Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 13 de Novembro de 2019, as 11:15:41


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  [1] 2   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Reamp, alguem faz?  (Lida 4723 vezes)
Fusion
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 703



« : 13 de Dezembro de 2014, as 09:07:05 »

Galera, tudo tranquilo?

Estava estudando fazer algumas gravações com Reamp, mas para isso preciso de um Reamp Box (praticamente o inverso do Direct Box). Procurei alguns projetos na internet e achei este bem simples, se não fosse pelo transformador:

http://www.diyrecordingequipment.com/pages/line2amp-revc-v3-assembly-guide

Na verdade, o transformador é barato e encontrei no site do fornecedor:

https://www.edcorusa.com/pc10k-600

Gostaria de saber se há alguma alternativa equilavente aqui no Brasil, pois só de frete já vai ser mais caro que o proprio produto.


Agradeço desde já!
Registrado

(ex-nssa). "Nick novo, as mesmas dúvidas!"
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.709



« Responder #1 : 13 de Dezembro de 2014, as 13:51:46 »

Acho que qualquer trafinho de linha com valores próximos de relação de espiras PODE dar certo...
Um transformador de 127/30V tem a mesma relação de espiras, e não deve ser difícil de encontrar. Para compensar as perdas do núcleo, que não será de aço com grão orientado, talvez se você escolher um modelo maiorzinho (com maior capacidade de corrente).

Ou... tira o escorpião do bolso e compra logo o componente certo. Quanto vai custar posto Brasil, uns R$ 50,00?

Ou... você pode mandar enrolar, mas acho que a economia vai ser pouca e você ainda vai passar nervoso.
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
Alex Frias
DIY Freak
******
Offline Offline

Mensagens: 7.641


Flanelinhas, cuidado!!!


« Responder #2 : 13 de Dezembro de 2014, as 14:15:27 »

Ou pode procurar um modelo ativo, sem transformador!
Registrado

"TicoTicoCá, TicoTicoLá..."
Pagão e feliz!!
Fusion
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 703



« Responder #3 : 13 de Dezembro de 2014, as 19:52:50 »

Acho que qualquer trafinho de linha com valores próximos de relação de espiras PODE dar certo...
Um transformador de 127/30V tem a mesma relação de espiras, e não deve ser difícil de encontrar. Para compensar as perdas do núcleo, que não será de aço com grão orientado, talvez se você escolher um modelo maiorzinho (com maior capacidade de corrente).

Ou... tira o escorpião do bolso e compra logo o componente certo. Quanto vai custar posto Brasil, uns R$ 50,00?

Ou... você pode mandar enrolar, mas acho que a economia vai ser pouca e você ainda vai passar nervoso.

Pois então, pra manda para o Brasil fica 50 sim, mas 50 dólares. Que coisa triste  Embarrassed

Ou pode procurar um modelo ativo, sem transformador!

Hmm, teria algum projeto na manga? Vou tentar achar alguma coisa.
Registrado

(ex-nssa). "Nick novo, as mesmas dúvidas!"
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.709



« Responder #4 : 14 de Dezembro de 2014, as 09:02:45 »

Realmente algumas empresas americanas exageram no "custo de frete" (entre aspas mesmo, porque parece que fazem de sacanagem...). Por isso que a China está dominando... Tenta achar em outra loja, ou siga a sugestão do Alex.
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
Fusion
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 703



« Responder #5 : 14 de Dezembro de 2014, as 09:33:39 »

Pois então. Tentei achar em alguma loja da China/Índia mas não tive sucesso. Achei um projeto de "Active ReAmp" que não usa transformador. É simples o projeto tambem, mas não sei se funciona. Vou tentar fazer a cotação com aqueles serviços de "shipping", que voce manda para um endereço nos USA e eles enviam para o Brasil. Pode ser que fique mais em conta.
Registrado

(ex-nssa). "Nick novo, as mesmas dúvidas!"
Alex Frias
DIY Freak
******
Offline Offline

Mensagens: 7.641


Flanelinhas, cuidado!!!


« Responder #6 : 14 de Dezembro de 2014, as 19:50:24 »

Basicamente o que o reamp box faz é casar impedâncias e nível. Pode ser algo bem simples, com baixa impedância de entrada e alta de saída. Mas nada de 100k de saída, alguma coisa entre 5k e 10k já vale!
Registrado

"TicoTicoCá, TicoTicoLá..."
Pagão e feliz!!
gfr
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 648



« Responder #7 : 14 de Dezembro de 2014, as 20:11:53 »

Além de casar impedâncias e níveis, tem o problema dos loops de terra (por exemplo, saída da interface pro reamp, do reamp pra um pedal, do pedal de volta pra interface - fechou um loop). Se por exemplo sai da interface pro reamp, do reamp pra um amplificador, microfona o amplificador e de volta pra interface, aí não fecha o loop e é mais fácil.

Por isto a maioria usa transformador. Mas dá pra encarar este problema com circuitos ativos também.
Registrado

Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma - Joseph Pulitzer
Fusion
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 703



« Responder #8 : 16 de Dezembro de 2014, as 16:12:10 »

Bem galera. Apenas mais algumas informações:

Estou querendo fazer o Reamp entre uma Interface de Audio M-Audio M-Track, que tem as seguintes características de saída:

Main Outputs, L and R (impedance-balanced 1/4" [6.35 mm] TRS)

    Frequency Response: 20 Hz – 20 kHz (+/-0.3 dB)
    Dynamic Range / Signal-to-Noise Ratio: 102 dB (A-weighted)
    THD+N: 0.008% (1 kHz, -1 dBFS)
    Max Output Level: +2.86 dBu

E um Amplificador Yamaha THR10, com as seguintes características de entrada:

Input Level
GUITAR IN: -10 dBu
AUX IN: -10 dB

O esquema que encontrei de Reamp Box ativo foi:



Credit: http://audiodomain.blogspot.com.br/2012/11/reamp-design.html

O problema é que ele trabalha com uma entrada balanceada XLR como entrada, e a saída da interface de audio é jack 1/4. Já não sei se iria funcionar.

Tentei ligar direto, do Main Out da interface para o INPUT do amp, controlando o nivel de saída, mas ocorreu um HISS que pode comprometer a gravação.

Preciso de idéias...  Undecided
« Última modificação: 16 de Dezembro de 2014, as 16:36:04 por Fusion » Registrado

(ex-nssa). "Nick novo, as mesmas dúvidas!"
Guilherme
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 828


Rock On


« Responder #9 : 16 de Dezembro de 2014, as 20:26:16 »

Nessa url

http://www.audiolink.com.br/audiolink/imagens/reVAMP_SCH_rev1.pdf

se encontra um recamp manufaturado pela Canil ProAudio com transformador Lynx Audio AT15k600.

Esse áudio-transformador era produzido com núcleo em Permalloy 80  (niquel 80%) e exibia caracteristicas elétricas superiores ao Jensen JT-10k-61M

Posteriormente foram produzidos modelos com núcleo GO-M4, de custo final muito mais acessível.

Se houver interesse em formar um grupo para encomenda de no mínimo 15 unidades, mantenham contato através de mensagem particular.
Registrado

Blues, Jazz, Rock....cortados do mesmo pano.
Alfredo Padrao
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.425


"Fui eu que fiz"


WWW
« Responder #10 : 16 de Dezembro de 2014, as 20:43:16 »

Fusion, este amplificador Yamaha THR10, é o que já tem saída usb própria par gravação?  E ainda assim precisaria de Reamp?

Desculpe-me pelas perguntas caso as considere fora de contexto, mas sou leigo em gravações, e estou lendo o tópico para aprender um pouco sobre o assunto.
Registrado

Fusion
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 703



« Responder #11 : 16 de Dezembro de 2014, as 21:36:26 »

Fusion, este amplificador Yamaha THR10, é o que já tem saída usb própria par gravação?  E ainda assim precisaria de Reamp?

Desculpe-me pelas perguntas caso as considere fora de contexto, mas sou leigo em gravações, e estou lendo o tópico para aprender um pouco sobre o assunto.

Este mesmo Alfredo. Quero fazer o reamp para fazer uns testes. Sem contar que há algumas diferenças entre o som gravado direto do USB para o som captado por microfones. Por mais que eu use microfones simples e baratos, o som parece ficar muito mais "vivo" com o amp microfonado. E também para testar com alguns outros Amps e Setups.

Pelo que eu pude perceber minha interface tem uma saída balanceada TRS (main output) onde cada canal (cada lado, Left e Right) compõe o sinal "quente" e o sinal "frio" de uma saída balanceada. Alguem que entende mais do assunto pode me confirmar isso? Pois, se for o caso, daria para utilizar um cabo em "y" com dois pinos P10 mono e 1 pino P10 Stero ou XLR para ligar no Reamp box.

OU:

Cada saída (Left e Right) é um TRS independente (é o que parece ser pelas especificações no manual) e eu estou fazendo uma confusão danada!  Batendo Cabeça
« Última modificação: 16 de Dezembro de 2014, as 22:14:24 por Fusion » Registrado

(ex-nssa). "Nick novo, as mesmas dúvidas!"
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.709



« Responder #12 : 16 de Dezembro de 2014, as 22:42:42 »

Num tô entendendo bem o que você quer ligar aonde... Se é para microfonar, por quê você não pluga a guitarra no THR e microfona os falantes dele? Este ampzinho já tem simulação de caixa 4x12 muito boa (eu tenho o THR5 e me surpreendo com ele...)
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
Fusion
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 703



« Responder #13 : 17 de Dezembro de 2014, as 11:54:43 »

Num tô entendendo bem o que você quer ligar aonde... Se é para microfonar, por quê você não pluga a guitarra no THR e microfona os falantes dele? Este ampzinho já tem simulação de caixa 4x12 muito boa (eu tenho o THR5 e me surpreendo com ele...)

Estou ligando a guitarra em linha na interface de audio e estou querendo ligar a saída da interface de audio no AMP. Pra isso preciso de um reamp box.

E realmente, o Yamaha thr é fantástico! Só quem já tocou em um pra saber mesmo do que ele é capaz!

O princípio do reamp é poder gravar o audio para ser processado depois. Assim você se preocupa apenas com a performance e deixa os termos técnicos de lado.

« Última modificação: 17 de Dezembro de 2014, as 11:56:17 por Fusion » Registrado

(ex-nssa). "Nick novo, as mesmas dúvidas!"
Finck
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.709



« Responder #14 : 18 de Dezembro de 2014, as 13:09:05 »

Beleza, mas continuo não entendo porque você precisa introduzir a interface de áudio no caminho podendo plugar a guitarra direto no THR. Ainda mais devido ao fato de você ter o THR10, que permite armazenar presets customizados para chegar a um timbre que te agrade. Daí você microfona ele, já que não quer gravar direto via USB.

Se você ainda não fez, atualize o firmware do THR para a V.2. Permite cleans "mais cleans", stereo mais aberto, e tem simulação de caixa acústica diferente.

Lembrei de uma coisa que talvez afete negativamente a microfonação do THR: os falantinhos dele não são os campeões de graves, então se você microfonar (ao invés de usar o USB) irá perder as frequências mais baixas.
Registrado

Se alguém ficou curioso, meu avatar é o brasão da família Finck. Dizem que os brasões das famílias alemãs estão relacionados com a profissão de seu patriarca. Se isso for verdade, o patriarca Finck deve ter sido bobo da corte...
Páginas:  [1] 2   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.352 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal