Handmades</center>
 
*
Bem-vindo, Visitante. Por favor faça o Login ou Registro. 19 de Setembro de 2018, as 10:19:43


Login com nome de usuário, senha e duração da sessão


Páginas:  1 [2] 3 4 ... 7   Ir para o Fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: A madeira não influencia no timbre (visão técnica)  (Lida 8291 vezes)
toscator
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 40


« Responder #15 : 16 de Maio de 2017, as 19:24:10 »

o timbre das guitarras desplugados nao significa diferença no sinal, o que mais influencia e o captador nesse sentido.
videos do youtube são cheios de perdas e nao devem ser comparados com os ao vivo.
nao vou continuar com a pesquisa porque não caiu no resultado que eu esperava  Batendo Cabeça
Registrado
cobalto777
Freqüente
**
Offline Offline

Mensagens: 298



« Responder #16 : 16 de Maio de 2017, as 20:57:15 »

o timbre das guitarras desplugados nao significa diferença no sinal, o que mais influencia e o captador nesse sentido.
videos do youtube são cheios de perdas e nao devem ser comparados com os ao vivo.
nao vou continuar com a pesquisa porque não caiu no resultado que eu esperava  Batendo Cabeça
só uma pergunta...você é músico? toca guitarra a quanto tempo? porque o você disse agora é exatamente ao contrario do que comprovo na pratica...eu sou músico profissional,toco a cerca de 20 anos...todas as guitarras que eu comparei timbres desplugados melhores,plugados também foram melhores....e não foram poucas,faço isso até hoje na verdade...e já tive casos de ter uma guitarra e testar vários captadores,dimarzio,symour,bill e tantos outros,e o timbre nunca melhorou...era uma ibanez japonesa,rg 470 e umas outras que eu prefiro nem citar...
« Última modificação: 16 de Maio de 2017, as 21:26:03 por cobalto777 » Registrado
Ferro_Velho
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.875



« Responder #17 : 17 de Maio de 2017, as 08:27:51 »

O maluco, as vezes, vê melhor que o normal apenas por ver por outra perspectiva.

A outra perspectiva aqui seria o captador, troca-se as guitarras.

Eu tenho um par de gibsons classic 57, que são os meus captadores favoritos e por isso são o meu benchmark.

Eles já perambularam por algumas das minhas poucas guitarras e o resultado é sempre um pouco diferente.

Claro que os outros componentes influem, mas quase todas as minhas guitarras com humbuckers tem a mesma elétrica (A500K, 47nF), e sempre noto diferença em algum aspecto, mais ou menos sustain, mais ou menos agudo, mais ou menos ataque, etc.

Como sou meio apreciador de um belo sustain, posso dizer que notei mais na guitarra com corpo de ash, mas é relativo, a guitarra é uma japonesa dos anos 80 feita na época da parceria da cort com o tal do luthier Matsumoto e tem um braço de maple finíssimo na profundidade, ela ressona (vibra mesmo) mais que a minha strato fender mia, então pode ser um caso e não a regra.

Já os coloquei em guitarra de ash, mogno e maple (strato, LPs e SG), e sempre é um pouquinho diferente o resultado, lembrando que a diferença é sutil.

Abraços.
« Última modificação: 17 de Maio de 2017, as 08:45:04 por Ferro_Velho » Registrado

“He who controls the spice, controls the universe.”  Dune
laerteandrade
Colaborador
***
Offline Offline

Mensagens: 890


« Responder #18 : 17 de Maio de 2017, as 17:45:40 »

Só para esclarecer um pouco as coisas.

A tese do tonewood, que não concordo, é que o que influencia no timbre são: tamanho da escala, captadores, elétrica, ponte e nut. O resto não interessa. Por esta tese, em razão disto o som da guitarra desligado não teria relação com ela plugada.

As minhas experiências práticas dizem o contrário, o som da madeira, principalmente do braço, é essencial para o som do instrumento, por isto tenho guitarras em marfim, que mesmo trocando o nut, a ponte e os captadores, ela permanece com o som anos luz mais magro que a fender americana que tenho.

Em relação ao corpo, já troquei muito corpo de guitarra e realmente a mudança é bem pequena se comparada ao braço.
« Última modificação: 18 de Maio de 2017, as 13:57:49 por laerteandrade » Registrado
toscator
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 40


« Responder #19 : 17 de Maio de 2017, as 19:05:32 »

o timbre das guitarras desplugados nao significa diferença no sinal, o que mais influencia e o captador nesse sentido.
videos do youtube são cheios de perdas e nao devem ser comparados com os ao vivo.
nao vou continuar com a pesquisa porque não caiu no resultado que eu esperava  Batendo Cabeça
só uma pergunta...você é músico? toca guitarra a quanto tempo? porque o você disse agora é exatamente ao contrario do que comprovo na pratica...eu sou músico profissional,toco a cerca de 20 anos...todas as guitarras que eu comparei timbres desplugados melhores,plugados também foram melhores....e não foram poucas,faço isso até hoje na verdade...e já tive casos de ter uma guitarra e testar vários captadores,dimarzio,symour,bill e tantos outros,e o timbre nunca melhorou...era uma ibanez japonesa,rg 470 e umas outras que eu prefiro nem citar...


sou musico a 6 anos, o que acontece e que o captador capta campo magnetico, ja o timbre desplugado nao faz parte do campo magnetico, e sim do espectro de frequencias acusticas, logo, captadores diferentes vão "pré-pré-processar" o sinal de maneiras diferentes
Registrado
EddieTavares
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.231


Curitiba - PR


« Responder #20 : 17 de Maio de 2017, as 22:39:51 »

toscator

Apesar de a sua resposta ter um conceito incorreto e erros de ortografia, entendo o que você quer dizer...

Os captadores não captam "campo magnético", o que eles captam é uma alteração no próprio campo magnético, tanto é que, além da vibração das cordas, outros sinais como rádio e os 60 hz da rede interferem no campo magnético do captador gerando uma pequena corrente elétrica que pode ser amplificada e convertida em áudio, desta forma o som da madeira não pode ser captado pois não é atraída pelo imã, ou seja, sim o captador só é capaz de "ouvir" a vibração das cordas e nada além disso.

Entretanto, temos que considerar também que a madeira ressoa com a vibração das cordas, algumas frequências fazem a madeira ressoar com maior intensidade, o que chamamos picos de ressonância, e cada madeira possui um pico de ressonância primário e outros picos secundários (por favor, leia o pdf que eu anexei na mensagem anterior pra entender).

Se a madeira vibra, logicamente esta vibração ocorre também nos pontos onde a corda é presa (ponte, nut e trastes), assim sendo a madeira ao ressoar funciona como um filtro, atenuando determinadas frequências mais que outras e influenciando a forma com que a corda vibra, ou seja, timbrando.

Abraço.
« Última modificação: 17 de Maio de 2017, as 22:42:01 por EddieTavares » Registrado

Who mafagafe more little mafagafos better mafagafigafier would be.
felix
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2.830



« Responder #21 : 17 de Maio de 2017, as 22:53:13 »

Captador capta PRINCIPALMENTE campos magnéticos, mas não somente campos magnéticos.

Qualquer um que já tocou alto o suficiente sabe que os captadores podem agir como microfones, só bater uma palheta neles para ver, ainda mais se forem captadores sem muita cera na bobina.

Para quem toca guitarra processada ou com volume controlado, quase um violão elétrico, não tem diferença nenhuma o corpo, pode tocar até sem corpo.
A cena é bem diferente com o volume lá em cima, quando você tem que controlar a coisa, porque a coisa pode te engolir.
Nesse estado até a quantidade das molas da ponte fazem a diferença.

Bom artigo sobre:
http://www.seymourduncan.com/blog/the-tone-garage/feedback-vs-microphonic-noise

Registrado

Peças e componentes para montagem de pedais:
http://www.handmades.com.br/forum/index.php?topic=3251.0
visioncb
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.362



« Responder #22 : 18 de Maio de 2017, as 09:05:37 »

Qualquer um que já tocou alto o suficiente sabe que os captadores podem agir como microfones, só bater uma palheta neles para ver, ainda mais se forem captadores sem muita cera na bobina.

É só bater na madeira também quando ela estiver sem cordas pra ver como sai o som..
Registrado
EddieTavares
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.231


Curitiba - PR


« Responder #23 : 18 de Maio de 2017, as 10:00:16 »

Campos magnéticos não podem ser captados, senão não seriam CAMPOS, campo é um espaço, local, região, área de influência, etc... Campo magnético é como uma aura em torno de um imã, aproxime um imã de um captador ou microfone e deixar ele paradinho ali, nada será captado.

O que pode ser captado são ondas magnéticas como ondas de rádio ou a corda vibrando SOB a influência de um CAMPO magnético.


É só bater na madeira também quando ela estiver sem cordas pra ver como sai o som..

Justamente, se você tirar as cordas (já fiz este teste) este efeito diminui muito, quando você fala sobre o captador ou bate na madeiras cordas vibram e o captador capta esta vibração das cordas.

Se o captador não tiver partes móveis sob o efeito do campo magnético do captador, quase nada é captado, digo quase pois o próprio ar sofre influência magnética, mesmo que muito suave mas suficiente pra manter a atmosfera em torno do planeta, além disso, o próprio captador sofre influência do próprio campo magnético e qualquer vibração será convertida em corrente elétrica.

Registrado

Who mafagafe more little mafagafos better mafagafigafier would be.
viagem_mental
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.554



« Responder #24 : 18 de Maio de 2017, as 10:07:30 »

Grosseiramente: os imãs dos captadores magnetizam as cordas que, ao vibrarem, induzem uma corrente alternada nas bobinas dos captadores, de mesma frequência de vibração das cordas.
Daí surgem três questões: 1) Quanto dessa vibração das cordas é influenciada pela madeira? 2) Quanto dessa influência da madeira nas cordas é passado para o captador? 3) O captador tem sensibilidade suficiente para 'perceber' esses nuances nas vibrações das cordas ocasionados pela variação das madeiras?
Que as madeiras tem características acústicas distintas é fato (ver vídeos da Fender abaixo), agora quanto à captação "perceber" esses nuances, ainda não vi nada objetivo.
https://www.youtube.com/watch?v=LYBMmuNW7Sc
https://www.youtube.com/watch?v=TRT7HnQJ6qU
Registrado

Guitar Craft
EddieTavares
Handmaker
****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1.231


Curitiba - PR


« Responder #25 : 18 de Maio de 2017, as 14:28:51 »






A figura acima é um diddley bow, provavelmente o instrumento de corda mais simples que existe, a pergunta é: Se eu tenho uma base de pinus e trocar por uma base de cedro? Haverá mudança de sonoridade? E se eu usar outro material como plástico ou metal?

Registrado

Who mafagafe more little mafagafos better mafagafigafier would be.
toscator
Iniciante
*
Offline Offline

Mensagens: 40


« Responder #26 : 18 de Maio de 2017, as 18:29:53 »





A figura acima é um diddley bow, provavelmente o instrumento de corda mais simples que existe, a pergunta é: Se eu tenho uma base de pinus e trocar por uma base de cedro? Haverá mudança de sonoridade? E se eu usar outro material como plástico ou metal?


segundo o que ja voi visto, o corpo nao influenciará em nada
« Última modificação: 18 de Maio de 2017, as 21:41:21 por toscator » Registrado
alambike
Freqüente
**
Offline Offline

Mensagens: 366


Saravah !


« Responder #27 : 18 de Maio de 2017, as 18:41:04 »

Aqui tem esse experimento na prática:

https://www.youtube.com/watch?v=0Y_tyUjkkhA
Registrado
xformer
Administrator
DIY Freak
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 4.839


e^(i x pi)+1=0


WWW
« Responder #28 : 18 de Maio de 2017, as 18:54:09 »

Toscator, retire a imagem que está na citação em sua última mensagem. Releia as regras do fórum.
Registrado

O que se escreve com "facilidade" costuma ser lido com dificuldade pelos outros. Se quiser ajuda em alguma coisa, escreva com cuidado e clareza. Releia sua mensagem postada e corrija os erros.
felix
Hand MasterMind
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2.830



« Responder #29 : 18 de Maio de 2017, as 19:14:08 »

Acertei todos os testes cegos em 1080p tentem ai:
https://www.youtube.com/watch?v=YILmjHtK0UI

Uma dica, a basswood+maple tem o som mais comprimido, soando mais uniforme.
Enquanto a Alder + Rosewood soa com mais dinâmica, sendo possível identificar melhor cada nota.


Claro que isso vai variar de pessoa para pessoa, assim como o paladar ou a visão, cada um tem sua sensibilidade.
Para quem é daltônico tanto faz verde ou vermelho.

Registrado

Peças e componentes para montagem de pedais:
http://www.handmades.com.br/forum/index.php?topic=3251.0
Páginas:  1 [2] 3 4 ... 7   Ir para o Topo
  Imprimir  
 
Ir para:  


Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.21 | SMF © 2006-2009, Simple Machines

XHTML 1.0 Válido! CSS Válido! Dilber MC Theme by HarzeM
Página criada em 0.076 segundos com 22 procedimentos.
SimplePortal 2.3.3 © 2008-2010, SimplePortal