Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 25 de Agosto de 2019, as 00:15:07


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas: [1]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: identificando amplificador condor gx15r  (Lida 671 vezes)
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.426


« : 19 de Agosto de 2018, as 23:10:02 »

Um amigo tinha esse amplificador, que não está funcionando e estava ocupando espaço, então ele me deu o amplificador para retirada de peças. Antes de desmontá-lo, fiquei curioso pelo circuito, para ver se vale a pena restaurá-lo.

Procurei sobre o modelo no google e a informação que eu encontrei é que se trata de um clone do Fender Frontman 15R, o visual dos GX15R que encontrei na internet de fato é idêntico ao Frontman 15R. Entretanto, o que ganhei é diferente, tem visual mais Marshall. Algumas fotos:



Ele usa o LM1875 na saída. O circuito é bem simples, com um pré usando meio 4558 para o canal limpo e a outra metade para o drive. O outro 4558 é para o reverb de mola. Na placa está escrito ws9912r, não achei nada no google.

Alguém sabe se esse amplificador é cópia de algum outro?
Registrado
Alfredo Padrao
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.418


"Fui eu que fiz"


WWW
« Responder #1 : 20 de Agosto de 2018, as 14:37:38 »

Marcão, é bem provável que alguém consiga identificar para você em qual o seu amplificador é baseado, caso seja um "clone".

Mas independente de qualquer coisa, foi um belo achado (presente)!  Estes pequenos amplificadores não costumam ser muito difíceis de recuperar.

Boa sorte,
Alfredo
Registrado

Mallermb
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 834



« Responder #2 : 20 de Agosto de 2018, as 14:45:41 »

Marcão, qual o problema do amplificador?

Olhando pelas fotos parece estar tudo ok, nenhuma peça estourada ou queimada visualmente!

Começaria testando o transformador, falante, fusíveis, capacitores e diodos da fonte!

O LM1875 está com a mica?

Também pesquisei e não consegui encontrar em qual amplificador ele foi baseado, pesquisei alguns da Marshall, mas todos tinham 3 circuitos integrados no pré!
Registrado

A vida não é complicada, o viver não é complicado, nós é que temos o costume de complicar a vida e o viver...,
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.426


« Responder #3 : 20 de Agosto de 2018, as 19:06:55 »

Sinceramente, não procurei o problema. A fala do amigo foi "o amplificador não funciona e está ocupando espaço, leva e desmonta" Cheesy. Eu ainda não fiz testes nele, desde que ganhei o amplificador eu passei o tempo livre fazendo um layout bem complexo (que não deu certo ainda Batendo Cabeça).

Quer dizer, testei só o fusível e o falante, estão funcionando. Não verifiquei mais nada além disso. Essa semana acho que consigo fazer uns testes nele.

Também procurei por marshalls de baixa potência, mas nenhum é exatamente igual a ele.

A ideia inicial era de desmontá-lo para retirada de peças e montar um 5F1 dentro dele. Sinceramente, ele original não me teria muita utilidade além de amplificador de testes de pedais. Mas dependendo do problema e da qualidade do som, pode ser que valha a pena mantê-lo como amplificador transistorizado. E tem a questão de dar dó de desmontar algo que possa estar funcionando...
Registrado
Mallermb
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 834



« Responder #4 : 20 de Agosto de 2018, as 19:29:28 »

Sinceramente, não procurei o problema. A fala do amigo foi "o amplificador não funciona e está ocupando espaço, leva e desmonta" Cheesy. Eu ainda não fiz testes nele, desde que ganhei o amplificador eu passei o tempo livre fazendo um layout bem complexo (que não deu certo ainda Batendo Cabeça).

Quer dizer, testei só o fusível e o falante, estão funcionando. Não verifiquei mais nada além disso. Essa semana acho que consigo fazer uns testes nele.

Também procurei por marshalls de baixa potência, mas nenhum é exatamente igual a ele.

A ideia inicial era de desmontá-lo para retirada de peças e montar um 5F1 dentro dele. Sinceramente, ele original não me teria muita utilidade além de amplificador de testes de pedais. Mas dependendo do problema e da qualidade do som, pode ser que valha a pena mantê-lo como amplificador transistorizado. E tem a questão de dar dó de desmontar algo que possa estar funcionando...

Ele é pequeno, mas tem reverb, quem sabe o som agrada? de qualquer forma, um Fender 5f1 é uma ótima pedida...
Registrado

A vida não é complicada, o viver não é complicado, nós é que temos o costume de complicar a vida e o viver...,
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.668



« Responder #5 : 21 de Agosto de 2018, as 12:26:02 »

Conserte-o e faça uma doação pra alguém que realmente precise
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.426


« Responder #6 : 22 de Agosto de 2018, as 06:32:43 »

Essa é uma ótima ideia! Na verdade, ele também está ocupando espaço aqui Cheesy. Assim que eu der uma desafogada nos projetos que estou trabalhando no momento, eu dou uma olhada com calma.
Registrado
Páginas: [1]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.066 segundos com 22 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal