Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 16 de Dezembro de 2019, as 04:36:58


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas: [1]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: dúvida sobre venda de pedais handmade  (Lida 1536 vezes)
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.507


« : 24 de Março de 2017, as 16:03:11 »

Eu faço meus próprios pedais a bastante tempo, e sempre fiz para meu uso pessoal, nunca tentei comercializá-los ou fazê-los sob encomenda. A alguns dias, um conhecido me procurou e perguntou se eu aceitava a encomenda de um pedal handmade. Como nunca vendi um pedal antes, gostaria de saber como vocês calculam o preço final a ser passado para o comprador. Sei que não existe uma "fórmula mágica" para calcular o preço final, pois há fatores que influenciam bastante (ter que projetar o layout, tipo de acabamento, etc.), só quero ter uma noção de como fazer este cálculo.
Registrado
Tas pedais
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 173


« Responder #1 : 24 de Março de 2017, as 16:49:42 »

boa tarde,,,soma os valores de gasto,,,(frete dos componentes,grafia,),,,e com o preço de mercado você tem uma base de calculo.Se o pedal der muito trabalho pra você em relação a erros ,você não pode aumentar o preço dele,,,,lembrando: sempre use o preço de mercado como base..
Registrado
Solenoide
Freqüente
**
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 355



« Responder #2 : 24 de Março de 2017, as 16:51:25 »

Boa tarde.

Sugiro a leitura deste tópico, tem dicas muito boas nele:

http://www.handmades.com.br/forum/index.php?topic=1870.0

Abraços.

Registrado
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.507


« Responder #3 : 24 de Março de 2017, as 18:31:37 »

Muito obrigado. A leitura me deu várias ideias. Ainda preciso sentar com esse conhecido para definirmos o projeto e, principalmente, o acabamento, que é a parte que tenho maior preocupação.
Registrado
A.Sim
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 698



WWW
« Responder #4 : 25 de Março de 2017, as 12:07:50 »

boa tarde,,,soma os valores de gasto,,,(frete dos componentes,grafia,),,,e com o preço de mercado você tem uma base de calculo.Se o pedal der muito trabalho pra você em relação a erros, você não pode aumentar o preço dele,,,,lembrando: sempre use o preço de mercado como base..

Sim, leve o preço de mercado em consideração e cobre o extra por estar produzindo um equipamento sob medida, artesanalmente, para o seu cliente. Nunca caia na conversa de " fazer mais barato do que a fábrica "; isso não existe. Não é possível, para um montador individual, produzir lucrativamente um produto adquirindo componentes no mercado varejista e utilizando métodos de produção artesanais ( isso é, não-otimizados para a produção econômica em série ) cobrar, por ele, MAIS BARATO do que um produto fabricado industrialmente.
« Última modificação: 25 de Março de 2017, as 12:48:25 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz - áudio e força
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)
Diego Bueno
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 156



WWW
« Responder #5 : 08 de Agosto de 2017, as 16:22:39 »

Boa tarde, galera. Estou com dúvidas sobre venda de pedais, porém não é sobre "quanto" pedir, afinal essa dúvida em particular foi sanada nesse outro tópico indicado acima (http://www.handmades.com.br/forum/index.php?topic=1870.30).

Minha dúvida maior é sobre os "direitos autorais". Por exemplo, conversando com alguns amigos sobre o TSW que montei, comentei também sobre pedais de efeito que pretendo montar. Eu particularmente não estou visando obter lucro com venda de pedais, faço pra mim apenas, mas creio que esses "amigos" viram nisso a chance de pegar um pedal "mais barato".

Mas, independente de vender ou não os pedais, a dúvida principal é: como fica a questão de "direitos autorais"? Apenas citando exemplos, mas, diferente de muitos handmakers daqui, eu "não crio nada", apenas pesquiso pelos pedais originais (ou clones handmades) no youtube pra ver se o som me agrada, pego os PDF's aqui e encomendo as PCB's.

Nesse caso, se alguém tiver interesse que eu monte um "Onerr Cry Baby" (layout do BigLouis), como deveria proceder para manter os créditos? Pedir autorização em privado para o autor do Layout?

PS: aos meus amigos que se interessaram, já expliquei que é possível encontrar a documentação aqui no fórum caso queiram montar por conta e risco, mas disseram que como já tenho mais experiência com montagens preferem que eu monte pra eles, então obviamente não vou cobrar preço de banana, pois, além da minha mão de obra com a montagem, tem toda a mão de obra de quem desenvolveu o layout também, não podemos desvalorizar isso.

PS 2: Não sei se "direitos autorais" seria o termo correto, portanto, entendam isso como "manter os créditos ao autor".
« Última modificação: 08 de Agosto de 2017, as 16:25:41 por Diego Bueno » Registrado
Mallermb
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 834



« Responder #6 : 08 de Agosto de 2017, as 16:34:38 »

Boa tarde, galera. Estou com dúvidas sobre venda de pedais, porém não é sobre "quanto" pedir, afinal essa dúvida em particular foi sanada nesse outro tópico indicado acima (http://www.handmades.com.br/forum/index.php?topic=1870.30).

Minha dúvida maior é sobre os "direitos autorais". Por exemplo, conversando com alguns amigos sobre o TSW que montei, comentei também sobre pedais de efeito que pretendo montar. Eu particularmente não estou visando obter lucro com venda de pedais, faço pra mim apenas, mas creio que esses "amigos" viram nisso a chance de pegar um pedal "mais barato".

Mas, independente de vender ou não os pedais, a dúvida principal é: como fica a questão de "direitos autorais"? Apenas citando exemplos, mas, diferente de muitos handmakers daqui, eu "não crio nada", apenas pesquiso pelos pedais originais (ou clones handmades) no youtube pra ver se o som me agrada, pego os PDF's aqui e encomendo as PCB's.

Nesse caso, se alguém tiver interesse que eu monte um "Onerr Cry Baby" (layout do BigLouis), como deveria proceder para manter os créditos? Pedir autorização em privado para o autor do Layout?

PS: aos meus amigos que se interessaram, já expliquei que é possível encontrar a documentação aqui no fórum caso queiram montar por conta e risco, mas disseram que como já tenho mais experiência com montagens preferem que eu monte pra eles, então obviamente não vou cobrar preço de banana, pois, além da minha mão de obra com a montagem, tem toda a mão de obra de quem desenvolveu o layout também, não podemos desvalorizar isso.

PS 2: Não sei se "direitos autorais" seria o termo correto, portanto, entendam isso como "manter os créditos ao autor".

Com certeza seria de muito bom tom entrar em contato com o autor do layout, afinal, o autor disponibilizou tempo e conhecimento para elaborar o mesmo, nada mais justo do que entrar em contato com ele e perguntar se você pode ou não comercializar um pedal com o layout criado por ele, muitas vezes o autor prefere que apenas dê os devidos créditos ao layout!

Muitos documentos em PDF, contém um alerta quanto a comercialização do layout ou de uma placa, que contenha um layout idêntico ao do criador.

Agora, uma pessoa que pega um projeto já existente, completo, copia detalhe por detalhe, em outras palavras, clona o projeto e revende como clone, aí eu já acho complicado...
Registrado

A vida não é complicada, o viver não é complicado, nós é que temos o costume de complicar a vida e o viver...,
Diego Bueno
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 156



WWW
« Responder #7 : 08 de Agosto de 2017, as 16:55:09 »

Agora, uma pessoa que pega um projeto já existente, completo, copia detalhe por detalhe, em outras palavras, clona o projeto e revende como clone, aí eu já acho complicado...

Obrigado por sua opinião, Mallermb.

Falando especificamente sobre o que mantive na citação de seu post, já vi layout classificado como "clone" do TubeScreamer, mas eu particularmente pretendo montar o TS Duplo (TS808 e TS9 na mesma placa). Outro que pretendo montar é o Distortion III, mas em ambos os casos não penso sequer em vender como "clone", colocaria apenas algum nome que identifique o tipo de efeito que aquele pedal proporciona, ou, na pior das hipóteses, alguma referencia para que eu saiba em qual pedal ele foi baseado para poder consultar o PDF caso precise trocar algum componente e/ou realizar alguma manutenção depois.

Sendo sincero vivo num dilema: Pra estampar o nome "Handmades" no meu TSW não daria certo, principalmente pelo fato que isso poderia induzir à uma percepção equivocada que "meu produto é algo oficial produzido pelo site" . Por outro lado não gostaria de omitir isso para não retirar os créditos da autoria, aliás, isso faço questão de manter, afinal graças ao fórum que aprendi muita coisa e fui apresentado à um mundo novo que eu nem sabia que existia.

O TSW é só um exemplo, mas sacou meu ponto de vista? Pensei inclusive em criar um documento de texto com as referências do projeto (incluindo a fonte de onde o layout foi retirado), especificando o autor do layout e etc, e entregar esse documento junto com o pedal, mas não sei se seria suficiente.
Registrado
Mallermb
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 834



« Responder #8 : 08 de Agosto de 2017, as 19:12:26 »

Agora, uma pessoa que pega um projeto já existente, completo, copia detalhe por detalhe, em outras palavras, clona o projeto e revende como clone, aí eu já acho complicado...

Obrigado por sua opinião, Mallermb.

Falando especificamente sobre o que mantive na citação de seu post, já vi layout classificado como "clone" do TubeScreamer, mas eu particularmente pretendo montar o TS Duplo (TS808 e TS9 na mesma placa). Outro que pretendo montar é o Distortion III, mas em ambos os casos não penso sequer em vender como "clone", colocaria apenas algum nome que identifique o tipo de efeito que aquele pedal proporciona, ou, na pior das hipóteses, alguma referencia para que eu saiba em qual pedal ele foi baseado para poder consultar o PDF caso precise trocar algum componente e/ou realizar alguma manutenção depois.

Sendo sincero vivo num dilema: Pra estampar o nome "Handmades" no meu TSW não daria certo, principalmente pelo fato que isso poderia induzir à uma percepção equivocada que "meu produto é algo oficial produzido pelo site" . Por outro lado não gostaria de omitir isso para não retirar os créditos da autoria, aliás, isso faço questão de manter, afinal graças ao fórum que aprendi muita coisa e fui apresentado à um mundo novo que eu nem sabia que existia.

O TSW é só um exemplo, mas sacou meu ponto de vista? Pensei inclusive em criar um documento de texto com as referências do projeto (incluindo a fonte de onde o layout foi retirado), especificando o autor do layout e etc, e entregar esse documento junto com o pedal, mas não sei se seria suficiente.


Sim, entendi seu ponto de vista, pode ter certeza que as suas dúvidas são as mesmas de muitos nesse mundo dos pedais e amplificadores!

Não existe problema nenhum em você montar determinado pedal e acabar revendendo ele, seja por não gostar mais dele, querer se desfazer mesmo, isso é normal e já fiz muito isso no passado.

Você pode muito bem fazer um pedal em que pegou o layout da internet ou até mesmo um pedal que usa um layout de alguém aqui do fórum mesmo, pode vender ele? claro que pode, você não é obrigado a ficar com um pedal eternamente e o ato de vender esse pedal com esse layout específico, não caracteriza uma empresa de venda de pedais, etc... a diferença estará na produção em massa desses pedais ou na comercialização das placas que não são de sua autoria, assim sendo, o melhor seria:

Contactar o criador do layout ou pedal e conversar com ele!

Pedir para alguém desenhar um layout para você, ou seja, você terá seu próprio layout podendo comercializar seus pedais sem problemas.

O único problema real que vejo, é comercializar, lucrar constantemente com um projeto que não seja seu e sem contactar o real criador.

Pode ter certeza de uma coisa, a melhor coisa que você pode fazer é sempre procurar o criador do layout ou pedal antes de comercializar uma quantidade maior, sabe por que? você nunca vai saber se uma hora ou outra algum dos criadores irá se manifestar negativamente e acusar você de estar comercializando algo que ele criou, entende? e acredite, isso já ocorreu, portanto, melhor prevenir que remediar!

No caso do tsw, é um caso a parte, você pagou pela placa, ou seja, no preço da placa, já está incluso o trabalho que tiveram para produzir a mesma, só não pode dizer que o projeto é seu, mas não tem problema em vender um amplificador que leve o tsw como pré, pode dizer que é um amplificador assim, assado, que leva como pré amplificador, o tsw, um projeto que se originou no lugar tal, pelo criador tal, etc...

Mas sei lá, posso estar redondamente equivocado, apenas dei meu ponto de vista e o que acho certo ou errado, só vejo que daria problema caso isso virasse seu negócio, comercializando bastante, sem autorização.

Para resolver isso de forma ainda mais simples, basta pedir para alguém fazer o layout para você, ou seja, você contrata alguém para criar o layout e vender ele para você, se quiser pode até criar o seu nome, a sua marca, etc... fica muito mais legal, dá mais valor ao pedal, vale a pena e não fica caro, com a vantagem de você poder comercializar o quanto quiser!

Já fiz muito layout por encomenda, justamente de pessoas que tinham a mesma dúvida que você tem.

No mais, seu pensamento não está errado, mas acho que deveria criar a sua marca a sua identidade, pense nisso, já ganhei um bom dinheiro revendendo pedais em tempos passados, mas a maior parte dos lucros vinham justamente de estar utilizando meus próprios layouts, fica a dica!


Registrado

A vida não é complicada, o viver não é complicado, nós é que temos o costume de complicar a vida e o viver...,
Diego Bueno
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 156



WWW
« Responder #9 : 10 de Agosto de 2017, as 08:05:34 »

Obrigado pelas dicas, amigo.

No momento creio ser melhor contatar o autor do layout, pois serão apenas 2 ou 3 pedais diferentes, um se interessou pelo "clone" do Distortion 3, e o outro quer um TS e um Valvecaster. Nao sei se compensaria, por hora, investir em um layout próprio, pois além de nao pretender "ganhar dinheiro" com venda de pedais não sei se teria demanda suficiente pra chegar a esse ponto.

De qualquer forma, pretendo montar ao menos um pedal de cada efeito pra mim mesmo, com os layouts ja disponibilizados, pra utilizar mesmo, quero "aposentar" a VAmp2, e então procurar alguém que possa fazer um layout proprio (venderia os pedais que eu montasse para poder montar os mesmos pedais com meu proprio layout, até mesmo pra garantir que vai funcionar tudo certinho).

PS: Peço desculpas por possíveis erros de ortografia, estou sem computador, acessando pelo celular (desativei o corretor).

Abraços.
Registrado
Mallermb
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 834



« Responder #10 : 10 de Agosto de 2017, as 09:41:39 »

Obrigado pelas dicas, amigo.

No momento creio ser melhor contatar o autor do layout, pois serão apenas 2 ou 3 pedais diferentes, um se interessou pelo "clone" do Distortion 3, e o outro quer um TS e um Valvecaster. Nao sei se compensaria, por hora, investir em um layout próprio, pois além de nao pretender "ganhar dinheiro" com venda de pedais não sei se teria demanda suficiente pra chegar a esse ponto.

De qualquer forma, pretendo montar ao menos um pedal de cada efeito pra mim mesmo, com os layouts ja disponibilizados, pra utilizar mesmo, quero "aposentar" a VAmp2, e então procurar alguém que possa fazer um layout proprio (venderia os pedais que eu montasse para poder montar os mesmos pedais com meu proprio layout, até mesmo pra garantir que vai funcionar tudo certinho).

PS: Peço desculpas por possíveis erros de ortografia, estou sem computador, acessando pelo celular (desativei o corretor).

Abraços.

Até hoje tento construir um set de pedais para mim, mas nunca consegui, sempre vem alguém e compra  Cheesy

Boa sorte nos seus projetos, abração!
Registrado

A vida não é complicada, o viver não é complicado, nós é que temos o costume de complicar a vida e o viver...,
Páginas: [1]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.202 segundos com 22 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal