Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 19 de Março de 2019, as 07:42:18


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  [1] 2 3   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: amplificador cortando som  (Lida 1055 vezes)
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.290


« : 21 de Novembro de 2018, as 22:19:28 »

Boa noite, colegas. Um amigo comprou recentemente um amplificador, que começou a apresentar problemas. O amplificador - adivinhem, um Marshall MG100! Eles estão me perseguindo Cheesy - funciona normal durante um tempo e, de repente, ocorre um corte no som. O tempo de funcionamento normal é bastante variado, já cortou o som com 10 minutos de funcionamento e já funcionou por horas. O corte pode ser leve, do tipo "matar o sustain de uma nota" ou mais agressivo, do tipo cortar todo o volume mesmo. Presenciei os dois cortes e, segundo o amigo, isso acontece com mais frequência quando ele toca a nota B.

Após uma pesquisa, li que poderia ser problema no TDA7293. Como ainda tinha um sobrando, trocamos ontem. O problema persistiu. Pesquisei novamente e relataram ser solda fria. De fato, haviam soldas bem feias na placa. Refiz cerca de metade das soldas, o amigo tocou bastante, experimentou pedais, trocou de guitarras, mexeu no volume e no ganho, e estava tudo normal, até que... corte no som de novo!

Os potenciômetros não raspam ou fazem qualquer tipo de ruído que possa indicar pontos de falha na trilha. Não testei presencialmente, mas orientei o amigo a colocar um cabo jumpeando o loop de efeitos, e ele disse ter feito mas sem resultados. Os capacitores da fonte são novos, ele insistiu em fazer uma revisão nessa parte após os problemas que tive com o Staner GS120, mesmo os dele estando aparentemente bons.

Alguma ideia do que pode estar acontecendo?

Esquema: http://electrotechnician.blogspot.com/2016/08/marshall-guitar-amplifier-mg100dfx.html
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.561



« Responder #1 : 22 de Novembro de 2018, as 10:01:29 »

Termina de refazer as soldas e dá uma olhada nos potenciometros. Outra coisa... A falha acontece com volume baixo ?
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
Marcus Vinícius
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 912



WWW
« Responder #2 : 22 de Novembro de 2018, as 11:26:38 »

Marcão tem um tópico sobre power com o TDA 7293/4.

Eu montei um projeto próprio e relatei esse problema seu em mais de uma montagem e layout.
Por ultimo chegamos a um ponto, onde acreditamos ser muito ganho no pré.

Pode te servir de dica! Legal!
Registrado

HandMaker Colaborador em treinamento! Me desculpe se não te ajudei ou pareço redundante!
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.290


« Responder #3 : 22 de Novembro de 2018, as 11:41:50 »

Termina de refazer as soldas e dá uma olhada nos potenciometros. Outra coisa... A falha acontece com volume baixo ?
As que eu não refiz estão bem brilhantes. Mas posso refazer. Quanto aos potenciômetros, alguns estão oxidados por fora. A falha acontece com volume relativamente mediano, mais alto que uma conversa mas insuficiente para acompanhar um baterista mão pesada.

Por ultimo chegamos a um ponto, onde acreditamos ser muito ganho no pré.
Faz sentido, já que o amplificador falha mais quando possui um sinal mais forte na entrada do pré, que acaba sendo mais amplificado ainda. O estranho é que o amplificador é original (tirando o TDA que troquei para testar e os capacitores da fonte que o amigo insistiu para trocar), e funcionava corretamente até pouco tempo atrás. Ou seja, o ganho no pré não foi alterado.
Registrado
Mallermb
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 836



« Responder #4 : 22 de Novembro de 2018, as 11:54:51 »

Verifique as conexões do aterramento com o chassi do amplificador, as vezes as porcas estão frouxas ou muito oxidadas, o mesmo vale para parafusos que por ventura venham a ajudar a aterrar o circuito!
Registrado

A vida não é complicada, o viver não é complicado, nós é que temos o costume de complicar a vida e o viver...,
GrAmorin
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 3.343



WWW
« Responder #5 : 24 de Novembro de 2018, as 18:12:32 »

Experimente trocar os capacitores que fazem parte do circuito do TDA.
No terminal de saida do TDA tem um resistor de valor baixo (geralmente 22-10 OHMS para baixo), tipicamente Marshall usa 10 Ohms, e um capacitor em serie, esse capacitor costuma ser entre 100 e 470nF. Veja como está este resistor e capacitor.
Registrado

marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.290


« Responder #6 : 29 de Novembro de 2018, as 20:47:34 »

Termina de refazer as soldas e dá uma olhada nos potenciometros. Outra coisa... A falha acontece com volume baixo ?
Verifique as conexões do aterramento com o chassi do amplificador, as vezes as porcas estão frouxas ou muito oxidadas, o mesmo vale para parafusos que por ventura venham a ajudar a aterrar o circuito!
Experimente trocar os capacitores que fazem parte do circuito do TDA.
No terminal de saida do TDA tem um resistor de valor baixo (geralmente 22-10 OHMS para baixo), tipicamente Marshall usa 10 Ohms, e um capacitor em serie, esse capacitor costuma ser entre 100 e 470nF. Veja como está este resistor e capacitor.
Soldas refeitas, potenciômetros limpos (não troquei). Capacitores do TDA todos novos, o resistor de 10r está aparentemente bom. A conexão com o chassis é dada por um daqueles conectores usados para ligar falantes (não sei o nome), limpei com álcool isopropílico e dei uma apertada. Tocando em volume baixo, após uns 5 minutos ele cortou o som novamente... mas depois que voltou, ficou por 40 minutos sem cortar. Alguma outra ideia?
Registrado
Doug
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 767



« Responder #7 : 30 de Novembro de 2018, as 07:22:53 »

Rapaz, tenho um Atomic Drive que faz exatamente isso, o detalhe é que, se aumentar o volume e der uma batida mais forte na guitarra, ele "acorda" e volta pro volume normal.

já revisei o circuito inteiro, troquei capacitores e o Ci do pré (aproveitando pra fazer a conversão para o Marshall) e nenhum resultado, a única coisa que não substitui foi o próprio TDA e depois de tudo, acredito que o problema está nele. detalhe que o amplificador nunca havia sido aberto e o problema começou por conta própria, nem é um amplificador tão usado, comprei apenas para brincar em casa.
Registrado

Essa Estória de viver em paz, não me satisfaz
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.290


« Responder #8 : 30 de Novembro de 2018, as 08:52:41 »

É exatamente o que acontece nesse marshall. Se aumentar o volume e der uma batida com força, ele ressuscita Cheesy
Registrado
Alfredo Padrao
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.396


"Fui eu que fiz"


WWW
« Responder #9 : 30 de Novembro de 2018, as 09:06:48 »

É exatamente o que acontece nesse marshall. Se aumentar o volume e der uma batida com força, ele ressuscita Cheesy

Dessa forma fica parecendo que ainda tem "mau contato".

Este amplificador está funcionando em rede de 110V ou 220V?

Uma vez peguei um amplificador importado, onde o dono reclamava de algo semelhante. Só que o amplificador, era para tensão única (110V) e aqui no Rio de Janeiro, a tensão nominal é 127V, podendo variar dependendo do lugar, entre 110V e 127V.

Quando ele tocava em local com rede baixa, o problema não acontecia. E consequentemente variava de acordo com o local, e tensão disponível.

Ou seja o transformador, estava projetado para máxima tensão do TDA, em 110V, com tensões maiores, ficava entrando em proteção.
Registrado

marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.290


« Responder #10 : 30 de Novembro de 2018, as 11:00:01 »

Segundo indicado no amplificador, ele trabalha em 120V. Em casa medi somente uma vez, deu 129V. Mas ele deu o problema em casa, na casa do amigo e em outro local que ele foi tocar.

Perguntei para o amigo se havia acontecido algo fora do normal na mesma época em que surgiu o problema. Ele disse que o problema apareceu após ele usar um estabilizador de tensão. Sei que esse tipo de equipamento mais atrapalha que ajuda em muitos casos, então ele poderia ter danificado algo no amplificador?
Registrado
bossman
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.561



« Responder #11 : 30 de Novembro de 2018, as 11:03:57 »

Ou seja o transformador, estava projetado para máxima tensão do TDA, em 110V, com tensões maiores, ficava entrando em proteção.

Acho que o Alfredo matou a charada !
Registrado

Ding-Ling things, low-cost, low protection. Verbis defectis musica incipit
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.047


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #12 : 30 de Novembro de 2018, as 11:09:29 »

O negócio então é medir as tensões de alimentação DC fornecidas pela fonte ao TDA e comparar com os valores máximos da datasheet.
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
marcao_cfh
Handmaker
****
Offline Offline

Mensagens: 1.290


« Responder #13 : 30 de Novembro de 2018, as 11:12:04 »

Medi aqui. As tensões estão em -44.88V e +44.86V. Fazendo um arredondamento para cima, 90V total, o que está bem abaixo do limite do TDA7293 (120V). Então não é isso.

Mas acabei notando que, no esquema, os resistores R16 e R17 são de 4k7, enquanto no amplificador estão dois de 3k3. Isso poderia afetar algo? Apesar da diferença de valor entre o esquema e o amplificador, eles formam um divisor de potencial. Devo trocá-los por dois de 4k7? Eles estão na fonte, na primeira página do esquema, enrolamento "superior" do transformador.
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.047


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #14 : 30 de Novembro de 2018, as 11:28:11 »

R16 e R17 acho que são apenas resistores "bleeders" pra descarregar os capacitores quando desligar o amplificador.  O aumento de consumo ali (nos 45V) seria de alguns mA (de 9mA para 13mA) com os resistores de 3k3 ao invés dos de 4k7.

No TDA7293 tem um controle de stand-by que tem ligação no CON1 e CON3.  Veja de onde vem esse sinal de stand-by e se não tem mau contato no caminho desse sinal ou no circuito dele (no CON3 só tem o escrito e não achei onde ele é ligado depois.

....

Achei:  o circuito do standby está no esquema da fonte.  Tem um transistor TR2 2SC3198 e um zener BZX55B de 6V8 que é o D14.  Veja se está tudo certo ali (resistores e capacitores também). 
« Última modificação: 30 de Novembro de 2018, as 11:44:24 por xformer » Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
Páginas:  [1] 2 3   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.189 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal