Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 19 de Setembro de 2014, as 06:46:22


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


collapse

* Usuário
 
 
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro.

* Tá ligado?
  • Dot Visitantes: 12
  • Dot Escondidos: 0
  • Dot Membros: 1
  • Dot Usuários Online:

Blindagem de Guitarras
      Autor: Alexandre Reis

           Olá pessoal!

           A algum tempo estava procurando alguma coisa na internet sobre blindagem de stratos e acabei achando uma “alternativa” ao tutorial do guitarnuts. Após alguns e-mails trocados com o dono do site (thanks, Ian!), decidi traduzir e colocar no Handmades. O site original é este aqui.

           1 – ANTES – e DEPOIS...Nenhuma diferença visível na aparência desta guitarra aparentemente original.


            2 - Aqui está a cavidade blindada. O fundo de cada compartimento é inteiriço. As bordas são tiras que se estendem pra baixo do escudo e acima do “painel” do fundo. Você pode claramente ver alguns pontos de solda para garantir um aterramento contínuo – Você também pode ver algumas marcas no fundo, onde eu usei um estilete para madeira para pressionar o cobre. O fio terra original da cavidade do tremolo está sobre o “fundo”, segurado pelo parafuso original. Note que alguns dos buracos dos parafusos foram cobertos pelas tiras que se estendem em cima do corpo da guitarra. Isso possibilita e garante um aterramento continuo entre a cavidade e o escudo, quando ele está colocado.


           3 – Aqui está o escudo blindado e a fiação. A blindagem inteiriça se sobrepõe aos buracos dos parafusos e não encosta nos captadores. Dá até para ver um pedacinho da blindagem original que cobre os potenciômetros. Havia também um pouco de tinta de blindagem de grafite na cavidade... mas dificilmente o suficiente para bloquear todos os tipos de interferência.


      • Este  o nexo da “estrela de aterramento”
      • Este é o capacitor passa-alta de .001uF em paralelo com o resistor de 150K ohms 1/4 watt no controle de volume para reduzir/eliminar a perda de agudos e médios quando o volume é diminuído
      • Isto é onde eu movi a conexão do segundo controle de tom do captador do meio para o da ponte
      • Este é o capacitor de .022uF do tone – Agora funcional apenas para o captador do braço
      • Este é o novo capacitor .01uF do tone – Funcional somente para o captador da ponte (Nota: no DonkeyMod III abaixo, Onde eu adicionei um controle de TBX, eu troquei este por um capacitor .02uF complementar para atender melhor os requerimentos dos captadores do meio de da ponte.)

           4 – Aqui está um diagrama com todas as conexões mostradas nas fotos.


           5 – Aqui está um diagrama mostrando todas as conexões incluindo minha nova aventura na busca por timbres – um botão “bridge on” (não mostrado nas fotos). Com o knob pra dentro, a chave de 5 posições funciona normalmente. Com ele pra fora, continua funcionando normalmente, porém adiciona o captador da ponte em cada posição.

           A mágica acontece nas posições 4 e 5. Na posição 4, você tem os 3 captadores ao mesmo tempo. Som gordo e denso. Bem legal! Na posição 5, tenho um som de telecaster muito legal!


           6 – Aqui está um diagrama mostrando todas as conexões mais a adição de um botão de tone TBX no lugar do tone que servia ao captador do meio e agora serve ao da ponte. Repare que eu troquei o capacitor do tone do valor usado no mod II e adicionei um fio extra para a chave de 5 posições da aba do captador do meio para a aba do da ponte para o botão te tone funcionar para ambos.


           7 - Aqui está um diagrama mostrando todo o funcionamento do push-pull pra o potenciometro de volume e o de tone do braço. Como no mod III, o captador da ponte é colocado em paralelo com qualquer posição selecionada para os captadores quando o knob de volume está para cima. Quando o knob de tone do braço estiver pra cima, o captador da ponte é colocado em série com qualquer seleção da chave de 5 posições. Eu mantive o fio para a chave seletora da aba do captador do meio para a aba do cap. da ponte para que o potenciômetro TBX funcione para ambos.

           Como alternativa, o potenciômetro TBX de tone pode ser deixado de fora e o potenciômetro normal mantido como no Mod I. Francamente, depois de tocar com o TBX por um tempo, estou com vontade de voltar a usar o potenciômetro de tone normal na minha guitarra.


       
           Sugiro que visitem de vez em quando pra verificar se houve alguma atualização no site do autor.

           É isso pessoal!!

           Valeu!

      [/list][/list]

      Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.18 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

      XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
      Página criada em 0.191 segundos com 29 procedimentos.
      SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal