Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 16 de Abril de 2021, as 05:12:52


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  1 [2]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Limpeza em Potenciômetros.  (Lida 4406 vezes)
raphaelCoelho
Freqüente
**
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 421

Obrigado
-Dado: 162
-Recebido: 87



« Responder #15 : 15 de Janeiro de 2021, as 21:51:53 »

Nephilin, eu já usei WD-40 (recomendado pelo próprio fabricante) em um potenciômetro e solucionou o problema de ruído quando se gira o potenciômetro.

Aí quando relatei o sucesso, me deparei com uma chuva de críticas de que não se deve usar WD-40 em potenciômetros porque forma uma gosma que com o tempo junta poeira e prejudica mais que ajuda.

Daí, voltei a usar só o limpa contatos em spray, apesar de saber que é temporário, mas daí a dizer que o limpa contatos pode ser agressivo para as trilhas dos potenciômetros é exagero da sua parte.

Agora, quanto a esse produto Silicone Aerosol da 3M, por ser viscoso cai no mesmo problema do WD-40, ou seja, forma uma gosma que com o tempo junta poeira.

Por isso, não é recomendável usar esse produto que você sugeriu, que é até pior que o WD-40, que pelo menos combate a ferrugem, o que não pode ser obtido com o spray de silicone que diz que impede a ferrugem por criar uma camada protetora, mas que na verdade não combate a oxidação se ela já estiver estabelecida.


Sempre que não consigo o potenciômetro (geralmente os antigos duplos com alguma derivação para o loudness) eu desmonto o mesmo, limpo a trilha com álcool isopropílico, limpo os contatos que deslizam sobre a trilha (geralmente tem alguma oxidação) e após a limpeza eu lubrifico a trilha com graxa de silicone, compro elas em uns potinhos redondos pequenos na eletrônica. Já fiz isso com 36 faders de uma mesa de som e com alguns equalizadores (mais fácil pois os potenciômetros era deslizantes porém abertos). Nunca tive problemas.
O problema com wd40 ou silicones, juntar sugeira, é que a sugeira já está lá, e o potênciometro não foi aberto para ser limpo.
« Última modificação: 15 de Janeiro de 2021, as 21:54:51 por raphaelCoelho » Registrado

Grande abraço, Raphael!
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.978

Obrigado
-Dado: 1674
-Recebido: 362



« Responder #16 : 15 de Janeiro de 2021, as 21:54:38 »

E se o sabão em pó for de outra marca, funciona??

 Cheesy
E o que vocês acham de usar o WD-40?

Uma péssima ideia bem como silicone líquido...
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
A.Sim
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.050

Obrigado
-Dado: 47
-Recebido: 307



WWW
« Responder #17 : 15 de Janeiro de 2021, as 21:57:23 »

Olha... um vez usei outro e não deu bom resultado. Aqui em casa só se usa OMO.

Antes de sair tocando o pau, experimentem. Não acredito que dê certo só para mim.

Ponham de molho, a cada pouco vão lá e girem o eixo para remover a sujeira. Depois do banho, enxaguem bem e sequem no forninho.

Eu lavo placas inteiras de osciloscópio, com chaves e tudo, para retirar a sujeira acumulada pelos anos e a oxidação das chaves.
« Última modificação: 15 de Janeiro de 2021, as 22:01:37 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)

- pelo retorno do tópico "Chinelagem" !
Ramsay
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 872

Obrigado
-Dado: 1
-Recebido: 110



« Responder #18 : 15 de Janeiro de 2021, as 22:10:15 »

O fato é que se a trilha do potenciômetro tiver sulco, aí não tem produto químico que dê jeito, só trocando mesmo.
Agora, quanto a usar graxa de silicone eu penso que cai no mesmo caso do silicone em spray e do WD-40.
A questão é que não existe um consenso global sobre utilizar ou não produtos viscosos em potenciômetros.
Registrado
raphaelCoelho
Freqüente
**
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 421

Obrigado
-Dado: 162
-Recebido: 87



« Responder #19 : 16 de Janeiro de 2021, as 00:58:49 »

O fato é que se a trilha do potenciômetro tiver sulco, aí não tem produto químico que dê jeito, só trocando mesmo.
Agora, quanto a usar graxa de silicone eu penso que cai no mesmo caso do silicone em spray e do WD-40.
A questão é que não existe um consenso global sobre utilizar ou não produtos viscosos em potenciômetros.

Se tiver sulco na trilha, nada adianta. Ja vi passarem lápis pro grafite cobrir, mas não creio que funcione.
Agora, limpeza em potenciômetro, só desmontando. E a graxa de silicone serve exatamente pra 2 coisas:
1 - para que o movimento fique "suave";
2 - a mais importante: evitar o desgaste (criação do sulco) na trilha do potenciômetro, causada pela "paleta" da peça móvel.

-----
Olha... um vez usei outro e não deu bom resultado. Aqui em casa só se usa OMO.

Antes de sair tocando o pau, experimentem. Não acredito que dê certo só para mim.

Ponham de molho, a cada pouco vão lá e girem o eixo para remover a sujeira. Depois do banho, enxaguem bem e sequem no forninho.

Eu lavo placas inteiras de osciloscópio, com chaves e tudo, para retirar a sujeira acumulada pelos anos e a oxidação das chaves.

Uma vez, quase 17 anos atrás, depois de um temporal, uma placa de propaganda voou e quebrou o meu telhado. Resultado: Além do telhado quebrado, um multimetro e um gerador de funções ensopados. Na época lavei as placas com limpol neutro (mesmo que uso para lavar meus LP's) e depois passaram uma tarde no sol. Estão funcionando até hoje.
« Última modificação: 16 de Janeiro de 2021, as 01:02:33 por raphaelCoelho » Registrado

Grande abraço, Raphael!
RuyThonson
Freqüente
**
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 255

Obrigado
-Dado: 104
-Recebido: 61



« Responder #20 : 16 de Janeiro de 2021, as 09:16:49 »

Sempre que não consigo o potenciômetro (geralmente os antigos duplos com alguma derivação para o loudness) eu desmonto o mesmo, limpo a trilha com álcool isopropílico, limpo os contatos que deslizam sobre a trilha (geralmente tem alguma oxidação) e após a limpeza eu lubrifico a trilha com graxa de silicone, compro elas em uns potinhos redondos pequenos na eletrônica. Já fiz isso com 36 faders de uma mesa de som e com alguns equalizadores (mais fácil pois os potenciômetros era deslizantes porém abertos). Nunca tive problemas.
O problema com wd40 ou silicones, juntar sugeira, é que a sugeira já está lá, e o potênciometro não foi aberto para ser limpo.

Faço exatamente esse mesmo processo. Para limpar as palhetas de metal eu uso papel oficio. Geralmente é uma oxidação leve e o papel limpa de boa.

No meu entendimento a "poeira" que fica dentro do potenciômetro é o desgaste do mesmo, uma vez que eles ficam com as cavidades viradas pro chão e ainda sim ela está lá. Então a graxa de silicone acaba por diminuir o atrito e evita criar poeira.
Registrado
A.Sim
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.050

Obrigado
-Dado: 47
-Recebido: 307



WWW
« Responder #21 : 16 de Janeiro de 2021, as 09:25:06 »

A questão é que não existe um consenso global sobre utilizar ou não produtos viscosos em potenciômetros.

Existe, sim: não usar. O fabricante não usa.

Ah, sim, tem a graxa amortecedora no eixo, mas isso é para outro fim.
Registrado

Transformadores Schatz
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)

- pelo retorno do tópico "Chinelagem" !
raphaelCoelho
Freqüente
**
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 421

Obrigado
-Dado: 162
-Recebido: 87



« Responder #22 : 16 de Janeiro de 2021, as 21:32:41 »

A questão é que não existe um consenso global sobre utilizar ou não produtos viscosos em potenciômetros.

Existe, sim: não usar. O fabricante não usa.

Ah, sim, tem a graxa amortecedora no eixo, mas isso é para outro fim.

Não usar algo pelo simples motivo do fabricante não usar é no mínimo controverso Alexandre. Certamente eles não usam sabão em pó para qualquer tipo de limpeza que não seja de roupas, e no entanto o senhor usa e funciona. Eles não usam sabão em pó porque não é preciso limpar potenciômetros novos.
Mas enfim, dentro dos potenciômetros junta sempre alguma sugeira, e ela é sempre "oleosa". Pode ser do eixo que ao longo dos anos escorre pra dentro ou pode ser algum lubrificante usado na confecção. Ou até grafite em pó. Eu sei que da mesma forma que OMO funciona pro senhor, o método que descrevi aqui, funciona pra mim. E tenho alguns equipamentos que fiz o descrito, faz alguns anos e estão funcionando perfeitamente.
« Última modificação: 16 de Janeiro de 2021, as 21:35:04 por raphaelCoelho » Registrado

Grande abraço, Raphael!
Ramsay
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 872

Obrigado
-Dado: 1
-Recebido: 110



« Responder #23 : 17 de Janeiro de 2021, as 17:20:03 »

Citar
A questão é que não existe um consenso global sobre utilizar ou não produtos viscosos em potenciômetros.

Existe, sim: não usar. O fabricante não usa.

Ah, sim, tem a graxa amortecedora no eixo, mas isso é para outro fim.
Conforme eu disse antes o próprio fabricante do WD-40 recomenda o uso em potenciômetros, chaves elétricas, etc.
Vejam o link abaixo: http://wd40.com.br/casa-e-escritorio/
Registrado
A.Sim
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.050

Obrigado
-Dado: 47
-Recebido: 307



WWW
« Responder #24 : 17 de Janeiro de 2021, as 18:04:27 »

Parece que o fabricante dos potenciômetros não concorda com isso.

Amanhã eu escrevo uma aula sobre o assunto.
Registrado

Transformadores Schatz
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)

- pelo retorno do tópico "Chinelagem" !
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.978

Obrigado
-Dado: 1674
-Recebido: 362



« Responder #25 : 17 de Janeiro de 2021, as 22:24:55 »

A continuação do uso de micro óleos em potenciometros não é proibida por lei (ainda...)
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
Nephilin
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 18

Obrigado
-Dado: 21
-Recebido: 4


« Responder #26 : 19 de Janeiro de 2021, as 15:02:54 »

Como disse, já uso o silicone da 3M a alguns anos, e vou continuar usando já que foi o que me deu melhor resultado.
Só partilhei a dica para o caso de precisarem de uma solução alternativa, o certo é analisar a situação do potenciômetro para saber se o melhor a fazer é desmontar, usar alcool isopropílico, graxa de silicone ou até mesmo o silicone aerosol. Já tive prejuízo usando limpa-contatos, dá retrabalho pois resolve apenas por alguns dias (e já perdi potenciometros).
Potenciômetro danificado não tem jeito, é melhor trocar pois é um componente barato que não compensa tentar arrumar.

A propósito, já usei graxa de silicone em outros casos, funciona bem, inclusive em placas de memória RAM (apenas uma fina película) ela evita oxidação por mais tempo.

Abraços.
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.978

Obrigado
-Dado: 1674
-Recebido: 362



« Responder #27 : 24 de Janeiro de 2021, as 19:34:45 »

Potenciômetro danificado não tem jeito, é melhor trocar pois é um componente barato que não compensa tentar arrumar.

Esse sim é o melhor "approach" ! Quando é possível de ser aplicado, não restam dúvidas
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
A.Sim
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.050

Obrigado
-Dado: 47
-Recebido: 307



WWW
« Responder #28 : 24 de Janeiro de 2021, as 19:52:25 »

Eu prometi uma aula a respeito do assunto mas estou sem tempo para organizar o assunto. Mas dá para expor alguns pontos. Por exemplo, o que estraga, no potenciômetro, com o tempo ? Não é a pista resistiva; eu já desmontei muito potenciômetro "nesta vida" e confesso que só vi um ou outro com a pista resistiva gasta. E esse problema é fácil de resolver reposicionado as escovas do cursor para o lado, de forma a que elas toquem novamente a pista resistiva.

O que desgasta em 110% dos casos é sempre o contato do cursor. O cursor é acoplado a um conjunto anel + escova; um desses elementos é fixo e o outro é móvel; depende da construção do potenciômetro. É ali que o problema da raspagem é criado. O anel é de latão recoberto com prata e quando essa cobertura gasta, não há como recuperar definitivamente o potenciômetro. Esses processos de limpeza mencionados anteriormente ( mesmo o OMO e Brasso ) podem até aliviar a situação removendo temporariamente a oxidação no ponto onde a escova toca o anel de contato, mas em pouco tempo a oxidação volta. Lamento, mas a única solução é "repratear" o anel, coisa que evidentemente ninguém aqui está preparado para fazer.

O que é que "dá" para fazer ? Quando o potenciômetro começa a raspar porque ficou sem uso por muito tempo ( caso dos osciloscópios que restauro ) o OMO remove a oxidação da prata, que se formou ao longo do tempo. Às vezes, é pó aglomerado com a graxa amortecedora que migrou do eixo do potenciômetro. Essas sujeiras podem ser removidas e o bom funcionamento do potenciômetro consegue ser restaurado. Como ainda existe prata sob o contato do cursor, o conserto é duradouro. Mas uma vez desgastada a prata do anel do contato móvel, NADA vai restaurar duradouramente um potenciômetro.
« Última modificação: 24 de Janeiro de 2021, as 20:26:31 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)

- pelo retorno do tópico "Chinelagem" !
Páginas:  1 [2]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.065 segundos com 22 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal