Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 13 de Novembro de 2019, as 14:11:22


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  1 2 [3] 4   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Madeira maciça  (Lida 10007 vezes)
007
Visitante
« Responder #30 : 29 de Janeiro de 2015, as 10:56:16 »

Valeu Roberto Alves, vou inventar algo para fazer as junções sem detonar minha micro retífica.
Registrado
pit.du
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 868



« Responder #31 : 02 de Março de 2015, as 04:23:05 »

Desculpem estar revivendo o tópico, mas este tipo de junta é feito com formão mesmo, muito usado em marcenaria japonesa, que aliás tem ótimas técnicas de juntas.
Registrado

"Sobre todas as coisas há 3 pontos de vista:
o teu, o meu e o correto."
007
Visitante
« Responder #32 : 02 de Março de 2015, as 11:17:25 »

Valeu Pit Du, estou mesmo pesquisando algum método artesanal para fazer as junções.
Registrado
cesar.carazza
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 674



« Responder #33 : 02 de Março de 2015, as 17:46:27 »

Afinal...
Qual o tipo de madeira que duraria por muitos anos sem problema algum para a estrutura do amp?

Incluindo umidade, cupim, etc...
Registrado
007
Visitante
« Responder #34 : 02 de Março de 2015, as 18:32:26 »

Este é o site que costumo consultar quando pesquiso sobre madeiras. Tenho também uns arquivos em PDF que tem informações sobre madeiras para instrumentos musicais.

http://www.aguademeninos.com.br/Madeireira/Madeiras/ficha.html.
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.696



« Responder #35 : 03 de Março de 2015, as 14:22:30 »

Incluindo umidade, cupim, etc...

Contra cupim só os venenos mesmo.
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.709



« Responder #36 : 03 de Março de 2015, as 17:09:49 »

Madeiras duras (como peroba rosa) são bem menos susceptíveis aos bichinhos do que as moles (como pinus). Mas uma demão de Pentox dá conta do recado.
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
Patines
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.500



« Responder #37 : 04 de Março de 2015, as 16:45:38 »

Afinal...
Qual o tipo de madeira que duraria por muitos anos sem problema algum para a estrutura do amp?

Incluindo umidade, cupim, etc...
Do site aqui que o nosso colega 007 indicou.
http://www.aguademeninos.com.br/Madeireira/Madeiras/iperoxo.html
o Ipê é impermeável e nunca vi cupim comer o cerne da madeira de ipê....  só arvore.

Mas...  é duro, difícil de trabalhar e caro!!

Neste mês de fevereiro vi uma roda de carroça de mais de cem anos de ipê.

Abraços, T+
Registrado
diego.fcs
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 837



« Responder #38 : 05 de Março de 2015, as 14:15:18 »

Qualquer madeira vai durar uma eternidade, dependendo do seu modo de utilizar o ampli, basta aplicar uma boa camada de seladora, mesmo por dentro e boa, não terá problemas.
Registrado

Parem o mundo que eu quero descer.
cesar.carazza
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 674



« Responder #39 : 06 de Março de 2015, as 10:02:43 »

Estou orçando um gabinete em MDF Ultra.
Seria uma boa opção?
Registrado
Patines
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.500



« Responder #40 : 06 de Março de 2015, as 12:31:07 »

Qualquer madeira vai durar uma eternidade, dependendo do seu modo de utilizar o ampli, basta aplicar uma boa camada de seladora, mesmo por dentro e boa, não terá problemas.

 Bem, se precisar tratar a madeira, o pinus é um dos que absorve mais.  Um alcool (saturado) com bórax, além de não fazer mal para as pessoas, sela um pouco as madeiras mais leves.  Nenhum cupim sobrevive ao bórax.

Umas duas aplicações de alcool com bórax já deixam a madeira preparada para não pegar insetos, além de ajudar a secar.  Depois disso umas duas camadas de esmalte sintético transparente e a madeira já fica guapa e baguala!

T+
Registrado
diego.fcs
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 837



« Responder #41 : 06 de Março de 2015, as 13:22:20 »

Estou orçando um gabinete em MDF Ultra.
Seria uma boa opção?

A minha 1x12" fiz com MDF, ficou muito bom. Esse lance de estufar e estragar é um exagero, é só você não deixá-la na chuva.
Registrado

Parem o mundo que eu quero descer.
cesar.carazza
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 674



« Responder #42 : 06 de Março de 2015, as 17:06:25 »

A sua seria MDF normal?
Essa que estou orçando é MDF Ultra, parece que é tipo um Compensado Naval da linha MDF, seria para aguentar mais umidade, mas claro que nem um, nem o outro deve aguentar ficar mergulhado em uma piscina por 1 dia inteiro.  Cheesy
Registrado
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.709



« Responder #43 : 06 de Março de 2015, as 23:38:55 »

Esse negócio de que MDF estraga ao menor contato com água é meio que lenda. Uma caixa feita de MDF bem colada e travada, revestida adequadamente (courvin, tolex...) só vai "inchar" se for deixada em contato com água por um tempo razoável. O MDF é higroscópico, mas leva ANOS antes que o material absorva umidade do ar em volume suficiente para sofrer danos. Se quiser prolongar a vida útil, é só aplicar seladora generosamente.

O compensado tem problemas também. Mesmo o naval, em que a cola que mantém as lâminas unidas é resistente à água. A vibração constante à qual a caixa está sujeita provoca lentamente a desintegração da cola, e as lâminas se descolam. Claro que isso também não ocorre de um dia para o outro.

Eu sempre me impressiono com estas dúvidas sobre "que madeira usar em caixas acústicas" pela ótica da durabilidade, cujas entrelinhas sempre são "quero escolher um material que faça minha caixa durar "N" anos".

Complemento então com entrelinhas sobre as quais a maioria não pensa: "claro que isso vai me custar mais dinheiro do que o necessário, que eu não vou aproveitar plenamente, já que provavelmente viverei menos que a caixa, se viver não vou poder tocar mais (estarei surdo ou com artrose), e além disso eu provavelmente vou enjoar dela bem antes disso. Mas tudo bem, meu bisneto (que eu nem sei se vai nascer) vai poder curtir".

Eu sempre fiz caixas usando MDF do tipo "estava disponível na loja no dia que fui comprar". Fiquei sabendo agora que existe MDF de melhor qualidade (legal, se for barato). Mas acho que o vagaba que eu sempre usei é um material muito bom, considerando que as caixas comerciais, via de regra, são feitas com material muito pior...

Pega uma caixa Marshall "feita com compensado reforçado com pó de osso de Dodó da Macedônia", põe na chuva e espera para ver o que acontece.
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
Ramsay
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 815



« Responder #44 : 06 de Março de 2015, as 23:57:43 »

Quanto ao MDF eu não sei, mas, se for madeira aglomerada, exposta ao relento e a chuva por uns dois anos ou mais, mesmo que esteja coberta por Courvin ou similar, a madeira simplesmente se desmancha, dobra de espessura e fica parecendo palha e se desmancha apenas se apertando com a mão.
Registrado
Páginas:  1 2 [3] 4   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.197 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal