Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 15 de Setembro de 2019, as 23:26:40


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas: [1]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Uso de E.V.A. em tratamento acústico  (Lida 9740 vezes)
diego.fcs
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 836



« : 10 de Março de 2016, as 20:00:21 »

Fiquei um tempo sem fazer ensaios em meu pequeno estúdio em casa, então acabei meio que tirando uns colchões que eu tinha como tratamento acústico (até que quebrava um galho), e recentemente, voltei a fazer um ensaio, desta vez sem os colchões, somente o tapete no chão, e deu muita reverberação na sala e o som não estava bom quanto antes.

Quero muito fazer um tratamento acústico em minha pequena sala, sei que isolamento não vou conseguir, pelo tamanho e também pelo investimento, os colchões eu tirei pois a espuma pega muito cheiro, e para limpar é complicado, a tradicional espuma tipo "casca de ovo" também não estou muito afim de colocar, quem já teve problemas com rinite alérgica vai entender muito bem o que to falando.

A idéia é só dar um "trato", nada profissional, e pesquisando pela internet, achei esse tapetes de EVA e achei bem interessante, será que se fizer um revestimento nas paredes com esse produto já melhora bem?

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-715445733-tapete-eva-bebe-tatame-academia-piso-escola-quarto-50x50x1cm-_JM#D[S:HOME,L:RECOMITEM-CORE-UNO-RECOMMEND-DEFAULT,V:4]
Registrado

Parem o mundo que eu quero descer.
Guilherme
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 828


Rock On


« Responder #1 : 10 de Março de 2016, as 20:16:27 »

Diego, não custa nada lembrar da boate Kiss em Santa Maria - RS, certo ?

Morreram duzentos e tantos por causa de um bando de irresponsáveis e por causa de espuma de poliuretano, que é bem barato.

Preste bem atenção nos materiais que você pretende usar no tratamento acustico do seu Home Studio.

Registrado

Blues, Jazz, Rock....cortados do mesmo pano.
Antonio de Campos Junior
Freqüente
**
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 432



« Responder #2 : 10 de Março de 2016, as 20:53:37 »

Diego,
O ideal para um estúdio é que se tenha irregularidades no formato da "caixa" - ou seja, que o quarto em si não seja um retângulo.  Uma parede mais puxada, alguns "cantos" quebrados ou "arredondados" ajudam bastante quanto à reverberação.  Talvez utilizando um papelão mais grosso dá para implementar algumas "modificações" no formato do ambiente.  Claro que, se o espaço é pequeno, vai diminuir um pouquinho mais, porém o resultado pode ser legal. 
Outro item, é que tem que ter algum material que "absorva" o som.  Neste caso não tem jeito, tem que gastar um pouco com material apropriado, ou improvisar outro colchão.
Tente com um colchão inflável - pelo menos dá pra tirar pra lavar fácil e vai ajudar a absorver o som.
Boa sorte!
Registrado

Os políticos e as fraldas devem ser trocados sempre, e sempre pelos mesmos motivos!
diego.fcs
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 836



« Responder #3 : 11 de Março de 2016, as 09:42:24 »

Guilherme, isso já pensei bastante, inclusive de comprar um extintor e deixar em um lugar acessível.

Antonio, um dos problemas dessa sala é esse, é praticamente um cubo, e o teto é baixo, outra coisa que pensei é algo desse tipo:
http://www.acustica.ind.br/Acortinado.htm

Registrado

Parem o mundo que eu quero descer.
rodlburigo
Freqüente
**
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 387



« Responder #4 : 11 de Março de 2016, as 11:32:05 »

Diego,
Quando você for escolher o material, além de escolher algo que absorva o som, tem que escolher algo autoextinguível ao fogo e que não gere fumaças tóxicas, pois neste caso não daria tempo nem de pegar o extintor!! O gás produzido na boate Kiss foi o mesmo utilizado nas câmaras de gás da segunda guerra!!!  Huh?
Registrado

Mesmo a maior jornada começa com o 1º passo!
Rodrigo.
Antonio de Campos Junior
Freqüente
**
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 432



« Responder #5 : 11 de Março de 2016, as 12:52:06 »

Antonio, um dos problemas dessa sala é esse, é praticamente um cubo, e o teto é baixo, outra coisa que pensei é algo desse tipo:
http://www.acustica.ind.br/Acortinado.htm

Pelo material e propaganda, com certeza vai dar um resultado satisfatório.
Apenas tome cuidado com as ligações elétricas, do tipo: não sobrecarregar tomadas; evitar utilizar benjamins, T´s e outras "gambiarras" nas tomadas; utilizar um quadro de disjuntores só para esta sala;... ou seja, ficar esperto com possíveis geradores de faíscas no local.
Quanto ao extintor, coloque um que possa ser utilizado em eletricidade, Classe de Fogo "C".
Abraços
Registrado

Os políticos e as fraldas devem ser trocados sempre, e sempre pelos mesmos motivos!
stash
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 239


« Responder #6 : 11 de Março de 2016, as 14:17:26 »

Uma vez gravei num estúdio que em algumas paredes de alvenaria tinha um material semelhante ao jateamento de celulose (indicada no site da Acustica que é mencionado).. a pessoa na época disse que o custo era muito mais baixo que as espumas acústicas e o resultado era muito bom (visto que a sala de gravação era grande, imagino que tinha uns 48 metros quadrados (8 x 6 metros).

Este estúdio tinha alguns revestimentos acústicos/materiais bem particulares e baratos, como sobreposição de madeiramento nas parede de madeira (fazendo algo como um sobe e descel ( uma representação feinha _|-|_|-|_ ) em madeira). Sobre isto, ainda tinha uma espécie de cortinas (tinha algumas camadas e com várias densidades nos materiais). O resultado diste revestimento "com sérias restrições orçamentárias" era ótimo.
Registrado
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.709



« Responder #7 : 11 de Março de 2016, as 15:28:05 »

Senhores, EVA (etileno vinil acetato) e espuma de poliuretano são materiais diferentes.
O EVA autêntico não emite fumaça tóxica e não propaga chama (ao contrário do PU).
Mas não posso afirmar que as placas de EVA que se compra por aí são "de verdade".
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
Ramsay
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 807



« Responder #8 : 11 de Março de 2016, as 22:35:18 »

Pessoalmente falando eu não boto lá muita fé na capacidade de isolação térmica do EVA. Pode até atenuar, mas, nada que se compare a outros materiais de isolação térmica conhecidos.
Posso estar errado, mas, até prova em contrário...
Edit:
Eu pensei uma coisa e teclei outra. Na verdade estava querendo dizer isolação acústica.
« Última modificação: 13 de Março de 2016, as 17:22:30 por Ramsay » Registrado
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.709



« Responder #9 : 12 de Março de 2016, as 19:07:47 »

Isolação térmica?!? O Diego estava falando em isolação acústica...

Diego, se as medidas da sua sala permitirem que você as "encolha" uns 15 cm no total (as 3 medidas), pense em fazer uma "parede dupla" afastada um pouco da alvenaria. Podes usar placas e estruturas metálicas de drywall (1 cm de espessura, ou perto disso), que não são muito caras (se bobear, gastas menos do que fazendo gambiarras com materiais "alternativos"). Por dentro você coloca algum absorvente acústico (talvez manta acrílica ou lã de vidro, como vai ficar "trancado" por trás do drywall, não deve afetar sua alergia). Bem acabado e pintado, fica muito bom esteticamente.

Sugiro também algum aparelho tipo "Sterilair", que ajuda a evitar mofo e ácaros.
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
diego.fcs
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 836



« Responder #10 : 13 de Março de 2016, as 19:53:17 »

Finck, pois é, tem umas placas de gesso que dá para fazer isso, minha sala tem 3,65x3m e com 2,40m de altura, é bem apertado, vejo que não tem muito pra onde fugir, vou ter que acabar investindo mais mesmo, inclusive com ar-condicionado, pois ensaiamos em 5.
Registrado

Parem o mundo que eu quero descer.
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.709



« Responder #11 : 13 de Março de 2016, as 22:42:59 »

Pensei agora em caixas de ovos de papelão, como se fazia nos anos 50...
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
stash
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 239


« Responder #12 : 15 de Março de 2016, as 08:26:55 »

e as caixas de papelão (de ovo) funcionam relativamente bem hehehe
Registrado
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.709



« Responder #13 : 15 de Março de 2016, as 10:50:59 »

E podem ser pintadas, e ficam com aspecto vintage...


Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
Páginas: [1]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.146 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal