Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 16 de Setembro de 2019, as 11:58:47


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


collapse

* Usuário
 
 
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro.

* Tá ligado?
  • Dot Visitantes: 24
  • Dot Escondidos: 0
  • Dot Membros: 0

There aren't any users online.

Potenciômetros Log e Reverse Log, o que são?
Autor: Mauricio Maia Clasta
     O que é um potenciômetro Logarítmico?

     Um potenciômetro é chamado logarítmico devido ao aumento de sua resistência crescer de acordo com uma curva logarítmica.

     Quem se lembra das aulas do Prof. Euclides, lembra que uma função logarítmica é inversa à uma operação exponencial.

     Vamos dar uma olhada numa função exponencial?

     Pois bem, uma função exponencial, é aquela onde a variável é elevada a um expoente.
X ao quadrado por exemplo. (X**2).

     Um gráfico de uma função exponencial qualquer, é sempre uma parábola, por exemplo!
Vamos dizer que um resistor de resistência X=2ohms, onde ele cresce seu valor sempre ao quadrado, isto é, a cada milímetro que você move seu mecanismo, ele aumenta ao quadrado o valor anterior.

     Então, digamos que este mesmo potenciômetro, tem um curso total de 10mm. sua escala de resistência fica desenhada assim:

     2-4-8-16-32-64-128-256-512-1024-2048

     Essas são as posições deste potenciômetro. Podemos dizer então, que o potenciômetro mencionado é um potenciômetro logarímico de 2K!

     Logarítmico?

     Tá doido?

     Não pessoal, o que acontece é que o logarítmo, é a função inversa da exponenciação, então vamos aumentar nossos conceitos.

     Existe um sinal X, que é submetido a um resistor (potenciômetro) que resiste em 2 ohms à passagem deste sinal.

     Agora, imagine que você aumentou o valor do potenciômetro para três valores seguintes naquela escala que agente traçou, isto é, 32ohms.. no final desse circuito, eu terei o sinal MAIOR ou MENOR do que na primeira medição?

     Claro que é menor, pois você colocou no meio do caminho uma resistência, algo que é contra a passagem do sinal.

     E o quê isso tem a ver com um potenciômetro que cresce exponencialmente poder ser chamado de logarítmico?

     Simples meu caro!

     O volume do seu aparelho de som, é quem deve crescer EXPONENCIALMENTE, para que você tenha essa percepção, não a resistência do seu potenciômetro.

     Tá ficando confuso? Então vamos esclarecer.

     O ouvido humano, tem sua percepção exponencial, isto é, para que você possa ter a sensação de que um volume X dobrou (X*2), você deve na verdade elevar este volume a um expoente.

     Logo, todo potenciômetro de volume, é logarítmico, pois, o volume aumenta quando a resistencia do potenciômetro diminui, pois o potenciômetro impõe menos resistencia à passagem do sinal de áudio.

     Vamos re-olhar nosso potenciômetro:

     2-4-8-16-32-64-128-256-512-1024-2048

     Veja, que você deve ter Volume ZERO no seu aparelho, quando o potenciômetro estiver na sua MAIOR resistência, assim sendo, se você utilizar um potenciômetro exponencial como este nosso, na verdade você terá um aumento logarítmico do volume, o que é péssimo.

     Ainda não entendeu o que é exatamente exponencial e logarítmico?

     Conte quantos ohms existem em cada intervalo....

     Entre 2 e 4 ohms, existem 4-2 = 2ohms de intervalo:

     16-4 = 12
     32-16= 16
     64-32= 32
     128-64= 64

     e assim por diante...

     Significa que num potenciômetro exponencial como este nosso, você começa aumentando o som de muuuito, e acaba aumentando de pooouco...

     Veja que no primeiro milímetro, você diminuiu a resistência em 1024 ohms, no próximo movimento, diminuiu mais 512 ohms, percebe a queda do rítmo de diminuição de resistência? Lembre que quanto menor o sinal, mais volume você tem!

     Ok, então como fazer para que eu consiga obter a sensação de ter no volume 5, o dobro do volume 6?

     Operação inversa meu caro!

     Você constrói um potenciômetro que cresca sua resistência de forma logarítmica, pois quando você for diminuí-lo, ele terá um decréscimo de resistividade Exponencial!

     Um exemplo de potenciômetro logarítmico:

     2-1026-1538-1794-1922-1986-2018-2042-2058-2062-2064-2065

     Está aí nosso Potenciômetro LOG, onde ele ao vai diminuindo a resistência de pouco para muito... (obs: leia apartir do 2065)

     Este potenciômetro sim, oferece um ganho de volume Exponencial.

     E um potenciômetro "reverse Log", o que é?

     É o nosso primeiro potenciômetro, o Exponencial, a operação REVERSA do LOG.

     Espero ter ajudado pessoal, cultura nunca é demais, um grande abraço!

Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.348 segundos com 29 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal