Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 25 de Janeiro de 2022, as 01:54:45


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  [1] 2   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Osciloscópio  (Lida 1222 vezes)
mkslwsk
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 138

Obrigado
-Dado: 22
-Recebido: 43


« : 01 de Janeiro de 2022, as 19:40:53 »

Boa tarde a todos e um feliz ano novo!

Possuo atualmente um osciloscópio Agilent DSO1072B, 2 canais, 70MHz e mais do que suficiente para o trabalho regular de um osciloscópio no "debug" de amplificadores, pedais e áudio em geral.

Estou com vontade de fazer caracterização de resposta em frequência de alguns circuitos, e para isso posso utilizar a função FFT do osciloscópio injetando um sinal de ruído branco ou uma varredura de frequências na entrada do circuito e a persistência no display para obter o resultado, porém não consigo obter a informação de fase e além disso é um processo bastante manual e sujeito a falhas.

Estava vendo que os novos osciloscópios da KeySight (linha de instrumentos da Agilent) possuem função de "bode plot" que faz uso do gerador de sinais já integrado e entrega o resultado direto.
Além disso eles possuem gerador de sinais integrado, o que me "economizaria" um equipamento na bancada (que ainda não possuo pois utilizo o computador como gerador de sinais).

Pergunto aos amigos do fórum: alguém já usou esses instrumentos e sabe me dizer se vale a pena o upgrade?
Caso tenham alguma sugestão de alternativa agradeço também por compartilharem.

Obrigado,
Mikhail
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.007

Obrigado
-Dado: 63
-Recebido: 1883


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #1 : 02 de Janeiro de 2022, as 09:57:33 »

Vai no canal do Silvio Pinheiro no Youtube que você vai achar alguns vídeos dele onde ele usa esses recursos no osciloscópio dele, para testar transformadores (mas ele faz uma confusão danada entre resposta de frequência e impedância do transformador).

https://www.youtube.com/c/silviopinheiro

Também no canal do Wagner Rambo (WRKits), ele tem vários vídeos onde ele usa esses recursos do osciloscópio.
« Última modificação: 02 de Janeiro de 2022, as 10:00:45 por xformer » Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
mkslwsk
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 138

Obrigado
-Dado: 22
-Recebido: 43


« Responder #2 : 03 de Janeiro de 2022, as 15:45:14 »

Obrigado xformer.
Realmente já tinha visto algumas utilizações e me parece bastante prático configurar o equipamento, dar o play e aguardar o resultado.

A única forma que vejo de fazer isso com o equipamento que possuo atualmente é utilizando os 2 canais, medindo a entrada do circuito com um e a saída com outro e manualmente (com auxílio dos cursores) aferir as diferenças de amplitude e fase.
Acredito que medindo alguns pontos por oitava seja possível ter uma representação muito boa da resposta em frequência de circuitos de áudio. e eventualmente pegar mais pontos nas regiões onde o circuito apresente algum "joelho" ou alguma elevação, e depois se necessário aproximar o resto utilizando algum modelo matemático.

A minha ideia em princípio é reproduzir alguns gráficos que já conheço para ter um melhor entendimento do seu funcionamento de fato, por exemplo a adição de capacitor de bypass no catodo de um estágio de ganho de um triodo.
Outra coisa que nunca fiz mas seria muito interessante é levantar uma reta de carga AC desse mesmo estágio.
Apesar de conhecer tudo isso muito bem na teoria e já ter montado e depurado diversos circuitos, sempre é bom poder mergulhar um pouco mais nos detalhes.
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.007

Obrigado
-Dado: 63
-Recebido: 1883


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #3 : 03 de Janeiro de 2022, as 16:16:14 »

Existe um método de medir a defasagem usando osciloscópio com 2 canais que é por figuras de Lissajous.  Você coloca o sinal de entrada senoidal no canal 1 e o sinal de saída no canal 2 configurado como eixo X.  A fase vai alterar o formato da figura formada, que serão traços diagonais, elipses ou círculo. A amplitude de saída será a largura no eixo X.  Era assim que ensinaram na escola.





« Última modificação: 03 de Janeiro de 2022, as 19:49:22 por xformer » Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
mkslwsk
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 138

Obrigado
-Dado: 22
-Recebido: 43


« Responder #4 : 07 de Janeiro de 2022, as 13:21:43 »

Obrigado xformer.

Foi assim que aprendi também, no caso era em um osciloscópio analógico ainda mas no digital é bem mais fácil pelo fato dos cursores fazerem boa parte do trabalho de medição.

Vou experimentar neste fim de semana fazer algumas medições em um filtro simples só para ver o tamanho do esforço.
Mas já estou pensando em tirar vantagem do sistema de captura e exportação em CSV do osciloscópio para automatizar isso também.

No meu caso o osciloscópio consegue salvar 8k pontos por canal por captura. Se eu conseguir criar alguns sinais que contenham informação suficiente e caibam nesses 8k pontos, posso automatizar as capturas e depois fazer a análise/comparação em software.
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.007

Obrigado
-Dado: 63
-Recebido: 1883


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #5 : 07 de Janeiro de 2022, as 17:51:59 »

Não sei se você vai abrir e analisar os dados CSV numa planilha Excel (ou outra spreadsheet), que é o que eu faria. Mas dependendo da quantidade de frequências que você capturar, isso pode ser trabalhoso.

Uma alternativa é usar algum script em Python para abrir os arquivos CSV e automatizar a tabela de resposta de frequência e fases.  Procure na internet que há alguns programas em Python para isso (ou se programar em Python, escreva o seu).
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
mkslwsk
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 138

Obrigado
-Dado: 22
-Recebido: 43


« Responder #6 : 16 de Janeiro de 2022, as 01:08:19 »

A ideia é fazer um script em Python mesmo para análise destes dados.

Apenas hoje consegui realizar a coleta de dados de exemplo. Por conta da chuva acabei não conseguindo realizar uns trabalhos externos e me sobrou um tempo!
Montei um circuito RC simples com um capacitor de 10nF e um resistor de 10k.

Coletar as amostras em CSV deu um certo trabalho, ainda mais por alguns detalhes na interface do osciloscópio que exige muitos apertos de botões para realizar a gravação do arquivo.
Comecei fazendo de 10 em 10Hz (a ideia era ter 10 pontos por década) porém logo pulei uma série de frequências já que por enquanto isso tudo é apenas um experimento para ver se vale a pena ou não.

Durante a semana devo progredir com o script e assim que tiver um resultado compartilho por aqui.
Os parâmetros que já tomei nota para fazer a análise em cada arquivo são:
1. Amplitudes
2. Diferença de fase
3. THD

E com isso vou poder montar gráficos de cada parâmetro em função da frequência.
Registrado
Questão
Usuário suspenso
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 118

Obrigado
-Dado: 0
-Recebido: 16



« Responder #7 : 21 de Janeiro de 2022, as 08:33:55 »

cara, um osciloscópio digital é a apoteose da instrumentação moderna. é versátil e preciso o suficiente pra fazer qualquer coisa, obviamente dentro das limitações do dispositivo em si.

essas firulas do fabricante você pode emular com um script mandando comandos scpi, os dados você pega por rede, passa uma transformada de fourier, identifica a frequência principal e calcula a fase em relação à entrada. dá pra fazer um bode plot apertando um botão.
Registrado
A.Sim
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.155

Obrigado
-Dado: 68
-Recebido: 328



WWW
« Responder #8 : 21 de Janeiro de 2022, as 09:44:05 »

cara, um osciloscópio digital é a apoteose da instrumentação moderna. é versátil e preciso o suficiente pra fazer qualquer coisa, obviamente dentro das limitações do dispositivo em si.

Ehehe... o que é o marketing.

Para ajustar a compensação do atenuador de entrada de uma dessas maravilhas, eu precisei usar um osciloscópio analógico, pois era impossível achar o ponto ótimo do ajuste olhando o sinal na tela da "maravilha"....
« Última modificação: 21 de Janeiro de 2022, as 09:45:13 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)

- pelo retorno do tópico "Chinelagem" !
xformer
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6.007

Obrigado
-Dado: 63
-Recebido: 1883


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #9 : 21 de Janeiro de 2022, as 13:21:40 »

cara, um osciloscópio digital é a apoteose da instrumentação moderna. é versátil e preciso o suficiente pra fazer qualquer coisa, obviamente dentro das limitações do dispositivo em si.

Uma coisa que os digitais em geral não tem, é a entrada Z, que controla o brilho do feixe. Algumas animações que o pessoal faz com uma trilha de áudio estéreo (entrando nos canais X e Y) ou videogames para tela de osciloscópio, só com os analógicos.  

https://www.youtube.com/watch?v=ZaTuFB5QXHo

https://www.youtube.com/watch?v=opy2YYgtyNw

« Última modificação: 21 de Janeiro de 2022, as 13:30:25 por xformer » Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
A.Sim
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.155

Obrigado
-Dado: 68
-Recebido: 328



WWW
« Responder #10 : 21 de Janeiro de 2022, as 21:27:31 »

Olá.

Não têm entrada Z, não têm resolução, a imagem é feia e toda quadriculada, formas de onda sempre sujas com o ruído de quantização, modo X-Y que não funciona ( quando tem, e nesse caso, não se consegue ver nada que presta na tela ), menus infinitos para se acessar as funções. Quer mais, ou chega ?

O que têm de bom ? São baratos, descartáveis e permitem guardar a garatuja mostrada na tela pelo USB.
« Última modificação: 21 de Janeiro de 2022, as 21:44:02 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)

- pelo retorno do tópico "Chinelagem" !
Questão
Usuário suspenso
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 118

Obrigado
-Dado: 0
-Recebido: 16



« Responder #11 : 21 de Janeiro de 2022, as 23:30:53 »

Para ajustar a compensação do atenuador de entrada de uma dessas maravilhas, eu precisei usar um osciloscópio analógico, pois era impossível achar o ponto ótimo do ajuste olhando o sinal na tela da "maravilha"....

O problema é querer comparar um hp que custava o equivalente a um corcel 2 completo na época com um siglend da vida que os chinês vende a mil real no aliexpress.
Não entendi o que você tava ajustando, mas duvido que não ia conseguir fazer com um equipamento moderno decente.

Uma coisa que os digitais em geral não tem, é a entrada Z, que controla o brilho do feixe. Algumas animações que o pessoal faz com uma trilha de áudio estéreo (entrando nos canais X e Y) ou videogames para tela de osciloscópio, só com os analógicos. 

Eu também acho os efeitos analógicos mais bonitos, mas isso já não é instrumentação, é uma brincadeira só. Como equipamento de instrumentação nada supera um osciloscópio digital.

Olá.

Não têm entrada Z, não têm resolução, a imagem é feia e toda quadriculada, formas de onda sempre sujas com o ruído de quantização, modo X-Y que não funciona ( quando tem, e nesse caso, não se consegue ver nada que presta na tela ), menus infinitos para se acessar as funções. Quer mais, ou chega ?

O que têm de bom ? São baratos, descartáveis e permitem guardar a garatuja mostrada na tela pelo USB.

O cara não se garante nos menus do digital e vem reclamar 
Novamente você está comparando coisas diferentes. Eu vi numa exposição faz algum tempo um agilent desses brutais, e cara, a tela era linda. Alta resolução, respondia na hora, sem delay, e ainda era touch screen. Caro? Lógico, mas daqui uns anos será o padrão.
E ruído de quantização pra 10bit de adc é -60db, nem dá pra ver.
Registrado
Electric Effects
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.939

Obrigado
-Dado: 352
-Recebido: 376



WWW
« Responder #12 : 22 de Janeiro de 2022, as 08:12:04 »

Em relação ao brilho das linhas dos osciloscópios analógicos, os digitais possuem algo "similar" que seria esse "waveform intensity". Isso realmente dá uma sensação de atenuação no ruído que também é presente nos osciloscópios analógicos.

https://youtu.be/Znwp0pK8Tzk?t=895
Registrado

Membro do Núcleo de Pesquisa em Eletrônica de Potência - NUPEP - UFU
A.Sim
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.155

Obrigado
-Dado: 68
-Recebido: 328



WWW
« Responder #13 : 22 de Janeiro de 2022, as 11:24:43 »

O problema é querer comparar um hp que custava o equivalente a um corcel 2 completo na época com um siglend da vida que os chinês vende a mil real no aliexpress.
Não entendi o que você tava ajustando, mas duvido que não ia conseguir fazer com um equipamento moderno decente.

O HP era um osciloscópio, ao invés de um brinquedo que muitas vezes é caro. Eu estava ajustando o atenuador de entrada; é aquele conjunto de resistores e capacitores, associado à chave de seleção de V/div. Talvez o colega não conheça...

Para ajustá-lo no ponto ótimo, eu precisei ver a forma de onda após o buffer de entrada com um osciloscópio de verdade ( analógico, claro ) pois a tela do brinquedo não me permitia achar o ponto de ajuste ótimo.

O cara não se garante nos menus do digital e vem reclamar

Não é o caso, já que praticamente nasci com uma ponta de prova de osciloscópio na mão. Analógico, claro. Eu fui criado olhando formas de onda que "prestam".


Novamente você está comparando coisas diferentes. Eu vi numa exposição faz algum tempo um agilent desses brutais, e cara, a tela era linda. Alta resolução, respondia na hora, sem delay, e ainda era touch screen. Caro? Lógico, mas daqui uns anos será o padrão.
E ruído de quantização pra 10bit de adc é -60db, nem dá pra ver.

Há um Tektronix que custou uns R$ 100.000,00 na escola onde trabalho. Coisa animal; quatro canais, 500 MHz, tela colorida; tem até um pouco mais de botões no painel para facilitar o uso. A imagem ? Ruim. Quadriculada. Ruído. Parece que os -60 dB não resolvem o problema.

Como disse um parceiro meu: os instrumentos digitais procuram chegar, hoje, perto daquilo que os analógicos já faziam há 30 anos.
« Última modificação: 22 de Janeiro de 2022, as 11:31:27 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)

- pelo retorno do tópico "Chinelagem" !
Questão
Usuário suspenso
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 118

Obrigado
-Dado: 0
-Recebido: 16



« Responder #14 : 22 de Janeiro de 2022, as 15:10:15 »

A imagem ? Ruim. Quadriculada. Ruído. Parece que os -60 dB não resolvem o problema.

O quadriculado aparece quando você dá zoom numa forma de onda que já foi adquirida, obviamente ele não pode aumentar a resolução daquela parte. Os analógicos são tão incríveis que resolvem esse inconveniente pelo simples fato de não poderem salvar uma forma de onda. Mágyco.

Como disse um parceiro meu: os instrumentos digitais procuram chegar, hoje, perto daquilo que os analógicos já faziam há 30 anos.

Toda tecnologia tem seus prós e contras. Quando os primeiros monitores lcd saíram eles eram ridículos, lentos, reprodução de cor terrível, ângulo de visualização super estreito, profundidade de brilho muito abaixo de suas contrapartes crt. Hoje estou aqui usando um computador numa tv 42 full hd 16x9. Ainda tem viúvas de crt que vão falar que o ips ou brilho da sua tv de 1990 eram melhores que a minha, mas eu abro mão disso com prazer só pelo fato de não precisar de um trator pra carregar a minha e ela não chupar 1kwh de energia. Uma hora as vantagens superam as desvantagens.
Registrado
Páginas:  [1] 2   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.084 segundos com 22 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal