Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 25 de Maio de 2020, as 01:27:22


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  1 [2]   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Bobinadeira antiga  (Lida 776 vezes)
Rafa
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 45



« Responder #15 : 15 de Maio de 2020, as 17:38:13 »

Trabalho bacana!
Belo resgate de uma máquina que conta uma história de um passado de imigração (provavelmente húngaro o nome) e industrializaçãodo Brasil.
 Bravo Legal!
« Última modificação: 15 de Maio de 2020, as 17:41:09 por Rafa » Registrado
daniel_tubes
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 689


A eficiência está na simplicidade...


« Responder #16 : 15 de Maio de 2020, as 18:59:25 »

A.sim, qual o tipo de motor que essa máquina usa?
Qual seria a rotação ideal para ela trabalhar?

At Daniel
« Última modificação: 15 de Maio de 2020, as 19:13:31 por xformer » Registrado

Pirataria é crime, não roube navios...
Questão
Iniciante
*
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 80



« Responder #17 : 15 de Maio de 2020, as 22:57:24 »

  É engraçado como isso me faz lembrar algumas ficções em futuros distópicos, onde a tecnologia regrediu e as pessoas precisam manter em funcionamento as máquinas fabricadas no auge do antigo império galático. Sensacional o trabalho de restauração, parabéns!
« Última modificação: 16 de Maio de 2020, as 03:00:42 por xformer » Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.458


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #18 : 16 de Maio de 2020, as 03:14:18 »

Voltei o título antigo na primeira mensagem do tópico para que não fique com mensagens com títulos diferentes no mesmo tópico.  Alterar o título da primeira mensagem não altera os títulos das mensagens subsequentes que já haviam sido postadas, apenas terá o novo título adotado pelas mensagens postadas após a modificação do primeiro título.
« Última modificação: 16 de Maio de 2020, as 04:21:46 por xformer » Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
A.Sim
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 816



WWW
« Responder #19 : 16 de Maio de 2020, as 09:17:39 »

A.sim, qual o tipo de motor que essa máquina usa?
Qual seria a rotação ideal para ela trabalhar?

A máquina estava montada em uma mesa feita de pinus, completamente tomada de cupim ( capaz ! ) e pintada com infinitas camadas de tinta verde. O motor era de indução, "grande", com embreagem mecânica acoplada ( não lembro a potência, precisaria olhar ) e, com certeza, com muito mais potência do que a máquina precisa. Ela pode ser movida por um motor de máquina de costura, que inclusive vai proporcionar o pedal para controle da rotação, que vai depender da bobina que se está executando.
« Última modificação: 16 de Maio de 2020, as 18:17:14 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz - áudio e força
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)
kem
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Mensagens: 4.745



« Responder #20 : 16 de Maio de 2020, as 09:22:54 »

A máquina estava montada em uma mesa feita de pinus, completamente tomada de cupim ( capaz ! ). O motor era de indução, "grande", com embreagem mecânica acoplada ( não lembro a potência, precisaria olhar ) e, com certeza, muito mais potente do que a máquina precisa. Ela pode ser movida por um motor de máquina de costura, que inclusive vai proporcionar o pedal para controle da rotação, que vai depender da bobina que se está executando.
Mas motor de máquina de costura porque você pretende usa-la pra enrolar os transformadores pequenos né?
Se fosse pra transformadores maiores teria que ser um motor maior, certo?
Registrado

I don't want to die young...
I want to diode!
A.Sim
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 816



WWW
« Responder #21 : 16 de Maio de 2020, as 09:35:24 »

Olá.

Não é o tamanho da bobina que determina a potência necessária do motor, mas o produto diâmetro da bobina x bitola do fio, que estabelece o torque necessário para enrolar o fio. O eixo principal da máquina é bastante robusto, mas dado que o passo máximo é de 0,97 mm ( algo entre o fio 20 e o 19 ) pode-se inferir que a máquina foi construída para enrolar transformadores de potência relativamente restrita. Não acredito que seja necessário mais do que a potência de um motor de máquina de costura, até porque a redução na velocidade de rotação ( e aumento no torque ) será bastante grande. A polia de acionamento da máquina tem uns 15 cm de diâmetro e a polia do motor da máquina de costura tem apenas 2 cm de diâmetro. Com certeza, haverá torque disponível para enrolar bobinas de bom tamanho com o fio 20, ou mesmo com fio mais grosso.

Eu pretendo usar a máquina para enrolar bobinas com carretéis menores do que 13 x 13 e bobinas com poucas espiras e muita manipulação, como as de indutores para divisor de frequências ( nova linha da Schatz ! ) e as de transformadores para fontes chaveadas.  A possibilidade de acionar a máquina à mão com manivela é uma grande vantagem nesses dois últimos casos.
« Última modificação: 16 de Maio de 2020, as 10:31:02 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz - áudio e força
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)
kem
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Mensagens: 4.745



« Responder #22 : 16 de Maio de 2020, as 09:42:04 »

Bom... nunca vi uma bobina grande ser enrolada só com fios finos, mas você tem mais experiência...
Registrado

I don't want to die young...
I want to diode!
A.Sim
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 816



WWW
« Responder #23 : 16 de Maio de 2020, as 09:46:59 »

Bom, por essa razão é que ela será destinada a serviços específicos em nossa produção. Não é uma máquina industrial capaz de lidar com fios do 44 ao 8.

Bobina "grande" que pode ser enrolada na G. Vozáry: TS 100.60.A, que usa carretel 32 x 45 e o fio mais grosso é o 20 AWG.
« Última modificação: 16 de Maio de 2020, as 09:52:13 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz - áudio e força
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)
kem
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Mensagens: 4.745



« Responder #24 : 16 de Maio de 2020, as 10:33:30 »

E parabéns pela recuperação.
Eu tenho 2 pedias de guitarras guardados a quase 25 anos que se tornaram raros, mas por eu morar em Santos (pense bem em ir pra Peruibe) eles enferujaram na parte de fora, apesar de estarem perfeitos na parte de dentro.
O problema é que a recuperação de um pedal desses tem que ser feita com muito cuidado, deixando o pedal igual ao que ele vem de fábrica.
Essa sua recuperação da bobinadeira me inspirou. Vamos ver se eu dou conta.
Novamente... Parabéns!!!
Registrado

I don't want to die young...
I want to diode!
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5.458


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #25 : 16 de Maio de 2020, as 15:50:30 »

Alexandre, uma dúvida que ficou e que não consegui esclarecer só olhando para as fotos: o que se mexe com o avançar dos passos é a guia de fio ou o prendedor do carretel ?  E de quanto é o curso lateral que também determina o tamanho máximo do carretel (i.e. qual a largura máxima da camada de enrolamento) ?
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
A.Sim
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 816



WWW
« Responder #26 : 16 de Maio de 2020, as 16:19:48 »

Alexandre, uma dúvida que ficou e que não consegui esclarecer só olhando para as fotos: o que se mexe com o avançar dos passos é a guia de fio ou o prendedor do carretel ?  E de quanto é o curso lateral que também determina o tamanho máximo do carretel (i.e. qual a largura máxima da camada de enrolamento) ?

Renato, o carretel não se move; ele fica fixo na forma de madeira, que é preso entre o ponto e o contraponto ( que não se movem lateralmente durante o enrolamento ). Quem se move é o guia-fio, que vai montado na barra horizontal que está presa no carro, na parte de trás ( as fotos ainda não mostram o guia-fio montado ). O curso do carro é de cerca de 30~40 cm; é bastante para enrolar qualquer tamanho de carretel.

-----
Começam os ajustes. Há uma folga "molumental" no movimento lateral do carro, cerca de 0,5 mm que, com certeza, é resultado do desgaste do mecanismo de desengate. A propósito, o Dr. Vozáry incluiu um mecanismo de proteção bastante interessante; há um pino que empurra a cremalheira para trás caso o carro se desloque a ponto de colidir com o suporte do contraponto. Não entendi bem a necessidade desse recurso, pois, para o lado oposto, não há proteção nenhuma... O funcionamento dessa proteção ficou comprometido com o tempo; há um desgaste pronunciado na cunha entalhada na cremalheira que não pode ser recomposto e que impossibilita que a proteção funcione. Na minha opinião, ela não era eficaz nem quando a máquina era nova e eu levei menos de 30 segundos para idealizar um mecanismo mais efetivo e que funcionasse em ambas as direções...



Já que a genial proteção não funciona e não pode ser recuperada, resolvi usar o mecanismo em questão para remover a folga do carro. Retirando-se cerca de 7 mm da ponta do pino, no lado que encosta na cremalheira, abre-se espaço para se colocar uma mola que empurre o pino contra a cremalheira. O resultado é que a folga desaparece, o mecanismo é auto-adaptativo e o carro desloca-se sem folgas no sentido horizontal.
« Última modificação: 16 de Maio de 2020, as 17:16:48 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz - áudio e força
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)
A.Sim
Colaborador
***
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 816



WWW
« Responder #27 : 23 de Maio de 2020, as 19:02:54 »

Quando tudo está dando certo, é sinal de que algo está dando errado, e o meu amigo Murphy apareceu ( por sorte, não veio abraçado ao Covídio ) na hora em que fui girar a alavanca que desengata a cremalheira. Como foi preciso montar a cremalheira girada em 180º para que o pino não se apoiasse sobre o entalhe, é claro que faltou curso na rosca do eixo da cremalheira para trazê-la para trás o suficiente. Não desengatou e eu não consegui ajustar o mecanismo para que o desengate voltasse a funcionar com a cremalheira girada em 180º. Logo, foi necessário partir para outra solução, que não ficou tão boa mas proporcionou um resultado dentro das expectativas.

O jogo do carro, na verdade, é de cerca de 1 mm e precisa ser removido ou não será possível enrolar fio fino na bobinadeira. Imagina enrolar um fio 44 ( diâmetro 0,070 mm ) numa máquina cujo carro tem um jogo equivalente a quase 15 espiras...traduzindo: a máquina enrola 15 espiras antes que o carro comece a se mover após uma reversão, então, imagina a bagunça no começo da camada... definitivamente não é padrão Schatz...

Foi identificado que o jogo do carro era o resultado de duas folgas, uma entre o corpo da cremalheira e o carro, e outra entre o eixo roscado e o "tampão". Não sendo possível usinar novas peças, optei por remover as folgas com dois encostos. A folga entre a cremalheira e o carro foi eliminada com um parafuso e contraporca.



A folga no eixo de acionamento foi eliminada com um pinhão rosqueado no "tampão".



O pinhão é acessível externamente através de um furo no carro. É possível que seja necessário usar um pinhão mais comprido e uma contraporca caso o pinhão se desajuste durante a operação da máquina. A folga importante a ser eliminada é a da cremalheira; eliminar a folga do eixo de acionamento é apenas um refinamento que permite reduzir um pouco mais o jogo do carro.



Com a implantação desses encostos foi possível reduzir o jogo para menos de 0,1 mm. Esse jogo é satisfatório para o tipo e classe do "produto" e vai permitir que a máquina enrole o fio 44 sem problemas.
« Última modificação: 23 de Maio de 2020, as 22:58:41 por A.Sim » Registrado

Transformadores Schatz - áudio e força
...The bitterness of poor quality [transformers] is remembered long after the sweetness of today's funny gadgets low price has faded from memory... (obsoletetellyemuseum)
Páginas:  1 [2]   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.143 segundos com 21 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal