Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 20 de Julho de 2019, as 00:40:08


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas: [1]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: pequena dúvida sobre fios blindados em amplificadores  (Lida 614 vezes)
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.401


« : 26 de Março de 2019, as 20:08:14 »

Entendo que em diversos casos é necessário usar fios blindados no caminho onde passa o sinal em um amplificador, principalmente quando envolve ganho alto. Analisando alguns esquemas, me surgiu uma dúvida: por que não é usado fio blindado para ligar o tone stack? Afinal, o sinal passa por ele, e já vi diversos casos onde é usado fio blindado antes e após o tone stack mas não vi sequer um caso onde os fios do tone stack são blindados.
Registrado
Doug
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 797



« Responder #1 : 26 de Março de 2019, as 23:37:59 »

Acho que é pouco caso mesmo, como rota de sinal, tambem deveriam ser blindados.
eu particularmente uso em todas conexões externas que sejam feitas no circuito (até quando o Led de um LFO fica fora da placa uso blindado)
 
Registrado

Essa Estória de viver em paz, não me satisfaz
hgamal
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 3.761



« Responder #2 : 27 de Março de 2019, as 07:22:58 »

Há várias razões para se usar conexões com fio blindado, para falar a verdade, não conheço todas elas.

Uma via de regra é que sempre que você possui conexões entre impedâncias altas (entrada e saída) você use fios blindados. Como alguns estágios de controle de tom estão ligadas logo a seguir a uma fonte de impedância baixa, pode-se, as vezes, não se utilizar ligações blindadas.

As linhas de baixa impedância são menos suscetíveis a ruídos. O que não significa que esses ruídos não se manifestem.

Quando há uma fonte de ruído próxima, muito forte, recomenda-se usar fios blindados de qualquer forma.

Note-se uma coisa, o ruído está presente no ambiente, ele é captado por todo lugar do circuito. Alguns lugares são mais sensíveis que outros. Mas uma coisa é certa, o ruído total será a soma de todos os ruídos captados e amplificados por todo o equipamento. As vezes, por causa disso, não é interessante não deixar de usar ligações blindadas, uma vez que o pouco ruído captado por um estágio, pode ser amplificado por outro.
Registrado

Deus salva... e o Rock alivia! Ainda está em tempo do Rock 'n' Roll te salvar
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.174


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #3 : 27 de Março de 2019, as 08:58:12 »

Quando os potenciômetros não estão soldados na placa de circuito impresso e são conectados por fios simples ao invés de cabos blindados, eu tenho algumas hipóteses para isso acontecer:

Primeiro porque geralmente quando o sinal vai ser tratado pelo controle de tom, ele já foi amplificado e tem um nível considerável. Portanto, a relação sinal-ruído vai ser grande. Digamos ter um sinal de 10V e captar um ruído de 5mV. Acho que não seria notado ou não incomodaria.  Mas no caso de sinal fraco, como por exemplo de um microfone, se tiver 5mV e captar 5mV de ruído, vai dar problema.

Segundo, uma razão de ordem prática. Nos potenciômetros de volume sempre tem um dos terminais ligado ao terra. Ou seja, existe onde ancorar a malha de blindagem num dos terminais.  Ao contrário, os potenciômetros de controle de tom podem não estar ligados ao terra, flutuando. Assim não haveria onde se ancorar a malha, a não ser que seja pensado uma forma de disponibilizar um ponto de terra perto da malha do cabo blindado de onde parte o sinal da placa ou levar um fio até ele.

Por último, eu cogitei na hipótese de que cabos blindados ou coaxiais tem uma capacitância parasita, que pode ser respeitável em cabos longos, mas acho que desprezível em trechos curtos como nas ligações entre uma placa e potenciômetros. No caso de cabos longos, há perda de sinais de alta frequência. Um bom exemplo é o cabo de prova do osciloscópio, onde é necessária uma compensação pela capacitância do cabo mais a capacitância de entrada do aparelho, devendo haver um ajuste na ponta de prova.
« Última modificação: 27 de Março de 2019, as 08:59:59 por xformer » Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.401


« Responder #4 : 27 de Março de 2019, as 20:07:07 »

Entendi. Havia pensado na questão de captação de ruídos e até em economia de fio, mas não havia pensado no detalhe que geralmente o sinal já é totalmente amplificado antes do tone stack.

Aproveitando um comentário do xformer para tirar mais uma dúvida:
Nos potenciômetros de volume sempre tem um dos terminais ligado ao terra. Ou seja, existe onde ancorar a malha de blindagem num dos terminais.
Supondo que um pedaço de fio blindado seja usado para levar tanto o sinal quanto o terra a um potenciômetro. Ou seja, a malha é conectada ao terra da placa e ao terminal ligado ao terra, ao mesmo tempo. Esse fio blindado seria "menos eficiente" que um fio dedicado exclusivamente ao terra + um pedaço de fio blindado para o sinal com apenas uma das extremidades da malha aterrada? Não sei se ficou confusa a explicação, posso fazer um rabisco para explicar melhor.
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.174


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #5 : 27 de Março de 2019, as 21:19:05 »

Acho que não faz diferença marcao. Melhor usar só o cabo blindado, tanto para proteção como para referência do terra do potenciômetro.
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.401


« Responder #6 : 28 de Março de 2019, as 18:57:06 »

Entendi. Já fiz das duas maneiras, mas por algum motivo achei que a malha referenciando o terra e servindo de blindagem ao mesmo tempo fizesse alguma diferença no resultado. Mas acredito que menos fios seja benéfico (em alguns casos, claro).
Registrado
Ramsay
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 792



« Responder #7 : 30 de Março de 2019, as 01:36:25 »

Sempre que eu utilizo 2 jacks P10 metálicos numa montagem, apenas o terminal de terra do jack de entrada é ligado ao terra do circuito.
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.658



« Responder #8 : 30 de Março de 2019, as 10:21:49 »

Sempre que eu utilizo 2 jacks P10 metálicos numa montagem, apenas o terminal de terra do jack de entrada é ligado ao terra do circuito.

Como assim ? E o jack de saida ? Você o deixa fazer a conexão pela carcaça do aparelho?  Roll Eyes
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
Tiago Vulgar
Freqüente
**
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 328


O sonho do careta é a realidade do maluco


« Responder #9 : 31 de Março de 2019, as 09:00:30 »

Tem algum fio blindado específico p/ usar, por exemplo, entre o préamp e o power? Sempre tive a impressão de que fios blindados não são qualquer fio envolto de uma malha qualquer  Roll Eyes
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.174


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #10 : 31 de Março de 2019, as 10:45:16 »





Vai depender muito se a interligação é interna (pré e potência no mesmo gabinete) ou externa (dispositivos em gabinetes separados) pois a resistência e durabilidade mecânica pode ser importante, bem como o uso de conectores.

Se as placas estiverem no mesmo gabinete e o fio for usado para levar o sinal de um para outro, eu acho que o melhor é o segundo cabo (o de malha espiral) que é mais fácil de trabalhar.  O cabo com malha trançada (o terceiro) é mais difícil de trabalhar, mas tem melhor resistência mecânica, portanto mais indicado para conexões externas.
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
Ramsay
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 792



« Responder #11 : 31 de Março de 2019, as 18:51:10 »

Citar
Como assim ? E o jack de saida ? Você o deixa fazer a conexão pela carcaça do aparelho? 
Exatamente, porque dessa forma eu impeço o loop de terra.
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.658



« Responder #12 : 01 de Abril de 2019, as 09:42:07 »

Exatamente, porque dessa forma eu impeço o loop de terra.
Entendido !
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
Páginas: [1]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.237 segundos com 22 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal