Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 18 de Agosto de 2019, as 16:42:48


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  [1] 2   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Venda de guitarras despenca 80% em cinco anos no Brasil  (Lida 2064 vezes)
kem
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Mensagens: 4.679



« : 17 de Fevereiro de 2018, as 15:15:32 »

http://www.tenhomaisdiscosqueamigos.com/2018/02/16/venda-guitarras-queda/amp/
É... Nosso hobby vai de mal a pior.  Sad
Registrado

I don't want to die young...
I want to diode!
alambike
Freqüente
**
Offline Offline

Mensagens: 368


Saravah !


« Responder #1 : 17 de Fevereiro de 2018, as 15:21:16 »

É uma pena se for verdade, mas uma questão que não foi levantada é o comércio de instrumentos usados. Quando eu iniciei na escola de música foi com um instrumento usado e não com uma Fender American
Registrado
Matec
Administrator
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.174



« Responder #2 : 17 de Fevereiro de 2018, as 15:33:36 »

Para qualquer tipo de hobby, precisa haver dinheiro sobrando no bolso. Não só as guitarras, mas pedais, amplificadores e outros acessórios ficam parados nas prateleiras. Inclusive produtos handmade.
Não é à toa que se nota uma queda de novos projetos aqui no fórum também.

Porém, vamos ter pensamento positivo e aguardar que a situação melhore.

 Sad
Registrado
kem
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Mensagens: 4.679



« Responder #3 : 17 de Fevereiro de 2018, as 16:20:12 »

Acho difícil uma reversão nesse quadro, pelo menos nas próximas décadas.
Os jovens não querem mais ter banda de rock. Ninguém quer mais tocar guitarra.
Registrado

I don't want to die young...
I want to diode!
Matec
Administrator
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.174



« Responder #4 : 17 de Fevereiro de 2018, as 16:29:03 »

Isso já aconteceu antes. No final dos anos 70 não havia tanto interesse no Rock (pelo menos por aqui), depois, no começo dos anos 80 houve uma explosão. Não sei se isso vai se repetir. Mas é possível.
 Shocked
« Última modificação: 17 de Fevereiro de 2018, as 16:31:15 por Matec » Registrado
GuitarCris
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.221



« Responder #5 : 17 de Fevereiro de 2018, as 16:36:57 »

Todos os hobbies estão sofrendo uma queda...ando de autorama e participo de competições. Ano passado chegou a ter 32 pilotos em um campeonato na pista o de ando. hoje o número caiu para no máximo 20 pilotos.
Motivo? Grana.....todos reclamam. Lá andam as mais variadas áreas de trabalho, engenheiro, veterinário, empresário....etc. todos se queixam da atual situação.
Com os instrumentos musicais a coisa fica parecida.
Trabalhei na Music Maker.....recebiamos inúmeras guitarras para regulagem, pintura e outros serviços por dia.
Hoje o número caiu muito, da para botar que só quem trabalha com música que mantém uma frequência na manutenção do seu instrumento.
Muitos antes trocavam cordas de 3 em 3 meses.
Hoje tem gente que fica um ano (claro que no caso hobbie).
Além de tudo temos o agravante da despencada que a música no Brasil sofreu.....

Realmente triste.
Registrado

Em busca do drive perfeito!!!
Diego Bueno
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 156



WWW
« Responder #6 : 18 de Fevereiro de 2018, as 15:06:31 »

O que GuitarCris disse é verdade, inclusive na área de aeromodelismo. Participo de um fórum sobre esse tema, e o número de novas construçoes caiu bastate, afora problemas com Importações de peças, pela demora na entrega e, principalmente, por lojas no exterior nao enviarem mais baterias para o Brasil (e os valores por aqui estão absurdamente caros).
Registrado
kem
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Mensagens: 4.679



« Responder #7 : 18 de Fevereiro de 2018, as 20:59:13 »

...por lojas no exterior nao enviarem mais baterias para o Brasil...
De quem foi essa ideia de girico?!?
Registrado

I don't want to die young...
I want to diode!
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.668



« Responder #8 : 18 de Fevereiro de 2018, as 21:56:53 »

O que GuitarCris disse é verdade, inclusive na área de aeromodelismo. Participo de um fórum sobre esse tema, e o número de novas construçoes caiu bastate, afora problemas com Importações de peças, pela demora na entrega e, principalmente, por lojas no exterior nao enviarem mais baterias para o Brasil (e os valores por aqui estão absurdamente caros).

Esse problema afeta nossa área em cheio! Tente ir no ebay e comprar válvulas recentemente..
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
kem
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Mensagens: 4.679



« Responder #9 : 18 de Fevereiro de 2018, as 22:47:47 »

Esse problema afeta nossa área em cheio! Tente ir no ebay e comprar válvulas recentemente..
Comprar até que não é dificil. Receber é que são elas...
Registrado

I don't want to die young...
I want to diode!
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.668



« Responder #10 : 18 de Fevereiro de 2018, as 22:56:48 »

Comprar até que não é dificil. Receber é que são elas...

Ricardo o ebay começou a restringir o envio de válvulas sei disso através de uma postagem que vi no facebook de um usuário que fez a compra e depois o vendedor teve que cancelar dizendo que o ebay havia proibido o envio
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
tufoeffect
Freqüente
**
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 346


...Like the sign of the southern cross....


« Responder #11 : 19 de Fevereiro de 2018, as 00:29:43 »

É...tocar guitarra esta virando coisa de velho hoje em dia....com tantos softwares (coisa que não tinha nos anos 70 pros 80) que fazem musica, sintetizam instrumentos e com a música descartável que existe hoje, todo mundo quer o fácil.....o que dá menos trabalho...infelizmente a cultura não ajuda e valoriza logo o que não tem técnica nenhuma, a música hoje não toca a alma ou o coração, toca só a bunda no máximo....
Registrado

...money for nothing!!!
EddieTavares
Visitante
« Responder #12 : 19 de Fevereiro de 2018, as 13:28:18 »

Geração black mirror, tudo tem que ser virtual, tudo! 2006 foi o ano da última vez que eu imprimi um currículo de trabalho, de lá pra cá tudo foi via email ou aplicativos de emprego, raramente fico mais de 1 ano em cada empresa, o que também é efeito da virtualização.

Um outro "efeito" foi uma queda na gravidez na adolescência/juventude, ok isso é bom até, mas a que custo? A molecada de hoje prefere "auto satisfação" vendo uma vídeo pornô do que ir a luta e conseguir algo real com uma mulher de verdade...

Lamento, mas essa geração nunca vai saber a verdade por que basta o virtual.

Registrado
Patines
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.500



« Responder #13 : 19 de Fevereiro de 2018, as 19:08:05 »

EddieTavares e  tufoeffect tocaram no ponto Nevrálgico!   O facebook e o celular viciaram de tal forma as pessoas, que estão fabricando o seu próprio mundo.
Dessa maneira, o que eu classifico como artes(hobby é classificação do mundo utilitarista) estão em franca queda.   O "fazer" o "handmade" estão sendo gradativamente abandonados.
Pessoas hoje são somente contemplativas.  10 anos atras, ainda se viam atividades nos ciclos:  contemplativo->projetivo->criativo.   Sendo que aqui o criativo é o materializar se objeto, ou imaterializar se for música teatro ou qualquer outra ARTE que se limita ao seu tempo de execução.
Além disso, qualquer atividade em conjunto(uma pessoa na compania da outra),  está sendo cada vez mais suprimida, pelos mesmos motivo
Mas não é isso mesmo que se quer?  Criar bovinos contemplativos e solitários mais fáceis de se controlar.
E se vê que está dando certo

Noto isso também na ARTE da capoeira angola que pratico, sem pagar nem cobrar.  Os participantes estão cada vez mais raros, individualistas e apressados, quebrando ao meio uma atividade que exige o "fazer"(seus instrumentos) e o fazer coletivo além de longo prazo pra engrenar.

A questão econômica é secundária.

Abraços
« Última modificação: 19 de Fevereiro de 2018, as 19:11:48 por Patines » Registrado
Montanari
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 107



WWW
« Responder #14 : 19 de Fevereiro de 2018, as 20:27:05 »

Creio que essa análise precisa ser vista em perspectiva.

A atividade econômica sofreu uma queda brutal aqui no Brasil nos últimos 5 anos. Afinal de contas, desde 2012 o país entrou no maior ciclo recessivo dos últimos 30 anos. Isso não é brincadeira não.

Portanto, é natural que a indústria da música tenha ido para o buraco junto...  tudo foi para o buraco.

Então creio que a matéria título do post pecou nesse aspecto e nos levou a pensar que o interesse pela música ( no caso, as guitarras ) tivesse declinado principalmente por falta de motivação das pessoas. Acredito que o que está "pegando" é falta de grana...  algo que os economistas chamam de "intenção de compra das famílias"; que por sinal atingiu o fundo do poço há 2 anos atrás.

Instrumentos e acessórios mais baratos ( com qualidade ) seriam muito bem aceitos neste momento.

 
Registrado

VIBEFX - Vintage Is Back
Curta nossa página no Face : https://www.facebook.com/Vibefx-109961343038523/
Páginas:  [1] 2   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.101 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal