Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 05 de Abril de 2020, as 10:55:52


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  1 [2] 3 4 ... 24   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: TBP-1 Pré Amplificador para contrabaixos  (Lida 42578 vezes)
kem
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Mensagens: 4.708



« Responder #15 : 13 de Agosto de 2011, as 12:09:54 »

Que tal fazer com FETs
Tem um esquema de um tal de Albert Kreuzer que li bastante coisa boa na internet. Ele cita no artigo original que necessario mesmo é só a parte de cima do esquema. Pode-se eliminar o resto (tone stack, saidas extras). Isso simplifica o circuito e diminui ruido.
Ta ai o esquema...



-----
« Última modificação: 13 de Agosto de 2011, as 12:13:05 por kem » Registrado

I don't want to die young...
I want to diode!
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.746



« Responder #16 : 13 de Agosto de 2011, as 12:22:23 »

Inspirações:

Nunca vi amp de baixo com dois canais. De qualquer forma, podemos começar com um canal e se precisar de outro, fazemos uma variação do primeiro.

Sugiro a possibilidade de um controle de boost, equalizações diversas e etc. Ou seja, basicamente os seguintes controles:

ganho - Grave - Médios Paramétrico 1 (freq + amplitude) - Médios Paramétrico 2 (freq + amplitude) - Agudo - Vol1 - Vol do Boost

Depois podemos agregar outros estágios.

A questão da fonte acho que devemos usar fontes simétricas de 12+12V ou 15+15V

Estava pensando nisso ontem, realmente eu nunca vi amplificador de baixo com dois canais, mas quem disse que não podemos criar o primeiro ?? Isso será muito ousado! E sobre a equalização acho que essa parte é o calcanhar de aquiles do baixo e deve ser tomado um maior cuidado, mas gosto muito da ideia do equalizador paramétrico. E sobre a fonte eu apoio a ideia da alimentação simétrica em 15+15! Como é um pré pra baixo que tal se fizermos com um daqueles opamps da série OPA ? Ou ainda com Jfets ? Sei lá muitas ideias pipocando na minha cabeça ao mesmo tempo.
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
hgamal
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 3.796



« Responder #17 : 13 de Agosto de 2011, as 12:43:18 »

O estágio de ganho do pré do site parece adequado. Isto consume um op-amp. Mas poderíamos adicionar aqui alguma componente não linear. Pensei no pentodo usado no Bay Wonder. Não sei se o Eduardo lê esta seção, mas... Poderíamos alimentar com uns 200V...

O controle de graves e agudos também. Cada um consome um op-amp. Vamos estabelecer quais as frequências de corte!

Cada paramétrico, consome dois op-amps. Quais seriam as frequências de corte?
Registrado

Deus salva... e o Rock alivia! Ainda está em tempo do Rock 'n' Roll te salvar
Anderson Matusita
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 122



« Responder #18 : 13 de Agosto de 2011, as 12:51:35 »

Acho que deveria ser em 9 vcc, pois poderiamos usar ele como pedal.
Registrado
Epron
Visitante
« Responder #19 : 13 de Agosto de 2011, as 12:53:26 »

Alguem ja construiu um desse aí do Albert Kreuzer ?
Ficou bom ? Coloquei ele no meu projeto... acho que o meu layout ficou muito melhor do que a do site... coloquei todos os componentes na placa de forma organizada... vou construir e vou testar... =)

Abçs!
Registrado
kem
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Mensagens: 4.708



« Responder #20 : 13 de Agosto de 2011, as 13:06:46 »

Epron, eu não construi, mesmo porque não toco baixo, mas li muita coisa boa sobre ele na internet.
Uma variação que o proprio autor recomenda é utilizar somente a parte de cima do pré, que é a principal.
Eu fiz um PCB com essa modificação (só pra treinar). Se quiser, te mando ela (não consigo mais anexar nada aqui no forum).
Registrado

I don't want to die young...
I want to diode!
GrAmorin
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 3.356



WWW
« Responder #21 : 13 de Agosto de 2011, as 14:50:25 »

Nunca vi amp de baixo com dois canais.
Estava pensando nisso ontem, realmente eu nunca vi amplificador de baixo com dois canais, mas quem disse que não podemos criar o primeiro ?? Isso será muito ousado!

Nao sei se pode ser considerado, o mais proximo disso que ja vi, foi um amp que tinha 1 entrada valvulada e outra estado solido.
Se nao me engano era um Hartke.

Mas nada impede do Handmades lancar o primeiro...

Um palpite, poderia se colocar uma opção de plugar baixo passivo e ativo com um botãozin junto ao IN do pré...

... ahhh Um afinador com um display seria ótimo, calma pessoal tô brincando!!! Cheesy
Assim ja é melhor incluir um FX DSP  Cheesy
Mas a ideia de entrada passiva e ativa é boa, seja entrada separada ou uma entrada selecionavel por chave...
Eu ia sugerir isso, mas voce foi mais rapido.  Cheesy
O que importa é que a ideia é valida. Legal!

O ponto critico de um bom pré, seja para guitarra, baixo, voz, ou que for, fica por conta do EQ.
Se precisar, tenho esquemas de pre´s para baixo, e de pedais de EQ. para baixo, para ser usado como referencia.

Sobre o uso de valvulas, na minha opiniao isso encareceria um pouco, e deveriamos fazer inicialmente um pre acessivel a maioria.
E depois, ou paralelamente, lancar como um encremento..
O uso da serie OPA pode encarecer um pouco, e nao se encontra com facilidade (Ref.OPA 2134).
Mas como a pinagem é a mesma dos convencionais op.amps, quem quiser, e tiver acesso a esse OPA, substitua por ele.

A alimentacao nao ficara boa com 9V.
Como o Plautz ja citou mais acima, alimentacao com terra virtual nao é legal.
O Ideal é usar alimentacao simetrica mesmo.
Em alguns testes que ja fiz (pre de guitarra) a 15 + 15 apresenta melhor desempenho...
Registrado

Chris
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.819


Shut Up 'n Play Yer Guitar!


« Responder #22 : 13 de Agosto de 2011, as 15:38:12 »

Galera
acho que implementar o controle de Médios Paramétrico 1 (freq + amplitude) - Médios Paramétrico 2 (freq + amplitude)
no pré clean já vai ficar bom, e a entrada ativo/passivo nem precisa já que da pra adequar isso ao controle de ganho do pré
Registrado

Shut Up 'n Play Yer Guitar!
plautz
Visitante
« Responder #23 : 13 de Agosto de 2011, as 15:40:12 »

Acho que deveria ser em 9 vcc, pois poderiamos usar ele como pedal.

Você leu e compreendeu sobre o que estamos discutindo?

Não é pedal. É pré-amplificador.

9 volts não presta para alimentar pré amplificador decentemente.
Registrado
bec2010
Visitante
« Responder #24 : 13 de Agosto de 2011, as 15:45:12 »


Para o baixo é possível fazer isto, mas ia precisar de um baixista paciente e que soubesse muito o que quer. Ou seja, preciso deste baixista para trocar ideias, experimentar, discutir, etc.

Me arruma dois ou  três baixistas empolgados, comprometidos e que tenham tempo de montar algo três quatro vezes as variações do circuito que a gente conversa. Mas em um outro tópico.


Chamaram um baixista experiente, estou aqui.
Como sou apenas hobista e iniciante em eletronica não me arrisco em montagens experimentais, e nasceu minha filha semana passada daí estou totalmente sem tempo para me comprometer com algo.
Mas me coloco à disposição em fazer testes de protótipos...

Em falando-se de contrabaixo GK é unaminidade entre os baixistas, e o estudo dos projetos da GK, especialmente os famosos 400RB e 1001RB devem ser de algum proveito para o projeto do site, eu achei uns arquivos chamados "service manual" desses equipamentos, são uns arquivos originais da fábrica extremamente completos, que tem desde esquemas, pcb e listas de componetes, se vocês acharem interessante:

http://www.4shared.com/get/MMBsiBpU/GallienKrueger_Pre_Amplificado.html
http://www.megaupload.com/?d=7LUHNN7N

Tem muita coisa boa mesmo no material referido, vale a pena conferir.






-----
Antes que me perguntem o porque de TBP eu quero deixar bem claro que é somente uma singela homenagem ao TSW e que TBP significa The Bass Preamp  Cool E de forma alguma esse precisa ser o nome final do projeto.

Se aceitarem uma sugestão, ficaria bem melhor melhor TSWB ou TSW-B (The Secret Weapon Bass)  
« Última modificação: 13 de Agosto de 2011, as 15:50:55 por bec2010 » Registrado
andrefreitas
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 711



« Responder #25 : 13 de Agosto de 2011, as 15:51:15 »

a ideia com fet seria uma coisa legal, até por que poderia também usar tensoes perto de 30v (máximo) como o Black Face FET... mas ai tira um pouco a ideia da fonte simétrica... mas seria uma opçao boa e barata por que da pra usar o transformador (de 12v dando 24v) sem o CT...
Registrado
Scorpion
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.888



« Responder #26 : 13 de Agosto de 2011, as 15:57:08 »

Tem que ter um filtro passa faixa. O problema é que nunca sei a faixa de frequencia de atuação do baixo.

isso seria interessante para uso de duas caixas

-----

Cada paramétrico, consome dois op-amps. Quais seriam as frequências de corte?


que tal 400 e 800 hz

acho essas regioes interessantes para contrabaixo
« Última modificação: 13 de Agosto de 2011, as 16:00:31 por Scorpion » Registrado
bec2010
Visitante
« Responder #27 : 13 de Agosto de 2011, as 16:14:44 »

Indispensável num preamp de baixo que se preze uma entrada para baixo ativo e outra para baixo passivo, ou melhor ainda, uma chavinha SPDT para selecionar ativo/passivo.

Um controle paramétrico de médios ficaria excelente.

Alimentação simétrica por favor, todos projetos profissionais que vi são assim.

Compressor ou simulação de válvula integrados no pré como nos Hartke seria uma boa pedida.

Saída de linha balanceada também é uma coisa que todos os equipos profissionais tem.

E acho que não é necessário filtro passa-baixas pois a maioria provavelmente irá montar o pré para utilizar com caixas simples, de somente um falante, e não com caixas 4x10 e 1x15 combinadas.

E já tive um cabeçote 800RB que tinha filtro passa-baixas, mas nunca gostei, usava desligado, esse filtro ligado mudava o timbre, ficava estranho, não vejo necessidade desse filtro, que se não me engano somente os GK tem.
Registrado
Anderson Matusita
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 122



« Responder #28 : 13 de Agosto de 2011, as 16:37:24 »

Todos os amplificadores que ja toquei tem duas entrada, para ativo e para passivo. Se colocarmos essa chave acho interessante. Mas acho que isso é a gosto do fregues.
Registrado
hgamal
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 3.796



« Responder #29 : 13 de Agosto de 2011, as 18:36:28 »

Senhores,

Segue minha proposta para os estágios de entrada e controle de graves e agudos. Centrei os graves em 50 Hz e os agudos em 4500 Hz. O ganho são singelos 20 dB. Gostaria que alguém montasse este circuito em um protoboard ou placa padrão e experimentasse.

Para ligar o estágio de entrada no controle de tom, deve-se usar apenas um dos capacitores não polarizados (10uF) que aparecem no circuito. A parte em branco simboliza o que ainda falta. Usei neste circuito capacitores eletrolíticos não polarizados, pois, hoje em dia, eles são fáceis de achar.

A filosofia é a mesma do pré do site. O estágio de ganho destina-se a adequar a fonte - baixos com saída altas e baixas. A ideia também é a mesma. Neste primeiro momento, ter um circuito ultraclean com bom headroom. Deve-se alimentar o circuito com uma fonte simétrica de pelo menos 12+12V.

Os próximos estágios seriam a seção de paramétricos e o circuito "não linear" (com a válvula 6AU6).

Somente irei adiante no projeto após a experimentação do circuito apresentado em protoboard ou placa padrão. Como não sou baixista, aguardo que um dos que se comprometeram aqui leve a experimentação adiante.

O esquema está em kicad. Padrão do usado pelo G4 hoje em dia.

http://gamal.com.br/TBP1/TBP1.zip
Registrado

Deus salva... e o Rock alivia! Ainda está em tempo do Rock 'n' Roll te salvar
Páginas:  1 [2] 3 4 ... 24   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.111 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal