Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 18 de Setembro de 2021, as 01:38:46


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas: [1]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Amplificador Marshall 72115 com DC na saída.  (Lida 304 vezes)
Ricardo Lauris
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 15

Obrigado
-Dado: 0
-Recebido: 0


« : 13 de Setembro de 2021, as 13:59:10 »

Boa tarde amigos, estou com esse Marshall na bancada que esta apresentando 52v dc na saída, retirei o alto falante e o mesmo esta com a bobina em curto, medindo as tensões nos capacitores das fontes tenho o seguinte:

C13 = +61v
C14 = - 61v
C15 = - 52v
C16 = +49v
C22 = +40v
C23 = - 26v

Retirei praticamente todos os transistores e testei com o multímetro analógico e aparentemente nenhum deles esta com fuga mas o que me chamou a atenção foram essa diferença de tensão na simetria das tensões baixa e media, gostaria de solicitar a algum amigo do fórum um breve explicação do funcionamento desse ampli ( que trabalha com essas três fontes ) para que eu possa tentar identificar o causador do problema.

Esquema:https://ibb.co/448P6vc
« Última modificação: 13 de Setembro de 2021, as 14:42:49 por Matec » Registrado
Matec
Administrator
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.792

Obrigado
-Dado: 154
-Recebido: 744



« Responder #1 : 13 de Setembro de 2021, as 14:56:36 »

 Esse amplificador seria um classe G que trabalha com fonte de 2 tensões. Enquanto a potencia de saída for baixa ele utiliza só a tensão da fonte MT. caso a potencia aumente ele vai utilizar a tensão da fonte HT para as passagens mais altas. É um sistema que faz os transístores de saída dissiparem menos energia.

Você está medindo essas tensões em relação ao terra ou só a tensão sobre os capacitores?

No caso de ser tensão em relação ao terra a coisa fica estranha.. se for medição só nos terminais, aí está normal
________________________________________________________________________________________________________________
No caso de ser medição em relação ao terra faça o seguinte:
Comece verificando os fusíveis F1 e F4. Verifique também as tensões do transformador. Tem coisa errada aí sim.

Se não for em relação ao terra, está certo.

______________________________________________________________________________________________________________________
As tensões em C22 e C23 deveriam ser simétricas de mesmo valor. Veja também os fusíveis F5 e F6, e a tensão AC do transformador que chega neles...
« Última modificação: 13 de Setembro de 2021, as 15:09:31 por Matec » Registrado
Ricardo Lauris
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 15

Obrigado
-Dado: 0
-Recebido: 0


« Responder #2 : 13 de Setembro de 2021, as 18:21:14 »

Boa noite amigos, verifiquei os fusíveis e estão todos ok, desconectei o transformador e as tensões estão bem próximas do esquema, digo bem próximas porque estou usando a configuração para rede de 130v sendo que a rede da minha cidade no momento me fornece 121v, sendo assim as tensões de 47.5v estão com 39.8v.
Seria possível por exemplo fazer algum arranjo para fazer o amplificador trabalhar somente a fonte alta para fazer um teste, a impressão que tenho é que aparentemente esta havendo uma espécie de retorno da media tensão para o circuito de baixa por isso essa falta de simetria das fontes. Desculpe-me se falei besteira.
Quanto aos transistores darlington, qual seria a maneira mais correta para testa-los?
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
******
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.925

Obrigado
-Dado: 62
-Recebido: 1840


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #3 : 13 de Setembro de 2021, as 18:58:16 »

Verifique se um dos diodos que alimentam o C23 não está queimado (aberto) de forma que somente um semi-ciclo chegue ao capacitor e assim diminua a tensão em relação ao outro pólo da mesma fonte simétrica.

De 130 V para 121 V a diferença é de 7 % a menos.  De 47.5 para 39.8 a diferença é de 16 % a menos.  A tensão menor da rede explica uma parte, mas não tudo. 
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
jplavareda
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 518

Obrigado
-Dado: 22
-Recebido: 28


« Responder #4 : 13 de Setembro de 2021, as 22:55:18 »

...
Quanto aos transistores darlington, qual seria a maneira mais correta para testa-los?

Boa noite! Não encontrei nenhum darlington no circuito  Roll Eyes. A etapa de saída é toda formada por transistores comuns, exceto pelos 4 MOSFETs TR16, TR17, TR18 e TR19. Para testá-los, assista esta vídeo curto e objetivo: https://www.youtube.com/watch?v=gg6WtXRoTKw.
Registrado

Belo Horizonte - MG
Ricardo Lauris
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 15

Obrigado
-Dado: 0
-Recebido: 0


« Responder #5 : 14 de Setembro de 2021, as 08:24:16 »

Boa noite! Não encontrei nenhum darlington no circuito  Roll Eyes. A etapa de saída é toda formada por transistores comuns, exceto pelos 4 MOSFETs TR16, TR17, TR18 e TR19. Para testá-los, assista esta vídeo curto e objetivo: https://www.youtube.com/watch?v=gg6WtXRoTKw.

Bom dia amigo, os Darlington são os BDV64/65
Registrado
Páginas: [1]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.108 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal