na mão e sabia a bitola é o 32. Esse ainda vai tranquilamente para enrolar de forma artesanal. Mas olhando o diâmetro do fio 35 na tabela, não quero ter a experiência de usá-lo não  Toma na CabeçaCheesy
« Última modificação: 11 de Dezembro de 2018, as 07:46:39 por marcao_cfh » Registrado
Electric Effects
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.914



WWW
« Responder #529 : 11 de Dezembro de 2018, as 09:07:46 »

Se for de seu interesse dê uma lida nesse artigo, eu fiz um resumo dele também se quiser. Contém alguns erros, mas é fácil identificá-los.

Ele explica aquela imagem do xformer melhor.

http://www.introni.it/pdf/Motorola%20-%20Rectifier%20Applications%20Handbook.pdf
Registrado

Membro do Núcleo de Pesquisa em Eletrônica de Potência - NUPEP - UFU
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.490


« Responder #530 : 11 de Dezembro de 2018, as 09:46:34 »

Nossa, que material interessante! Já vou deixá-lo salvo no celular para leitura no colégio, vou ter várias brechas de horários vagos nesses dias. Se puder compartilhar o resumo, é bem vindo também.
Registrado
Electric Effects
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.914



WWW
« Responder #531 : 11 de Dezembro de 2018, as 11:53:38 »

https://drive.google.com/file/d/1qZXoBNo1ld-FUZejsrIlMj0OAaAtzRAG/view?usp=sharing

Aqui está.
Registrado

Membro do Núcleo de Pesquisa em Eletrônica de Potência - NUPEP - UFU
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.490


« Responder #532 : 11 de Dezembro de 2018, as 16:29:21 »

Muito obrigado!
Registrado
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.490


« Responder #533 : 26 de Abril de 2019, as 00:01:41 »

Bobinadora manual barata e improvisada que montei essa semana:


Basicamente, é um molinete de pesca acoplado a um eixo rosqueado. A cada volta da manivela, o eixo dá 5 voltas. Como contador de voltas, estou usando uma calculadora com uma chave reed soldada aos contatos do botão de = na calculadora, e um ímã preso ao molinete aciona a chave a cada volta.

Como já relatado, a calculadora como contador apresenta falhas. A posição do ímã e chave reed deve ser definida após vários testes. Além disso, após certa velocidade, a chave reed não consegue responder precisamente à aproximação do ímã, "pulando" algumas voltas. Estimei que uma velocidade máxima segura sem se preocupar com os "pulos de volta" é cerca de 240 voltas/minuto (ou 4 voltas/segundo), o que é algo muito considerável, ainda mais para quem não tem o hábito de enrolar transformadores e já fez um totalmente na mão.

A utilização de um molinete para girar o transformador é uma opção bem válida. Já a do contador-calculadora, nem tanto. Os custos de montagem usando uma calculadora ou um contador mecânico são aproximadamente os mesmos - isso se o contador não for conseguido gratuitamente em uma oficina de bicicletas/motos -, porém o contador mecânico é muito mais preciso. Vale como aprendizagem ou ferramenta para uso bem ocasional. Mas, por funcionalidade, o contador mecânico é bem melhor.

Agora, uma dúvida. No caso de um transformador de força, quais seriam as diferenças práticas entre um transformador enrolado com espiras uma ao lado da outra com cuidado, e outro com espiras simplesmente enroladas de forma aleatória pelo carretel, mantendo a contagem do número de voltas?
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.315


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #534 : 26 de Abril de 2019, as 10:43:57 »

Citar
Agora, uma dúvida. No caso de um transformador de força, quais seriam as diferenças práticas entre um transformador enrolado com espiras uma ao lado da outra com cuidado, e outro com espiras simplesmente enroladas de forma aleatória pelo carretel, mantendo a contagem do número de voltas?

Só precisa tomar cuidado que o enrolamento com o molinete pode não bater a largura do carretel com o curso de sobe e desce do eixo do molinete, dessa forma pode  sobrar espaço sem fio no carretel ou embolar tudo num lugar.  Sobre a diferença é que você vai gastar mais fio e pode não caber todas as espiras do projeto no carretel. E por tabela, vai aumentar a resistência do enrolamento e as perdas no transformador.
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.490


« Responder #535 : 26 de Abril de 2019, as 20:17:31 »

Só precisa tomar cuidado que o enrolamento com o molinete pode não bater a largura do carretel com o curso de sobe e desce do eixo do molinete, dessa forma pode  sobrar espaço sem fio no carretel ou embolar tudo num lugar.
Realmente, não bate. De fato, nesse molinete o sistema do curso de sobe e desce não estava diretamente associado ao eixo principal. Além disso, dificultava o acoplamento da barra roscada ao eixo principal. Por esses fatores, removi o sistema de sobe e desce, e vou guiar o fio com a mão. Bem rústico, mas melhor que enrolar totalmente na mão.

Sobre a diferença é que você vai gastar mais fio e pode não caber todas as espiras do projeto no carretel. E por tabela, vai aumentar a resistência do enrolamento e as perdas no transformador.
Entendi. Tomarei o cuidado de enrolar as espiras lado a lado, mas gostaria de saber dos problemas em não tomar esse cuidado.
Registrado
Ramsay
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 815



« Responder #536 : 26 de Abril de 2019, as 22:40:17 »

Cara, enrolar as espiras lado a lado com a mão é bem complicado, porque qualquer desvio mínimo ferra tudo.
Em todo caso, te desejo boa sorte na empreitada!!
Registrado
raphaelCoelho
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 160



« Responder #537 : 27 de Abril de 2019, as 04:21:31 »

Marcão, aqueles contadores de tape decks antigos não funcionaria como um contador mecânico??
Registrado

Grande abraço, Raphael!
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.704



« Responder #538 : 27 de Abril de 2019, as 09:35:54 »

Marcão eu já enrolei alguns transformadores de saida e o meu primeiro foi enrolado com as espiras de forma aleatória e ele simplesmente não funcionou ! Saiu um som muito do esquisito no alto falante
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.315


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #539 : 27 de Abril de 2019, as 13:55:32 »

Entendi. Tomarei o cuidado de enrolar as espiras lado a lado, mas gostaria de saber dos problemas em não tomar esse cuidado.

O problema maior que ocorre quando os enrolamentos não cabem no carretel é que você perde material (fio e isolantes) e tempo.  Se deixar os enrolamentos muito inchados no carretel, provavelmente não vai conseguir colocar as chapas do núcleo e pior, pode acontecer da lâmina da chapa cortar o isolamento e entrar em contato com o fio de cobre (e raspar o verniz também), deixando o núcleo energizado.  

Isso é comum quando você tem muitos enrolamentos secundários (ex. valvulados) e camadas isolantes entre eles. Vai muito material e quando você vai enrolar as últimas camadas, percebe que elas não vão caber no carretel. Na hora  você quer jogar tudo pela janela e xinga os diabos.  Aí, tem de pegar um carretel maior e fazer um transformador maior.

Marcao, uma coisa que não entendi no seu molinete: é o eixo central que gira de acordo com a manivela ?  É que nos meus molinetes de pesca, o eixo central não gira, apenas fica no sobe e desce. O que gira é o rotor externo (o que leva a guia da linha).
« Última modificação: 27 de Abril de 2019, as 14:01:57 por xformer » Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
Páginas:  1 ... 34 35 [36] 37 38 39   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.414 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal